Empresários pedem humanidade a Aena, no atendimento aos passageiros
   Mozart  Luna  │     15 de setembro de 2020   │     15:59  │  0

 

O presidente da Maceió Convention Bureau, Glênio Cedrin, comentou a situação dos horários estabelecidos pela concessionária Aena do acesso dos passageiros ao aeroporto Zumbi dos Palmares. Segundo ele é preciso delinear uma área sinalizada para as pessoas, se a preocupação é com a segurança.

Glênio Cedrin disse que a situação é consequência do baixo número de voos no aeroporto que poderia estar recebendo 50 voos diários e hoje só tem seis, por semana. “Compreendemos a situação empresa que assumiu a administração do aeroporto no início do ano e logo em seguida veio a pandemia”, disse ele. “Mas é preciso adequar a contenção de despesas com o atendimento aos passageiros, que a finalidade de todo negócios”, declarou ele.

“A tendência é que a situação se normalize aos poucos com a volta dos voos que até o final do mês estará com 30% em novembro com 79% e dezembro com 80%. Voltando tudo a normalidade”, disse Glênio Cedrin.

Caxias e pandemia

A Secretaria Estadual de Turismo e Desenvolvimento (Sedetur) também se manifestou emitindo uma nota, creditando apoio as medidas tomadas pela concessionária, mas alegando que seriam para atender aos protocolos de saúde. Contudo na Nota de Esclarecimento a concessionária Aena alega “segurança dos caixas eletrônicos”.

As duas contas alegam questões de segurança: uma com relação pandemia, segundo a Sedetur e a concessionária preocupada com a segurança dos “caixas eletrônicos”.

A Associação Brasileira da Industria Hoteleira em Alagoas (ABIH), através de seu presidente André Santos, disse que a entidade está solicitando a concessionária Aena esclarecimento sobre o acesso ao aeroporto Zumbi dos Palmares.  “Lamentamos o que lemos e vimos no blog meio ambiente e turismo”, disse o presidente.

Para os empresários de turismo toda questão está no fato da Aena economizar recursos durante este período de poucos voos. “Mas isto pode ser feito sem deixar os passageiros na calçada”, disse o empresário Eduardo Clemente, diretor da Abih. Segundo ele é preciso ter mais “humanidade” e tratar bem nossos visitantes”, finalizou.

NOTA DA SEDETUR

“A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) de Alagoas ressalta que está ciente dos procedimentos adotados pela AENA Brasil, administradora do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares,  quanto ao horário de abertura e fechamento do equipamento para atendimento dos passageiros. Com a pandemia do novo coronavírus, o momento exige cuidados para contenção de riscos como estes que vêm sendo adotados pela empresa. Atitudes como esta colaboram para a segurança de passageiros, funcionários e demais usuários do equipamento”.

NOTA DA AENA

Prezado Mozart,

A Aena Brasil esclarece que, em virtude da pandemia do novo coronavírus, desde meados de março o horário de funcionamento do Aeroporto Internacional de Maceió – Zumbi dos Palmares é definido em função dos voos operados pelas companhias aéreas no local. Com isso, é possível evitar a exposição desnecessária dos funcionários da companhia ao risco de contágio pelo covid-19.

Esse tipo de procedimento, inclusive, vem sendo adotado em vários aeroportos do mundo, já que a função dos terminais aéreos é oferecer a infraestrutura necessária para a realização desses voos.

Atualmente o Aeroporto de Maceió funciona todos os dias das 10h30 (cerca de 3 horas antes do primeiro voo) e fecha às 18h. O terminal volta a abrir às 22h para o desembarque de passageiros e permanece em funcionamento até as 6h.

Mesmo assim, caso um passageiro chegue fora desses horários, é possível entrar no terminal para aguardar próximo à área do check-in mediante a apresentação do bilhete aéreo para comprovar a viagem.

A Aena Brasil destaca, ainda, que desde o início da pandemia os horários estão sinalizados nas portas do terminal.

Além disso, a restrição do funcionamento em horários que não há voos visa também garantir a segurança do terminal, dos funcionários e passageiros, já que há equipamentos como caixas eletrônicos dentro do local.

A Aena Brasil também informa que já entrou em contato sobre o assunto com o Governo do Estado de Alagoas e com a Secretaria de Turismo do Estado, que estão cientes do procedimento.

Ficamos à disposição.

Att,


Luiza Freitas | MassMedia Nordeste
VEJA O VÍDEO DOS PASSAGEIROS NA CALÇADA

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *