Aibnb sai na frente do setor hoteleiro e cria protocolo sanitário
   Mozart  Luna  │     29 de abril de 2020   │     16:11  │  0

 

A atividade de hospedagem em todo mundo está se movimentando para proporcionar aos clientes a segurança de sua saúde, através de serviços certificados de higienização sanitária. A plataforma Airbnb, que aluga imóveis por temporadas anunciou ontem (27) o protocolo padronizado e abrangente de higienização.

A iniciativa, que é global, visa apoiar anfitriões e hóspedes para o futuro das viagens, com foco na saúde e na segurança da comunidade.

Os imóveis estão também sendo utilizado em lugar de acolhimento, e o futuro das viagens também dependerá de uma nova zona de conforto, com a privacidade e os benefícios de um lar longe de casa, sem multidões ou alta rotatividade.

Segundo o presidente de Acomodações do Airbnb, Greg Greeley, a plataforma Airbnb vem mantendo contado com especialistas líderes em saúde e higiene para implantar ações padronizadas nos estabelecimentos parceiros.
O primeiro país onde o Protocolo de Higienização do programa será os Estados Unidos. No Brasil realizados contados com orientação de autoridades sanitárias e em parceria com especialistas em hospitalidade e higiene médica locais.

Em maio serão informadas as diretrizes que devem incluir capacitação da comunidade de anfitriões sobre como higienizar todos os cômodos de uma casa e certificação das acomodações que seguem esses padrões.

As normas do protocolo estará disponível para todos os anfitriões do Airbnb, incluirá, ainda, informações específicas sobre a prevenção à covid-19. Uma das orientações será com relação a utilização de equipamentos de proteção individual) para os anfitriões e seus assistentes, além de desinfetantes certificados por autoridades sanitárias.

Será estabelecida uma quarentena de 24 horas, após a última estadia, e antes que o próximo hóspede entre na acomodação para evitar eventuais riscos de contaminação.

Quem não puder cumprir com o Protocolo de Higienização poderá optar por um novo recurso chamado Intervalo entre Reservas, que estabelece um período maior, de 72 horas, entre o fim de uma reserva e o início de outra.

Essa quarentena de 24 horas faz  recomendações dos consultores em saúde e devem ser aplicadas em outro programa do Airbnb, que já ofereceu mais de 200 mil estadias a profissionais de saúde na linha de frente do combate à covid-19 pelo mundo em países como: Alemanha, Colômbia, Espanha, Itália e México.

Segundo o presidente da plataforma essa é uma garantia dados aos clientes e dessa forma sai na frente do setor hoteleiro tradicional que até agora não se manifestou através de suas entidades representativas.

Esse esforço de garantia da segurança da saúde dos hospedes, faz parte do forte histórico de limpeza do Airbnb. Segundo dados da plataforma de 31 de março de 2020, 94% das avaliações deixadas por hóspedes após uma estadia mostram que eles estão satisfeitos com a limpeza, com classificações que vão de 4 a 5 estrelas.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *