Manchas de óleo: equipes de plantão durante madrugada para retirada do material
   Mozart  Luna  │     16 de outubro de 2019   │     18:39  │  0

 

A situação a presença das manchas de petróleo cru se agrava a cada dia no Litoral de todo Nordeste, ameaçando a atividade turística e pesca, que gera milhares de empregos. O ministro do meio ambiente Ricardo Salles, esteve em Japaratinga, onde foi ver as manchas de que surgiram nas praias.

A continuidade do surgimento do óleo torna-se preocupante, porque caracteriza-se com uma ação contínua de possivelmente algum vazamento de poço, ou duto de transporte de petróleo submarino.

Todos os dias, ao amanhecer a manchas de petróleo aparecem em várias praias do Nordestes. Segundo a Petrobras, esse material não é da plataforma marítima brasileira. A Marinha do Brasil vem tentando rastrear de onde vem esse material, que a princípio não compromete a balneabilidade das praias, mas polui corais, a fauna e as praias causando danos ambientais que ainda estão sendo avaliados.

 

Afetou a pesca

 

A atividade pesqueira começa a sentir os efeitos, já que houve redução da pesca do camarão e muitas redes, segundo relatos de pescadores estão sendo danificadas pela mancha que flutua não a flor d’água, mas entre o fundo e a superfície não sendo perceptíveis.

 

O Litoral Norte que vinha de certa forma sendo preservado, principalmente Japaratinga e Maragogi, começa a registrar a presença das manchas de óleo, fato que deixa todo setor turístico em alerta. Segundo o secretário de meio ambiente de Maragogi, Gabriel Vasconcelos, todos estão em alerta na região e que equipes preparadas estão de prontidão pela madrugada, para realizar a retirada das machas, que porventura surjam nas praias.

 

“Vamos dar suporte também ao município de Japaratinga, nosso vizinho, que também faz parte da Costa do Corais”, disse ele alegando que a luta e todos da região que dev se unir para evitar o acúmulo das manhas nas praias. “São milhares de empregos que estão em jogo”, enfatizou ele. “Vamos trabalhar para garantir a limpeza das praias”, finalizou ele

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *