Marinas com tecnologia sustentável que preservam o meio ambiente
   Mozart  Luna  │     21 de setembro de 2019   │     16:34  │  0

A atividade turística no Brasil acontece 90% em locais com a presença de recursos hídricos seja rio, lagos e o mar, o que propicia a prática de atividade náutica e para isso se faz necessário obras e recursos sustentáveis que alie o conforto dos praticantes da atividade com a preservação do meio ambiente.

Com o objetivo de colher informações sobre equipamentos sustentáveis, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, se reuniu com o CEO da empresa sueca SF Marina, Michael Sigvardsson, que apresenta soluções sustentáveis para marinas em rios e oceanos. A empresa já fabricou mais de 1.500 marinas e está presente em mais de 50 países.

Na ocasião, a empresa explicou que, devido ao clima do país, que congela suas águas no inverno, era necessário criar soluções que garantissem o apoio portuário com custo reduzido e sem ferir o meio ambiente. Segundo Michael, as marinas construídas são de concreto, mas que com a utilização de isopor na fabricação e uma série de outras medidas, ela se torna sustentável e prática, já que por ser ancorada pode ser retirada a qualquer momento.  Cada marina tem garantia de duração por 50 anos. O investimento inicial no Brasil será de 1 milhão de euros.

“É uma excelente notícia. Uma das maiores empresas do mundo do setor confiando na política do nosso governo de apoiar o turismo náutico. É dever do Brasil aliar o desenvolvimento do turismo com a prática de sustentabilidade, e, em nosso país, eles encontrarão 365 dias de sol para desenvolver seu negócio e gerar empregos”, destacou Gilson Machado.

A marina é um centro de apoio e recreação usado por iates e lanchas, muitas vezes recreativos, e que dão apoio ao turismo de aventura e náutico. Nele, ficam serviços como abastecimento e manutenção. “Com este novo governo no Brasil enxergamos grandes oportunidades, então definitivamente estaremos em breve lá”, explicou Michael.

 

 

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *