TAP anuncia voos stopover para Alagoas com os novos A330neo
   Mozart  Luna  │     5 de fevereiro de 2019   │     19:50  │  1

 

A companhia aérea portuguesa TAP deu a melhor notícia para o turismo em Alagoas dos últimos dez anos, que foi a intenção de estabelecer este ano, voos regulares em Maceió dentro do programa stopover, que é a oportunidade que o passageiro terá de descer na capital alagoana, em conexões e ficar por alguns dias e depois seguir viagem para outros destinos.

A notícia foi anunciada pela Embratur depois de uma reunião entre o diretor da TAP para América do Sul, Mário Carvalho e a presidente da estatal, Teté Bezera e também o diretor de Marketing da TAP, Francisco Guarisa.

A colocação dos voos regulares com stopover da TAP em Alagoas, teve duas fatores importantes, segundo uma fonte da Embratur: o fato de Alagoas ser um dos destinos mais vendidos pelas operadoras no Brasil e o trabalho de projetos, que vêm sendo apresentados em Portugal, por empresários e operadores de turismo.   Um trabalho solitário, que conta com ajuda apenas de pouquíssimo empresários e prefeitos da região dos Cânions do São Francisco, como Piranhas e Penedo.

O grande desafio agora é correr contra o tempo e contar com a boa vontade do prefeito de Rio Largo, Gilberto Gonçalves, para realizar as adequações necessárias retirando os obstáculos físicos, que existem em volta do aeroporto, para que o equipamento aeroportuário conquiste a reclassificação categoria D (delta). O prazo dado pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Trafego Aéreo (Cindacta) termina no dia 15 de março, quando será realizado também o leilão do aeroporto Zumbi dos Palmares.

“O Brasil tem uma diversidade de segmentos, além do sol e praia, e tem essa vantagem perante outros lugares. É um potencial enorme, principalmente para gerar muitos empregos rapidamente”, declarou Carvalho.

A Tap opera 54 destinos europeus e nove no Brasil. “Queremos estar junto da Embratur para divulgar o Brasil”, assegurou o diretor de Marketing da Tap, Francisco Guarisa, que ainda reforçou o case do Turismo de Portugal. “É um exemplo clássico, o país saiu de uma recessão e recuperou-se economicamente por meio do Turismo”, enfatizou.

 

 

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *