Cuidado com que come a bordo dos aviões
   Mozart  Luna  │     8 de fevereiro de 2018   │     22:49  │  0

 

 

Afinal de contas que tipo de comida é servida aos passageiros durante um voo? Essa uma indagação que poucos fazem, mas sentem no paladar quando provam. A maioria reclama da qualidade das refeições servidas, mas comem assim mesmo, porque lá em cima as opções são poucas ou nenhuma. A não ser que você leve algo para comer com barras de cereal e salgados. Uma coisa é certa a comida servida nos aviões não é nada saudável.

Uma reportagem realizada em Portugal com comissários de bordo se pode bem ter uma idéia da qualidade das refeições servidas a bordo.  Uma assistente de bordo que trabalhou em cinco companhias aéreas, além de não ser saborosa e de não ter o melhor aspeto do mundo, a comida servida nos aviões não é saudável. “A comida que lhe é apresentada no tabuleiro não é preparada a bordo dos aviões, mas sim numa cozinha industrial. Por isso, muitas vezes os pratos são feitos 12 horas – ou mesmo dias – antes da partida”, afirma a assistente de bordo Shreyas P ao Refinery 29.

“Os ovos mexidos ou a omelete que acabou de comer não eram feitos apenas de ovo, mas poderiam ser uma mistura de ovo com um aditivo”, alerta Shreyas. “E a salada de frutas não está com um ar maravilhoso e fresco por ter sido acabada de fazer e de cortar – pelo contrário, não se esqueça de que foi preparada horas antes da hora de partida. Já imaginou se deixasse uma peça de fruta em pedaços durante horas? O aspeto não seria o melhor, com certeza”, disse ela

Há um outro funcionários de companhia aérea disse que nunca iria comer a comida servida nos aviões. “Trabalhei para as companhias aéreas durante 10 anos, por isso sei por onde esta comida andou, para onde vai, e quanto tempo demora até entrar no avião e ser servida”,declarou.

“As refeições são preparadas com antecedência e são depois colocadas em prateleiras durante longas horas”,, disse Charles Spence, professor de psicologia experimental na Universidade de Oxford, à revista Time. “Depois, são aquecidas em condições menos ideais, o que contribui para que não saibam propriamente bem”. A comida de avião é preparada com um método semelhante ao da fast food. No entanto, “a tripulação tem de entregar as refeições a um grande número de pessoas, num tempo inferior ao dos estabelecimentos de comida pronta”, conclui Guillaume de Syon, professor da Albright College, nos Estados Unidos.

Como as companhias aéreas servem centenas de pessoas ao mesmo tempo, fazem o possível por evitar que a comida seque e arrefeça. Isso significa refeições cheias de molho. “As companhias aéreas sabem que a comida ficaria seca e fria enquanto servissem 250 passageiros”, disse Guillaume de Syon. “A solução? Mergulhe tudo num molho ou num caldo. Resolve os dois problemas”, completou.

Shreyas P. disse que esta é uma das razões pelas quais a tripulação prefere levar a sua própria comida quando vai de viagem. “Um passageiro que traz a sua própria comida é muito mais consciencioso”, afirma.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *