Grupo de quadríciclo aterroriza turistas e moradores na rota ecológica
   Mozart  Luna  │     3 de novembro de 2016   │     8:36  │  0

FullSizeRender (9)

Os empresários donos de pousadas, pescadores e banhistas denunciaram que um grupo de veranistas está aterrorizando as praias da chamada “rota ecológica”, entre Barra de Camaragibe e Porto de Pedras, pilotando quadrículos, bugres e também jet-ski embriagados e em alta velocidade realizando manobras perigosas colocando em risco a vida de todos que frequentam aqueles balneários turísticos.

Segundo os empresários esse grupo é formado por adolescentes e também adultos, que todos finais de semana e feriados aterrorizam a todos que frequentam as praias daquele trecho de litoral que pertence a APA costa dos corais, que é uma reserva ecológica protegida por lei federal, que proíbe a circulação de qualquer tipo de veículos automotores na faixa de areia.

FullSizeRender (11)

Os empresários pretendem formalizar uma queixa na delegacia municipal e também ao Instituto Chico Mendes para Preservação da Biodiversidade (Imcbio) para solicitar a realização de blitz e apreensão dos veículos e até mesmo a prisão dos integrantes do grupo, que vem aterrorizando turistas, pescadores e a população da cidade que frequenta as praias do chamado “rota ecológica”.

A proibição da circulação de veículos automotores em toda extensão da APA Costa dos Corais está através do Conselho Gestores desde 2013, mas somente a partir de outubro, inicio a realização de operações da polícia federal e batalhão ambiental em Maragogi, que conseguiu apreender 16 bugres que foram multados em R$ 8 mil e os veículos estão à disposição da Justiça Federal e sob a guarda como fieis depositários os donos, mas que podem ir a leilão.

A circulação de veículos na faixa de área da APA Costa Corais destrói ninhos de tartarugas, a micro fauna existente na faixa de areia, além de poluir com óleo e combustíveis a água e as areias matando também a vegetação nativas de restinga, que ajuda a proteger as praias das ações das marés altas.

Os empresários donos de pousadas, pescadores e banhistas denunciaram que um grupo de veranistas está aterrorizando as praias da chamada “rota ecológica”, entre Barra de Camaragibe e Porto de Pedras. O elementos pilotam quadrículos, bugres e também jet-ski embriagados e em alta velocidade realizando manobras perigosas colocando em risco a vida de todos que frequentam aqueles balneários turísticos.

FullSizeRender (10)

Segundo os empresários esse grupo é formado por adolescentes e também adultos, que todos finais de semana e feriados aterrorizam a todos que frequentam as praias daquele trecho de litoral que pertence a APA costa dos corais, que é uma reserva ecológica protegida por lei federal, que proíbe a circulação de qualquer tipo de veículos automotores na faixa de areia.

Os empresários pretendem formalizar uma queixa na delegacia municipal e também ao Instituto Chico Mendes para Preservação da Biodiversidade (Imcbio) para solicitar a realização de blitz e apreensão dos veículos e até mesmo a prisão dos integrantes do grupo, que vem aterrorizando turistas, pescadores e a população da cidade que frequenta as praias do chamado “rota ecológica”.

A proibição da circulação de veículos automotores em toda extensão da APA Costa dos Corais está através do Conselho Gestores desde 2013, mas somente a partir de outubro, inicio a realização de operações da polícia federal e batalhão ambiental em Maragogi, que conseguiu apreender 16 bugres que foram multados em R$ 8 mil e os veículos estão à disposição da Justiça Federal e sob a guarda como fieis depositários os donos, mas que podem ir a leilão.

A circulação de veículos na faixa de área da APA Costa Corais destrói ninhos de tartarugas, a micro fauna existente na faixa de areia, além de poluir com óleo e combustíveis a água e as areias matando também a vegetação nativas de restinga, que ajuda a proteger as praias das ações das marés altas.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *