Monthly Archives: setembro 2016

O Caribe de Alagoas
   Mozart  Luna  │     11 de setembro de 2016   │     13:13  │  2

FullSizeRender (10)

O litoral Norte de Alagoas oferece paraísos fantásticos com praias e piscinas naturais incríveis como as existentes em São Miguel dos Milagres. O município possui o que há de mais refinado em pousadas de charme, que desenvolveram uma gastronomia própria e muito requintada para atender aos mais exigentes gostos.

As praias estão salvas da poluição urbana, principalmente das famigeradas línguas sujas de esgoto, pelos menos por enquanto. Os cenários são formados por uma faixa de areias brancas e limpas, adornadas com um coqueiral magnífico, que compõe um conjunto harmonioso com um desenho bem definido, entre do verde, o branco das areias e o azul turquesa do mar.

FullSizeRender (9)

Passear pelas praias de São Miguel dos Milagres é um exercício de alivio das tensões do dia do trabalho nas grandes cidades. O barulho que se ouve é apenas do mar e do vento batendo nas palhas de coqueiro e os pássaros, que logo cedo acordam todos que estão nas pousadas. Os bem-te-vis são os que mais “gritam”, anunciando o rei Sol esta subindo imponente sobre o mar azul, trazendo a alegria da vida.
FullSizeRender (8)

Passeios

São muitas as opções de passeios começando pela ida às piscinas naturais, que são as mais bonitas do litoral Norte de Alagoas, graças a sua preservação. Uma associação de jangadeiros da rota ecológica, que foi criada para levar os turistas até essas jóias preciosas de nosso litoral, que são as piscinas naturais.

FullSizeRender (7)

São 30 jangadeiros pescadores, que foram capacitados para realizar essa atividade turística, através do Instituto Yandê, com o objetivo de praticar o turismo sustentável de base comunitária e de conservação da natureza.

Esses profissionais foram preparados para conduzir o turista pelos ambientes estuarinos e recifais da Área de Preservação Ambiental (APA) Costa dos Corais, na região dos municípios de Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres e Passo do Camaragibe.

IMG_8557

Gastronomia

 

As pousadas de charme existentes na região desenvolveram um menu próprio, através de chefs de cozinhas que buscaram pesquisar sabores e até cores que atendam aos visitantes. Todas pousadas oferecem também uma carta de vinhos refinada, além de drinks que priorizam as frutas regionais, sem esquecer aquelas que sempre terão que estar presentes com os morangos e cerejas.

IMG_8546

Um dos desses pratos é espaguete de coco. Isso mesmo! Espaguete de coco. O prato é servido com exclusividade na pousada Villas Taturé, em São Miguel dos Milagres e que foi desenvolvido pelo seu proprietário, Gilson Machado Neto. Segundo ele o prato dá um trabalho danado. “Para se fazer o espaguete de coco é preciso colher mais de dez frutos, para aproveitar apenas quatro”, disse ele.

O prato deve ser acompanhado de vinho tinto, de preferência na temperatura ambiente e depois colocar no balde. Para sobre mesa uma cocada ao forno acompanhada de uma bola de sorvete de creme.

Assim é o paraíso conhecido como São Miguel dos Milagres, um lugar único em Alagoas que reúne natureza, requinte e tranquilidade.

>Link  

Alagoanos vão ao réveillon da cidade do Porto
   Mozart  Luna  │     9 de setembro de 2016   │     1:09  │  2

 

oporto

 

A cidade do Porto foi escolhida pela segunda vez como o melhor destino da Europa.  O título dado pela Organização European Besta Destination, que é concedido às cidades europeias uma vez por ano, através de uma votação pública. O Porto competiu com cidades como Paris, Londres e Roma. Na verdade os europeus começaram a descobrir Portugal depois que o país começou a investir no turismo de forma decisiva.

IMG_2785

A tranquilidade e principalmente a simplicidade do povo português é atrativo a parte, já que o país não sofre com temperaturas extremas. Nem muito frio, nem muito quente, uma média de 15º. Portugal tem conquistado boa parte dos turistas que iam à Espanha. O brasileiro que vai a Portugal se sente em casa, já que é muito bem recebido.

Porto3

Muitos alagoanos partem no dia 26 de dezembro, no voo charter fretado pela transamérica turismo para passar o réveillon na cidade do Porto. A Transamérica Turismo oferece um roteiro  com permanência na cidade do Porto, durante o Réveillon e ainda incluirá visitas em Lisboa, Coimbra, Fátima, Guimarães e Santiago de Compostela (Espanha).

IMG_7562

O que será que tem atraído os alagoanos para esta cidade, que passou a ser tão procurada por turistas de todo mundo. Segundo os próprios turistas a tranquilidade oferecida por Portugal e a beleza que a cidade oferece, junto com a gastronomia diversificada, bem parecida com a brasileira, são ingredientes que têm conquistado a preferência nacional.

Museu Militar

História ligada ao Brasil

O Porto é como a segunda capital de Portugal, pela sua importância histórica e pela beleza que possui harmonizada pela presença do Rio Douro formando um cenário encantador, além do acervo arquitetônico coroado com a Igreja de São Francisco, erguida no século XIV. A UNESCO deu ao Porto o título de patrimônio da humanidade.

O Porto é conhecida também pelos bons vinhos produzidos por isso é chamada como Oporto, a cidade é marcada por séculos de história e também pelo desenvolvimento industrial. O centro histórico, localizado em Ribeira, foi construído nos montes em frente ao Rio Douro, que nasce na Espanha e desagua no Atlântico.

A importância histórica da cidade do para Portugal está no papel estratégico que desempenhou na defesa dos ideais do liberalismo nas batalhas do século XIX. O herói dessa cidade foi nada mais nada e menos que o Duque de Bragança,  o nosso Proclamador da Independência, D. Pedro I, que desembarcou no Porto em 9 de junho de 1833, com 13 mil homens, para iniciar libertação de Portugal das mãos do absolutista Dom Miguel, seu irmão, que havia usurpado o direito ao trono de sua irmã.

 

Dom Pedro foi imortalizado na cidade do Porto com uma estátua erguida no local mais importante da cidade, na Avenida dos Aliados. Lá o nosso Pedro I é Pedro IV, ou o Duque de Bragança. É neste local bem brasileiro que acontece a queima de fogos da passagem de ano. Um espetáculo assistido por milhares de pessoas de toda Europa, que encontraram em Portugal a tranquilidade de passar o réveillon.

puente-dom-luis-i

Atrativos

 

Seus principais atrativos turísticos concentram-se no centro e na região próxima ao Rio Douro denominada Ribeira com a famosa Ponte de D. Luiz que liga o Porto a vizinha Vila Nova de Gaia que tem como principal importância ser a sede dos principais produtores do Vinho do Porto. A ponte teve o inicio de sua construção em 1881 e concluída em 1888, sendo uma das antigas da Europa.

 

A Ribeira é a orla fluvial onde tudo acontece no Porto. O visual é lindo com as casas pintadas com cores pastéis. Lá se encontram muitos barzinhos, restaurantes com música, do jeito que o brasileiro gosta.   A Ribeira tem também muito artesanato e gente passeando.  A catedral da Sé é outro ponto turístico por ser um dos templos religiosos mais antigos de Portugal. A estação do metro também é um atrativo. Em seu interior existem painéis em azulejos azuis, com temas que contam um pouco da história da cidade.

viniculas

Vinhos

 

A cidade do Porto é conhecida principalmente pelos vinhos. Os visitantes podem conhecer as 12 caves credenciadas para visitação turísticas. São oferecidas degustações, mas quem desejar provar alguns tipos de vinhos a mais dos previstos no pacote (3) terão que pagar por isso. Existe também a opção de assistir um belo show de fado, por 50 euros, incluindo uma garrafa de vinho. Outra opção de compras no Porto são as taças de vinhos personalizadas que tem um custo médio de 20 euros. Vale a pena comprar de lembrança.

IMG_2693

Nas proximidades do Porto, existem varias cidades e regiões que podem ser visitadas como o 
Alto Douro com os principais vinhedos do norte português produzindo o renomado vinho do Douro, também as cidades de Guimarães, Braga e Aveiro. Esse maravilhoso roteiro turístico pode ser realizado através do voo charter que sai de Maceió cheinho de alagoanos no dia 26 de dezembro e retornando no dia 3 de janeiro de 2017. Para quem vai uma boa viagem!

ASSISTA O VÍDEO

 

 

>Link  

Quadrilha abastece padarias com madeira retirada da caatinga
   Mozart  Luna  │     6 de setembro de 2016   │     10:11  │  1

 

IMG_8456
A escassa vegetação da caatinga da região do semiárido continua sendo alvo de ações criminosas de vendedores de madeiras, que comercializam a madeira com proprietários de padaria do Sertão e do Agreste. Segundo donos de padarias que não concordam com essa prática, essa ação é orquestrada por uma quadrilha especializada em retirada da caatinga, transporte e venda em cidade como Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios e Arapiraca.

Semanalmente dezenas de caminhões transitam pela madrugada transportando essa madeira retirada criminosamente da caatinga do semiárido.  O modus operadi, segundo policiais do Batalhão Ambiental é planejado pelo dia para que o transporte ocorre pela madrugada. Os caminhões são carregados pela noite, assim que a caatinga é retirada. Pelo dia os caminhões ficam estacionados em postos de combustíveis e ficam escondidos entre carretas para que não sejam vistos.

IMG_8463

À noite os caminhões começam a circular pelas rodovias estaduais e iniciam a distribuição nas padarias e locais que transformam a madeira em carvão. Uma das cidades que mais se destina essa madeira é Arapiraca, onde muitos proprietários de padaria como também restaurantes e pizzarias compram criminosamente esse material.

IMG_8464

A polícia investiga também a informação de que uma grande industrial de produção de clínquer ( cimento) localizada na região metropolitana de Maceió estaria também comprando madeira retirada da caatinga. O assunto está sendo investigado.

IMG_8453

 

Apreensão

Uma guarnição do Batalhão  Ambiental, comandada pelo Capitão Sandro Ricardo e os sargentos Calheiros e Wiliams e o cabo Danielconseguiram apreender na madrugada de hoje (terça-feira), três caminhões carregados de madeira Jurema e Caatinga, retiradas das matas de semiárido alagoano.

Os caminhões estavam estacionados em um posto de gasolina localizado às margens da rodovia AL 220 em frente ao Grupo Coringa. Os veículos estavam escondidos entre as carregas paradas e a polícia chegou aos criminosos através de denuncia realizada . Os veículos foram apreendidos e levados para sede da 53 Distrito Policial, onde foi autuado Francisco Alexandre de 63 anos.

No local havia também mais dois caminhões carregados com algarobas, mas não foram apreendidos porque  apresentaram documentação.

>Link  

Quem quer o Alagoinhas de volta?
   Mozart  Luna  │     3 de setembro de 2016   │     1:29  │  1

FOTO ALAGOINHA

O que finalmente será erguido no lugar onde foi um dia o Clube Alagoinhas, na Praia de Ponta Verde? Quem sabe os próprios moradores do bairro pudessem opinar sobre o assunto. Entretanto parece que não há mais o fazer, já que os recursos disponibilizados pelo governo federal serão destinados para construção de um monumento, que servirá também de área de convivência e centro de atração turística.

Muitas informações e boatos foram veiculados na imprensa e se espalharam pela cidade, transformando-se em pauta das conversas, entre os freqüentadores de uma das praias mais belas do Nordeste – embora poluída – Ponta Verde. As tribos e confrarias que curtem a nossa “Copacabana” debateram nos últimos dias o assunto. Principalmente depois que nosso blog postou uma matéria sobre a construção de uma possível “concha”, onde era antigamente o saudoso clube alagoinhas. Informação que foi negada pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Turismo, que passou a bola para Secretaria Estadual de Infra estrutura (Seinfra).

Segundo a assessoria de imprensa da Seinfra, existe o projeto de construção de um espaço de convivência. A obra será dividida em duas etapas, sendo a primeira a realização de uma estrutura horizontal, onde haverá um espaço multieventos com quiosques, biblioteca, mirante, lanchonetes e até um aquário. O valor da primeira etapa é de R$ 11 milhões e o total, com a segunda etapa, é de R$ 18 milhões. O projeto já foi licitado e está em processo de análise do Ministério da Integração Nacional.

Diante dessa informação fica a indagação porque então se demoliu uma obra sob a alegação de ilegalidade e proteção ao meio ambiente, mas agora se pretende erguer  outra? O Alagoinhas podia até ser um “monstrengo”, mas já estava pronto e vinha servindo de atração turística.

Os danos ao meio ambiente foram recuperados ao longo dos últimos 50 anos, pela própria natureza que se encarregou de aproveitar a estrutura de concreto, estranha ao ambiente marinho, para fazer crescer corais e microorganismo, que ajuda no desenvolvimento do ecossistema. Vale lembrar também que crime maior cometido, contra a Praia de Ponta Verde, é a línguas sujas de esgoto, que correm a céu aberto. Pelo menos o saudoso Alagoinhas servia de espaço para badaladas festas e era o local mais disputado em noite de lua cheia.

Uma história de glamour

 

ALAGOINHA DESFILE

O Clube Alagoinhas teve sua construção iniciada em 1960, quando ainda existia o famoso “gogó-da-ema”, que ficava bem em frente, onde hoje é uma praça que tem um monumento em homenagem ao coqueiro mais famoso do Brasil. Na época o local era um enorme coqueiral, onde os Vasconcelos eram praticamente os únicos a aproveitar esse paraíso.

Foi lá que o empresário Mauro Vasconcelos, quando ainda criança aprendeu a pisar em bosta das vacas, atendendo a um conselho de seu avô, que dizia que quem pisava em esterco de vaca ficava rico. A partir daí o pequeno Mauro saia todos os dias saia pela praia pisando nas melecas das vacas. E deu certo para Mauro, que hoje é dono de uma das mais conceituadas redes de hotéis em Alagoas e do disputadíssimo hotel Ponta Verde, onde se tomar o melhor café da manhã de Maceió.

 

ALAGOINHA 3 - Cópia

Mas vamos voltar ao nosso saudoso Clube Alagoas, que na verdade era denominado Iate Clube Alagoinhas, que teve o seu projeto arquitetônico vencedor de um concurso de arquitetura, por representar a proposta que melhor representava na época, o Movimento Moderno alagoano. O projeto foi de autoria da arquiteta Maia Nobre em pareceria com Edy Marreta. Tudo devidamente registrado no livro Movimento Moderno: a atitude alagoana de autoria de Maria Angélica Silva.

A partir daí o Alagoinhas cresceu e se transformou em um desafio de várias pessoas, que se associaram para levar a cabo a construção daquele monstrengo, que foi erguido sem levar em conta dos danos causados ao meio ambiente.

Erguido em área da União, pertencente ao povo brasileiro, o Alagoinhas se transformou em um clube privado da elite alagoana. O interessante é que apenas os oficiais da Marinha do Brasil tinham livre acesso ao Clube. Eles eram considerados sócios fundadores. Bastava apresentar a carteira de oficial da Marinha e se tinha acesso ao Clube.

 

IMG_5907

Mas tudo veio abaixo em 2006, quando uma ordem judicial determinou a demolição de toda construção e em 2103 foi dado o tiro de misericórdia com a demolição do teto. De lá para cá, o local ficou abandonado e muitos projetos rondavam ele como, por exemplo, a criação de um oceanário, em parceria com a Petrobrás. Esse projeto foi defendido por várias pessoas que viam ali a possibilidade de um grande atrativo turístico, como existe em Lisboa.

Entretanto o projeto do oceanário não vingou e agora ficou praticamente impossível com a crise que se abateu sobre a Petrobras. Resta apenas a proposta do governo federal para construção dessa área de convivência.

>Link