Japão volta atrás da decisão de proibir nos voos internacionais
   4 de dezembro de 2021   │     7:14  │  0

O Japão diz que retirou a proibição de novas reservas de voos internacionais para se defender contra a nova variante do coronavírus apenas um dia depois que a política foi anunciada, após críticas de que foi uma reação exagerada.

O ministério dos transportes emitiu na quarta-feira um pedido às companhias aéreas internacionais para parar de fazer novas reservas para voos que chegam ao Japão até o final de dezembro como uma precaução de emergência para se defender contra a nova variante omicron.

O ministério disse na quinta-feira que retirou o pedido depois de receber críticas de que a proibição era muito rígida e equivalente a abandonar seu próprio povo.

O primeiro-ministro Fumio Kishida disse que a rápida reversão da política levou em consideração as necessidades de viagem dos cidadãos japoneses. Kishida tem pressionado para tomar fortes medidas de precaução depois que seu predecessor Yoshihide Suga virtualmente perdeu sua posição de liderança em meio a críticas públicas de que suas medidas contra vírus eram muito limitadas e lentas.

“Eu instruí o ministério dos transportes a prestar total atenção às necessidades dos cidadãos japoneses de voltar para casa”, disse Kishida.

O pedido tinha como objetivo reduzir as chegadas internacionais diárias do Japão para 3.500, de um nível anterior de 5.000, para apertar os controles de fronteira à medida que a nova variante se espalhava pelo mundo, disseram as autoridades.

“O pedido, emitido como uma precaução de emergência, gerou confusão”, disse o secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, a repórteres na quinta-feira. Ele disse que o ministério dos transportes retirou o pedido de uma paralisação uniformizada para novas encomendas.

Mas um limite continua em vigor porque o limite diário de 3.500 chegadas está sendo mantido. Novas reservas podem ser feitas, desde que haja espaço sob esse limite, disse o funcionário do ministério dos transportes, Hitoshi Inoue.

O Japão já proibiu a entrada de estrangeiros de todo o mundo, exceto para cônjuges de cidadãos japoneses, aqueles com autorização de residência permanente e outros sujeitos a considerações especiais.

O Japão relatou dois casos da variante omicron, que foi relatado pela primeira vez na África do Sul na semana passada.

O Japão vem reduzindo as restrições sociais e econômicas depois que as infecções diminuíram rapidamente desde setembro.

O pedido de proibição de reserva foi uma decepção para muitas pessoas que planejavam viagens durante a temporada de férias, incluindo cidadãos japoneses que viviam no exterior e esperavam voltar para casa no período de ano novo.

Muitas redes sociais criticaram a medida como muito rígida e um usuário a comparou à política de isolamento nacional do Japão da era feudal.

Muito permanece desconhecido sobre a nova variante, incluindo se é mais contagiosa, como algumas autoridades de saúde suspeitam, se torna as pessoas mais gravemente doentes e se pode impedir a vacina.

Comentários 0

Eco Pousada e restaurante Castanho, um contato com a natureza nos Cânions
   2 de dezembro de 2021   │     10:29  │  0

 

A região dos Cânions do São Francisco é o terceiro destinos turístico de Alagoas e um dos mais procurados atualmente por operadores de todo país, sendo um novo produto nacional para o turismo doméstico.

A região possui uma natureza exótica que atraia visitantes de toda parte do Brasil, cativando a todos com sua beleza, gastronomia e animação proporcionada pelas noites em Piranhas.

Pousadas e hotéis de excelente qualidade oferecem luxo, conforto e experiências como por exemplo a Pousada Castanho, que também é um receptivo turístico com piscinas, praia fluvial, oferecendo passeios aos Crânios, trilhas e a experiência de se hospedar em um eco pousada, que localizada em uma reserva de caatinga.

A Pousada Castanho está localizada na Fazenda, que leva o mesmo nome e é também uma área de soltura de animais silvestres ( Reserva Privada de Preservação Ambiental) com trilhas a grutas, e locais com inscrições rupestres com mais de 8 mil anos, realizados pelos primeiros habitantes da América Latina.

O lugar é único em Alagoas e segundo os proprietários talvez também no Nordeste, já que igual somente na região da floresta amazônica, onde se pode desfrutar de pousadas e hotéis de selva, muitos suspenso em árvores. Produtos hoteleiros que tem atraído turistas do primeiro mundo, que desejam fazer turismo de experiências no Brasil e conhecer a riqueza da biodiversidade de nosso país.

Pousada Castanho

A Pousada Castanho surge no Sertão Nordeste, às margens do Rio São Francisco, como um produto hoteleiro inovador e dentro da proposta mundial de respeito ao meio ambiente, praticando o turismo sustentável e de experiências, interagindo com vivências na comunidade e também de respeito ao meio ambiente.

A proposta é oferecer ao hóspede a oportunidade de viver um dia bem próximo a animais silvestres, dentro de uma reserva ecológica no bioma da caatinga nordestina, considerado um maior berçário de pássaros da América Latina, que chega receber até mesmo a águia chilena, vinda da Cordilheira dos Andes e que faz ninhos cravados nos paredões dos Cânions de São Francisco.

O complexo tem 1.500 ha de caatinga preservada assim como a sua fauna, que é composta desde a onça pintada até a águia chilena, segunda maior ave de rapina das américas. Por isso, é considerado “ O coração do MONA”.

Seu interior é recortado por Cânions, onde estão inúmeras grutas com pinturas rupestres de 15 mil anos, piscinas naturais, tudo interligado por trilhas que levam a paisagens inesquecíveis.

 

Apartamentos

A pousada conta com um restaurante rústico, às margens do majestoso rio São Francisco, com piscina de borda infinita, jardins arborizados e muito verde, além da brisa fresca que sopra constantemente. Uma das experiências para se praticar é a observação de pássaros, assim como fotografa-los.

No cardápio se pode apreciar a comida regional e também elaborada com uma rica carta de bons vinhos internacionais e do Vale do São Francisco. As sobremesas incríveis e bem regionais como os sorvetes do Engenho Lourenço de Água Branca, que se tornou uma verdadeira especiaria em termos de sorvetes, com sabores exóticos e frutos regionais, como o Ouricuri, umbu e cambui, herança de nossos povos indígenas.

Os apartamentos, foram especialmente decorados lembrando todo bucolismo e harmonia com a natureza e têm tudo que se pode contar para o conforto e comodidade e assim oferecer ao hóspede a tranquilidade e descanso tão necessários e justo, principalmente que vem sob permanente estresse das cidades grandes.

Vale lembrar que a pousada disponibilizar internet com rede wi fi e TV com canais via satélite, ligando você ao mundo, além de ar condicionado e todos os mimos para os mais exigentes.

Para relaxar você pode saborear uma cerveja artesanal que leva o nome de Maria Bonita.

 

 

Cultura, história e meio ambiente

A pousada possui também um espaço dedicado a cultura, que é um pequeno museu, que o proprietário o pesquisador Elizeu Gomes conseguiu organizar, depois de passar anos colhendo na região peças de um quebra cabeça, que ajuda a contar um pouco da história a região.

Essas peças vão desde achados arqueológicos, passando por utensílios usados pelas primeiras famílias dos colonizadores, que chegaram à região através do rio São Francisco, até a construção da primeira hidrelétrica do Nordeste, Angiquinho, levada pelo pioneiro Delmiro Gouveia, que também criou a primeira fábrica têxtil da região.

A partir da chegada desse desbravador, a Europa passou a conhecer as linhas e tecidos produzidos pelas mãos dos operários nordestinos. O comércio com o primeiro mundo possibilitou a chegada dos primeiros veículos automotores na região, pista de patinação no gelo, teatro, cinema e escolas.

Um período de prosperidade interrompido com o assassinato desse brasileiro, que se atreveu a disputar o mercado internacional de linhas, com os ingleses, acusados de serem os mandantes da morte do Pioneiro. Fatos da histórica que não se pode esquecer e que está presente no pequeno museu na pousada do Castanho.

Serviços

A Pousada conta com opções de diversos passeios pela região que desde trilhas, passeios de catamarã, lanchas, jet ski, prática de rapel. Também é disponibilizado aos hóspedes serviço de transfer do aeroporto de Paulo Afonso e Maceió e passeios às cidades de Piranhas, Delmiro Gouveia, Água Branca e Paulo Afonso.
Bem agora é só fazer sua reserva pelo email [email protected] ou pelo telefone/WhatsApp – 82 98114 7070 (vivo) / 82 98855 1290 (oi) e aproveita para eternizar esse momento único na sua vida e faça muitas fotos para usas redes sociais compartilhando com seus amigos e seguidores esse lugar lindo.

Como chegar –

Saindo de Maceió através das rodovias AL 101 SUL, BR 101 SUL, AL 220. Duração cerca de 3 horas. Saindo do aeroporto de Paulo Afonso – BR 423 e AL 145 E AL 220. Existem placas de sinalização em todo trajeto. Restaurante e Pousada Castanho.

Comentários 0

Diretores do Grupo internacional Vila Galé visitam cidades históricas de Alagoas
   1 de dezembro de 2021   │     12:10  │  0

 

Os diretores do Grupo Vila Galé visitaram as cidades de Piranhas, Pão de Açúcar e Penedo no último domingo (28), com o objetivo de conhecer melhor  estes destinos turísticos, que têm um forte apelo cultural por serem cidades históricas com uma arquitetura colonial e barroca.

Os diretores aproveitaram para também conhecer o artesanato da região, que é bastante comentado em todo Brasil, principalmente a Ilha do Ferro, um dos celeiros de artesãos. O diretor presidente do Grupo VG, Jorge Rebelo, e o diretor operacional José Bastos ficaram surpresos com a beleza das cidades de Piranhas e Penedo, e se apaixonaram pelo artesanato encontrado na Ilha do Ferro em Pão de Açúcar.

O Grupo está construindo a sua décima primeira unidade no Brasil, em Alagoas, no município de Barra de Santo Antônio, na Praia de Carro Quebrado, uma das mais lindas e exóticas do litoral norte e que passa a fazer parte da badalada Rota Ecológica, integrada por São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Japaratinga e Maragogi.

Grupo visitou Piranhas e conheceu o Museu do Sertão

Visita

Em Piranhas, a comitiva visitou o Museu do Sertão, o Pavilhão de Artesanato e o mirante do Restaurante Cactus, próxima a Pousada Pedra do Sino, que oferece uma das mais belas vistas panorâmicas do rio São Francisco.

Na Ilha do Ferro, Pão de Açúcar, a comitiva foi recebida pelo secretário municipal de turismo, Marquinhos Monteiro e o assessor especial do Prefeito Jorge Dantas, Madureira, que levou a comitiva aos pontos de artesanato e também ao Museu Fernando Rodrigues.

Em Penedo a comitiva foi recepcionada pelo secretário estadual de desenvolvimento e turismo, Marcius Beltrão e os secretários municipais de saúde, Guilherme Lopes, de turismo Pedrinho Soares e de cultura Aline Costa.

Convento

Diretores do Grupo Vila Galé ficaram surpresos com a beleza do Convento Franciscano de Penedo

A comitiva visitou o Convento Franciscano Nossa Senhora dos Anjos, que foi totalmente recuperado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) e hoje é um dos prédios históricos mais lindos do Nordeste e que tem uma proposta de se transformar em um hotel pousada.

O diretor presidente do Grupo Vila Galé, Jorge Rebelo, classificou o Convento como lindíssimo e que tem tudo para dar certo como um hotel de charme, bem ao estilo dos Collection que o Grupo VG tem no Rio de Janeiro e Salvador, assim como em Braga em Portugal.

GALERIA DE FOTOS

Diretor Presidente do Grupo Vila Galé acompanhado do diretor operacional José Bastos visitando acompanhados do secretário Marcius Beltrão, no Convento Franciscano.
Comentários 0

Artesão alagoano Jasson é homenageado em exposição ‘O Sol Nasce Para Todos’
   30 de novembro de 2021   │     12:31  │  0

 

Um dos artesão alagoanos mais solicitados pelos seu trabalho realizado, Jasson de Belo Monte, será homenageado na próxima quinta-feira (2) com o Prêmio Théo Brandão, às 19 horas, na Estação de Trens da CBTU, no Centro de Maceió. O artista é hoje uma das revelações do artesanato em Alagoas. 

Na ocasião também será aberta a Exposição , ‘O Sol Nasce Para Todos’, realizada pelo Museu Théo Brandão, e que vai celebrar a trajetória e a arte do artesão Jasson com o apoio da Sedetur.

Na abertura da mostra, o artesão será consagrado com o Prêmio Gustavo Leite de Artista Popular de 2021, que na sua 14ª edição, homenageia o artista popular, que possui suas obras consideradas patrimônio cultural e arquitetônico.

Nascido e criado na cidade de Belo Monte, no sertão alagoano, Jasson se consagrou como um dos artesãos mais populares de Alagoas. Agora, na sua primeira exposição individual, cadeiras, carrancas e esculturas serão algumas das peças exibidas na mostra.

Uma intervenção da artista visual Sertão vai compor a exposição, que tem a curadoria de Renan Quevedo. A mostra, apoiada pela Sedetur, é realizada pelo Museu, pela CBTU e pelo Projeto Novos para Nós.

Para a Gerente de Design e Artesanato da Sedetur e coordenadora do programa Alagoas Feita à Mão, Daniela Vasconcelos, o prêmio Gustavo Leite possui uma importância ímpar para celebrar a arte alagoana.

“É uma honra apoiar o prêmio Gustavo Leite, um prêmio concedido pelo museu Théo Brandão há muitos anos.  Esse ano, o artista vencedor do ano é o Jasson, um grande artista popular que vem se destacando nos últimos quatro anos, e esse é mais um prêmio que reconhece o talento e a peculiaridade das obras que ele realiza. Não é a primeira vez que um artesão apoiado pelo Alagoas Feita À Mão é reconhecido e nós temos mais uma vez o artesanato e a arte popular alagoana sendo contemplados”, destaca.
A exposição é gratuita e ficará aberta de terça a sexta, das 9h às 16h, e aos sábados, das 12h às 16h, na Estação Ferroviária, sede da CBTU, no Centro de Maceió, próximo à Praça dos Palmares. Serão adotados todos os protocolos de segurança com relação à covid-19.

Serviço:
O quê: Exposição O sol nasce para todos
Abertura: 2 de dezembro, às 19h30
Quando: Até 2 de fevereiro
Horário: de terça a sexta, das 9h às 16h, e aos sábados, das 12h às 16h

Onde: CBTU – Rua Barão de Anadia – 121, Centro

 

Comentários 0

Operadora Schultz lança roteiro “Alagoas Imperdível”
   29 de novembro de 2021   │     12:58  │  0

O segmento turístico do Estado acaba de ganhar mais uma grande atração. A Operadora Schultz está lançando o roteiro “Alagoas Imperdível”, apresentando aos visitantes as belezas naturais de alguns dos principais cartões portais alagoanos.

A programação do roteiro conta com seis dias e cinco noites de viagens, visitando, além da acolhedora Maceió, as cidades de Penedo e Piranhas, além da Praia do Gunga, no município de Roteiro.

“No Alagoas Imperdível, o turista vai ter acesso a belas e paradisíacas praias, além de aprender mais sobre a história, cultura e poder conhecer as delícias gastronômicas das regiões visitadas”, declarou o presidente da operada, Aroldo Schultz.

De acordo com ele, o Alagoas Imperdível “passa também pelo rio genuinamente brasileiro, o São Francisco. Além disso, vamos ver a foz do Velho Chico e os cânios de Xingó, em Piranhas, em um passeio de catamarã. O roteiro contempla todos estes atrativos e muito mais, mas de forma bem acessível e pensando na sustentabilidade. Visitamos essas joias do interior de Alagoas nos dias que elas quase não recebem turistas”, afirmou.

O diretor comercial da operadora, Rodrigo Rodrigues, reforçou o sucesso do Alagoas Imperdível, lembrando que o roteiro tem saída garantida a partir de dois passageiros, com viagens diurnas e curtas para que os visitantes possam aproveitar melhor as atrações ao longo do caminho.

“Antes mesmo do lançamento oficial, já tivemos vendas do Alagoas Imperdível. O primeiro grupo sai neste domingo, 28”, comemorou Rodrigues, lembrando que há promoção de lançamento. “Quem adquirir o roteiro ainda este ano, compra com R$ 1 mil de desconto. Quem fechar um grupo com dez pessoas, vai como convidado na promoção ‘Eu vou junto’”, reforçou.

O Alagoas Imperdível é dividido em duas séries de hotéis, prata e bronze.

Foto: Divulgação

Comentários 0

© Gazeta de Alagoas Online Ltda. Todos os direitos reservados.