Tag Archives: Turismo

Campanha “WS e CVC darão um UP em suas vendas” é lançada em Maceió
   Mozart  Luna  │     15 de novembro de 2018   │     11:45  │  0

 

A numa atitude inédita no mercado foi lançada em Maceió, a campanha “WS e CVC darão um UP em suas vendas”, com o objetivo de premiar os guias de turismo, que mais se destacarem em vendas e empenho no atendimento durante a temporada 2018/2019, que terá inicio em dezembro.

 

A Campanha foi lançada de surpresa durante o primeiro Seminário de Excelência em Atendimento ao turista, uma ação inédita no setor no Brasil e realizada pela empresa WS Receptivo em parceria com a Operadora CVC, na noite de quarta-feira (14), no auditório do Hotel Ritz Lagoa da Anta em Maceió.

Campanha

O guia de turismo que bater recorde de vendas e se destacar no atendimento levará o prêmio Top, que é um carro UP Volkswagen completo, zero quilometro, que estará em exposição na sede da empresa na Avenida Antônio Gouveia, Pajuçara. A entrega do veículo ocorrerá e julho quando do encerramento da campanha.

Segundo os diretores da WS Receptivo, Simone Leiser Sabo e Waldir Santos, o objetivo é motivar os colaboradores numa ação também de valorização do trabalho dos profissionais, proporcionando aos visitantes em Alagoas, o bem-estar, prazer e principalmente saber que pode contar com profissionais e uma empresa séria e compromissada com a realização dos sonhos de milhares de pessoas.

Seminário foi ministrado pelo experiente professor André Merino, que falou da experiência de excelência de serviço e do amor ao trabalho vivida, pelos colaboradores do parque temático da Disneylândia, nos Estados Unidos.

Segundo o professor André Merino, quem trabalha no setor de entretenimento e lazer, onde existe uma grande expectativa de realização de “sonhos”, como é no caso dos guias de turismo que diariamente conduzem grupos de pessoas a lugares lindos e agradáveis.

André Merino disse ainda que essa é uma grande responsabilidade de onde deve ser afastada toda possibilidade de frustração. “Esse comprometimento vai além da obrigação e passar ser um ato de amor para com o próximo e para atividade que realiza e que proporciona momento de felicidades das pessoas, que ficarão gravadas na memória”, enfatiza ele.

“Superar expectativas, surpreender e proporcionar a felicidade é uma grande responsabilidade para quem trabalha com o público que buscar realizar sonhos”, disse André Merino.

Simone Leiser disse que a WS Receptivo e a CVC  sabem dessa responsabilidade e foi pensando nisso que pela primeira vez em Alagoas e no Brasil, uma ação de conscientização, reconhecimento e motivação desse tipo foi realizada na área de turismo. “Sabemos da nossa responsabilidade com nossos clientes e por isso estamos investindo cada vez mais na melhoria da qualificação de nosso pessoal, buscando a excelência na prestação desse serviço tão importante e que reflete também para todo o destino em Alagoas”, finalizou a diretora executivo da WS Receptivo.

 

Tags:, ,

>Link  

Receptivos da CVC/WS consolidados na preferência dos turistas no Litoral Norte
   Mozart  Luna  │     11 de outubro de 2018   │     8:45  │  1

 

 

Reunir beleza natural com qualidade e conforto tem sido um objetivo buscado constantemente pela empresa de receptivo WS Turismo, que trabalha em parceria com a CVC. Esse trabalho incansável tem sido realizado também com os receptivos locais em Maragogi, com o Crôa Mares e no Receptivo Japaratinga no Litoral Norte de Alagoas, um dos destinos mais vendidos.

O receptivo Croa Mares da CVC em Maragogi funciona com dois pontos de apoio, sendo um em Peroba e outro no centro urbano. Os dois locais são de alto padrão, em frente ao mar e com restaurantes totalmente equipados, dentro de padrões internacionais de turismo.

O receptivo Croa Mares em Peroba realiza os passeios às piscinas naturais recentemente liberadas pelo ICMBIo para serem visitadas pelos turistas, que estão deslumbrados pela beleza do local. O passeio é realizado diariamente, de acordo com a maré e inclui o transporte até o ponto de apoio e o barco até as piscinas.

Os Restaurantes do Croa Mares tanto em Peroba, como na área urbana de Maragogi são os melhores da região, com um cardápio variado e rico em frutos do mar. Tudo acompanhado de perto por profissionais da gastronomia, além de uma nutricionista que está sempre presente.

O casal de empresário Jó e Rosileide Gonçalves (Leide) são os anfitriões, que nasceram e vivem em Maragogi e, portanto, gente da terra, que tem orgulho de estar trabalhando em parceria com a WS e a CVC Turismo.

Os empresários são comprometidos com a politica de preservação do meio ambiente. Por isso o restaurante do Croa Mares, em Peroba, possui um espaço dedicado a educação ambiental.

Segundo Jó, trata-se de um espaço lúdico destinado principalmente a criança, mas que tem chamado a atenção também dos adultos que param neste local para ler e sentir a mensagem, que o empreendimento passa, sobre a nossa responsabilidade em preservar o meio ambiente.

O passeio às piscinas naturais de Peroba são a novidade dos produtos vendidos pela WS/CVC em Maragogi, mas sem deixar de lado as famosas Galés, que são cartão postal da região Norte.

Segundo os diretores da WS os passeios às piscinas naturais do Litoral Norte continuam sendo o carro chefe de vendas da empresa. Maragogi continua liderando a preferência, mas novos passeios estão sendo oferecidos e têm disso um sucesso, como proporcionado pelo Receptivo Japaratinga, vizinho a Maragogi.

 

Japaratinga

O Receptivo Japaratinga foi aberto esse ano e também é um sucesso de aceitação dos turistas, já que possibilita a vista de novas piscinas naturais, existente nos paredões de corais.

Segundo o empresário Marcelo Oliveira, sócio do empreendimento, Japaratinga passa a ser uma novidade para quem já conhece Maragogi, além das novas piscinas naturais são uma grande atração.

O restaurante possui também um cardápio bastante variado e está instalado em um espaço agradável, com musica ao vivo, dentro da área urbana de Japaratinga.

Para os turistas que já conhecem o Litoral Norte pela CVC, sempre é bom retornar aos melhores locais e agora com novos produtos oferecidos pela operadora na região fica sempre a vontade de sempre está de volta.

A parceria da CVC e a WS Turismo têm sido um sucesso e motivos de elogios dos turistas que também para os municípios destinos, que só ganham com isso em termos de geração de emprego e renda, impulsionando o turismo em Alagoas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:, , , , ,

>Link  

MFTur é destaque no 4º Congresso Náutico em São Paulo
   Mozart  Luna  │     6 de outubro de 2018   │     9:22  │  0

 

O turismo foi a terceira atividade econômica que mais gerou empregos ano passado no Brasil com cerca de 200 mil novo postos de trabalho e atualmente constitui um setor, para o qual estão voltados investimentos que podem ajudar ao país a sair da crise econômica e principalmente reduzir os altos índices de desemprego no Brasil, que já atinge 13 milhões de pessoas.

Para reunir empresários e parceiros da atividade turística no Brasil, acontece todos os anos a maior feira do setor que é a EXPO/ABAV, que este ano ocorreu no Parque Anhembi em São Paulo, reunindo cerca de 23 mil participantes. Umas das modalidades da atividade turística que mais vem crescendo dentro do setor é o turismo náutico e para avaliar a dinamização e as novidades foi O São Paulo Boat show, no 4 º Congresso Náutico, com o tema: investimentos em turismo náutico. O evento contou com mais de 200 profissionais, investidores e gestores do segmento do turismo náutico das regiões Sul, Sudeste.

A MFTur, umas das maiores empresas do setor, foi a única que representou o Nordeste, através do gerente Genilson Aragão, que neste momento também responde pela pasta de Turismo, Cultura e esporte no município de Canindé do São Francisco.
Segundo Genilson Aragão, o Congresso Náutico discutiu os investimentos em torno da indústria, dos serviços e comércio e é impressionante os números que este setor apresenta, propiciando um elevado número de profissionais engajados em varias atividades e o quanto o setor contribui para o desenvolvimento econômico do país, só no estado de São Paulo o turismo emprega cerca de 30 mil profissionais com salário médio de R$ 2.000,00.

O gerente da MFTUr disse ainda que no Brasil cerca de 150 mil profissionais ocupam postos de serviços no setor do turismo náutico, com uma renda per capta média de R$ 1.659,00. “Essa mão de obra está empregada em estaleiro, construção civil; comércio de barco e acessórios estrutura de apoio náutico, abastecimento, manutenção; hotelaria, restaurantes, entretenimentos e atividades turísticas além da indução de uma cadeia de outras atividades”, declarou ele.

Participação da MFTur

Genilson Aragão disse que no Nordeste, a atividade do turismo náutico na região que compreende os estados de Sergipe, Alagoas e Bahia, possui mais de 20 embarcações sendo usadas para passeios nos Rio São Francisco. “A MFTUR propicia mais de 500 empregos diretos e indiretos fomentando a economia deixam região considerada pobre”, disse ele.
O Congresso contou com apresentação de varios palestrantes dentre os quais o Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, que falou especialmente sobre o Fungetur, um fundo de apoio ao setor público e privado, no qual a Mftur foi a primeira empresa turística do Nordeste, a utilizar desse fundo através do Banese, para aquisição de 10 embarcações, fato citado pelo ministro quando se falava em investimentos náuticos no Nordeste.

 

Para Genilson Aragão disse que também foi convidado para participar do Fórum Paulista de Turismo Náutico, com um intuito de criar um núcleo deste fórum e toda extensão do rio São Francisco.

 

Tags:, , , ,

>Link  

Porto de Pedras é ponto de parada para o turismo ecológico e cultural
   Mozart  Luna  │     3 de outubro de 2018   │     18:00  │  0

IMG_9340

Praias lindíssimas e rios que abrigam a mascote da cidade, o peixe-boi-marinho, além de ter uma história importante no processo de colonização da região Norte de Alagoas, assim é Porto de Pedras. Um o primeiro ancoradouro de Alagoas das naus que vinham da Europa. O município está localizado a 130 quilômetros de Maceió, pela rodovia estadual AL 101 Norte, conhecida como a Rota Ecológica.

Porto de Pedras tem atrativos não só naturais como culturais como a misteriosa capelinha que guarda em seu interior a esfinge de um dragão de madeira, um mistério até hoje não decifrado. O município recebeu também a visita do imperador Dom Pedro II, em seu roteiro pelo Brasil. Lá ele descansou a sombra de um oitizeiros centenário, antes de tomar a estrada para Porto Calvo. O caminho realizado pelo monarca ficou conhecido como a Estrada do Imperador e hoje foi  existe uma rodovia que vai até Porto Calvo, outra cidade importante para história do Brasil.

IMG_9341

Também em Porto de Pedras existe uma das últimas edificações no inicio da colonização de Alagoas, conhecida como a antiga cadeia pública, porque do século 17 a 19 funcionou a sede administrativa do município e depois a delegacia de polícia. Incrível, mas a delegacia de polícia somente foi desativa no inicio do século 21.

IMG_8271

A velha edificação – testemunha de vários períodos de nossa historia deverá ser recuperada graças a uma parceria do Governo do Estado e a administração do prefeito Henrique Vilela, transformando-se em um ponto de visitação turística no município.

IMG_9350

Belezas Naturais

Porto de Pedras é um paraíso cravado no Litoral Norte e que despertou a curiosidade do turismo nacional graças ao seu garoto propaganda que é o peixe-boi-marinho, que possui uma base de reintrodução para natureza. O local é mantido pelo Instituto Chico Mendes para Preservação da Biodiversidade (Icmbio), que realiza a fiscalização de toda região, que forma a Área de Preservação Ambiental (APA) Costa dos Corais.
IMG_9346

Atualmente a base de reintrodução do peixe-boi-marinho é um ponto turístico de visitação, passeio esse que é realizado somente por uma associação de moradores, que se organizou para e leva os visitantes para conhecer o local.

Os moradores se organizaram para realizar passeios pelo rio Tatuamunha, para visitar a base do peixe-boi-marinho. Por dia só é permitido 70 pessoas visitem o local das 9:30 até às 16 horas. As embarcações utilizadas são à remo e é proibido o acesso de barcos a motor por esse trecho do rio . O passeio dura cerca de uma hora e custa R$ 50,00. Todo dinheiro arrecadado é dividido pelos associados que receberam treinamento para realizar essa atividade do turismo sustentável e ecologicamente correto.

Mas os atrativos de Porto de Pedras não se resume apenas ai, já que as praias do município são consideradas as mais lindas do trecho da chamada rota ecológica. O município dispõe de pousadas e restaurantes que oferecem uma gastronomia regional deliciosa e com  preços mais baixos de toda região. Tanto assim que o local mais procurado pelos turistas é o Restaurante da Marinete, localizado na sede do município próximo a orla.

IMG_9355IMG_9353

 

Tags:, , , , ,

>Link  

A carência de museus para o turismo no Litoral Norte
   Mozart  Luna  │     2 de outubro de 2018   │     9:57  │  0

Alagoas é estado pequeno da Federação Brasileira, mas muito rico em história e cultura, além de ser um dos destinos turísticos mais procurados no Brasil. O incrível é que encontramos museus em regiões tão carentes, como o Sertão e com baixo fluxo de turismo e nenhum em outras, onde a presença de turistas é constante durante todo ano, como é o caso do Litoral Norte.

Motivos para se ter museus nesta região não faltam, porque foi lá que iniciou o povoamento de nosso território, destacando cidades como Porto Calvo e Passo do Camaragibe, esta última possui ainda um acervo arquitetônico histórico razoável, com casarões ainda em bom estado de conservação, mas que precisam urgentemente serem tombados pelo município, através de decreto.

A partir dai iniciar o processo de tombamento nacional, para que possam receber ajuda do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan). Necessário lembrar que Passo do Camaragibe é berço do Mestre Aurélio Buarque de Hollanda, que fez história como dicionarista brasileiro.

A cidade está localizada no Litoral Norte, mas está fora dos roteiros turísticos. Diante da carência cultural que a região tem poderia ter um museu, que pudesse contar a história de seu filho ilustre, Mestre Aurélio. Já Porto Calvo possui propostas de criação de um museu de porte, mas carece de um acervo arquitetônico histórico que foi totalmente destruído, sem o menor pudor, inclusive o magnifico forte que existia no Alto da Força, onde hoje existe o hospital regional.

Segundo uma fonte do Iphan, com a construção do novo hospital, o atual pode se transformar em um museu. Recentemente foi achado um fortim, sendo considerado a descoberta da década no Nordeste. O local vem sendo recuperado numa parceria do Iphan e a Prefeitura e já tem um apelo forte para colocar Porto Calvo no roteiro turístico.

 

 

Tags:, , , , ,

>Link