Tag Archives: canions do sao francisco

Turismo com aventura de 3 dias pelo Rio São Francisco saindo de Piranhas até à Foz.
   Mozart  Luna  │     11 de outubro de 2018   │     23:29  │  1

 

Uma grande aventura é como se pode resumir a Expedição Opará, que sai de Piranhas até a Foz do Rio São Francisco, num percurso de três dias em um barco totalmente equipado com cozinha, banheiros, ampla aérea de lazer e até redes para descansar e apreciar preguiçosamente as paisagens existentes às margens do Velho Chico. Um roteiro bem parecido com os existentes no rio Amazonas, já que o barco utilizado para Expedição é um idêntico.

Está não é a primeira vez que a Opará faz essa aventura turística pelo rio São Francisco. Segundo Antônio Nunes Lisboa Júnior, diretor da Opará Turismo, o roteiro é maravilhoso com paradas em lugares exóticos existentes às margens do Velho Chico e também ilhas que se formaram com a baixa da vazão.

A Expedição segue o mesmo roteiro que faziam os grandes barcos antigamente, como o Comendador Peixoto, subindo ou descendo o rio, passando por cidades como Traipu, Propriá, Pão de Açúcar e terminando em Piranhas.

Passeios como este deixaram de ser realizado nos últimos três anos, devido a baixa da vazão do rio São Francisco, que causou o assoreamento do leito. Hoje para se realizar o percurso somente com um comandante muito experiente, como o do barco Magnífico, conhecido como o mais capacitado para navegar todo percurso.

Serviço de bordo

O pacote da Expedição inclui a passagem do barco, duas diárias em pousadas, café da manhã, almoço a bordo, musica ao vivo, guia de turismo, transfer de volta a Piranhas. O barco parte de Piranhas no feriadão de Nossa Senhora da Conceição, na manhã do dia 7 de dezembro com pernoite na cidade de Propriá.

O segundo pernoite será em Penedo no dia 8, no Hotel São Francisco, onde será recebido por um grupo folclórico de tradições populares. No dia 9 saída da Expedição para a Foz do Velho Chico, onde os turistas conhecerão as dunas da APA do Peba e banho nas lagoas de água doce. O retorno será no final da tarde de ônibus.

O diretor da Opará Turismo, António Lisboa Júnior disse que está aberto a parceira com outras agencias de viagens e operadoras de turismo para realizar.

Informações: 82 98851-0635/98735-2061

GALERIA DE FOTOS

Tags:, , , ,

>Link  

As belezas e as delícias de Penedo
   Mozart  Luna  │     7 de outubro de 2018   │     8:00  │  0

 

 

A bela cidade dos sobrados, Penedo, proporciona aos visitantes a oportunidade de provar de da culinária ribeirinha que vai desde os exóticos pratos de jacaré e a temida piranha, até o surubim ensopado e a pilombeta frita. A cidade dispõe de bons restaurantes, instalados em locais lindos e bem caraterísticos da historicidade que a bela Penedo proporciona a quem gosta de arte, cultura e rio São Francisco.

Penedo é uma volta ao passado, que conta um pouco da história do Brasil e de Alagoas, considerada a mais bela de todo São Francisco, que cenário serviu de gravação de vários filmes e seriados nacional.

Mas vamos trazer hoje para nossos leitores dois restaurantes bem típicos instalados em locais privilegiados em Penedo. O primeiro é o tradicionalíssimo Forte da Rocheira, que comemora 36 anos de funcionamento, talvez o restaurante mais antigo de Alagoas. A história do Forte da Rocheira é feita de glamour.

Construído sobre uma rocha, fato que se ocorresse hoje não poderia ter sido realizado, devido as rígidas leis ambientais vigentes. Mas graças ao tempo temos hoje esse belo e romântico restaurante, instalada em um local único, de frente para o rio São Francisco.

Inaugurado por Glória Menezes

Sua inauguração ocorreu em 1981 pela atriz Glória Menezes, durante o Festival Nacional de Cinema, que sempre ocorria em Penedo, até se mudar para Gramado no Rio Grande do Sul. Um fato que até hoje ninguém consegue explicar.

Segundo o gerente Argemiro Gonzaga, que comandou a casa durante até se aposentar a Rocheira, como é chamado carinhosamente sempre foi o restaurante mais charmoso de Alagoas e procurado pelas estrelas do cinema nacional. “Nestas cadeiras sentaram os atores e atrizes mais famoso do Brasil como Tarcísio Meira, Vera Ficher, Francisco Cuoco e tantos mais”, relata ele.

Argemiro disse que havia um painel com fotos dos famosos que frequentavam o restaurante Forte da Rocheira, mas que o tempo estragou. Entretanto o local ainda é bastante procurando pelos turistas, que desejam um ambiente romântico e também provar o tradicional jacaré, prato mais consumido do cardápio. O jacaré servido é oriundo de um criatório em Maceió e é autorizado sua comercialização pelos órgãos ambientais.

Forte Príncipe Nassau

O restaurante Forte Príncipe Nassau é outro grande restaurante instalado no centro histórico da bela cidade de Penedo. Localizado do lado do Palácio Municipal e na Casa da Aposentadoria, onde há 400 anos estava um forte construído pelos holandeses durante o período do Brasil holandês.

O restaurante Forte Príncipe Nassau possui um terraço para o rio São Francisco que proporciona um belíssimo pôr do Sol. Lugar lindíssimo que não deve deixar de ser visitado por quem vai a Penedo. No cardápio estão também o tradicional jacaré e a piranha, mas atualmente o mais pedido é o camarão gigantes da Malásia ensopado com pirão.

Esse prato veio para substituir o saboroso pitú do São Francisco, cuja captura está proíbida há muito tempo. O camarão da Malásia é produzido em cativeiro por um empresário chinês, Lian Fang, que se instalou em Igreja Nova e vem suprindo o mercado consumidor de Alagoas.

Segundo Lian Fang, um dos projetos dele é criar também piranha em cativeiro O prato tem sido muito procurado já que existe o comentário de que é afrodisíaco., entretanto os pescadores têm medo de pescar esse peixe carnívoro.

NO LITORAL SUL VOCÊ TEM GRANDE RIO 

Capela de Nossa da Corrente

 

Depois de saborear um jacaré, piranha, pilombeta e o camarão gigante é hora de fazer a digestão descendo a ladeira em direção a orla fluvial para visitar a belíssima capela de Nossa Senhora da Corrente, considerada por um diretor do meus do Louvre, na França em Paris, a mais bela do mundo.

A capela foi construída em 1765,( 253 anos) por uma família tradicional portuguesa antiescravagista, que abrigava negros que fugiam dos engenhos. Em um dos alteares laterais existe uma porta falsa onde se escondiam cerca de 4 pessoas adultas. Os abolicionistas falsificavam cartas de alforria, documento que dava a liberdade a esses ser humanos submetido a uma das piores condições humanas.

O Brasil foi o último país do mundo a abolir os escravos, constituindo em das vergonhas de nossa história, devido a ganância dos senhores de engenho e as oligarquias agrária, que enriqueceu às custas do suor e do sangue dos negros. Uma dívida moral e espiritual que ainda não foi paga.

A capela de Nossa Senhora da Corrente possui todos os detalhes da riqueza e da sofisticação da época, com seu piso trazido parte de Portugal e parte da Inglaterra. Mas a riqueza da capela está também nos 11 painéis de azulejos, também português, que contam a história de Jesus de Nazaré, com detalhes e traços perfeitos de um artista desconhecido, mas que impressiona especialistas.

Hoje a Capela de Nossa Senhora da Corrente está aberta para visitação pública gratuitamente no horário de 8 às 16 horas de terça-feira a sábado 9 às 16 horas e no domingo das 9 às 15 horas.

ASSISTA A REPORTAGEM NO PROGRAMA CONHEÇA ALAGOAS DA TV MAR

 

Tags:, , , ,

>Link  

A carência de museus para o turismo no Litoral Norte
   Mozart  Luna  │     2 de outubro de 2018   │     9:57  │  0

Alagoas é estado pequeno da Federação Brasileira, mas muito rico em história e cultura, além de ser um dos destinos turísticos mais procurados no Brasil. O incrível é que encontramos museus em regiões tão carentes, como o Sertão e com baixo fluxo de turismo e nenhum em outras, onde a presença de turistas é constante durante todo ano, como é o caso do Litoral Norte.

Motivos para se ter museus nesta região não faltam, porque foi lá que iniciou o povoamento de nosso território, destacando cidades como Porto Calvo e Passo do Camaragibe, esta última possui ainda um acervo arquitetônico histórico razoável, com casarões ainda em bom estado de conservação, mas que precisam urgentemente serem tombados pelo município, através de decreto.

A partir dai iniciar o processo de tombamento nacional, para que possam receber ajuda do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan). Necessário lembrar que Passo do Camaragibe é berço do Mestre Aurélio Buarque de Hollanda, que fez história como dicionarista brasileiro.

A cidade está localizada no Litoral Norte, mas está fora dos roteiros turísticos. Diante da carência cultural que a região tem poderia ter um museu, que pudesse contar a história de seu filho ilustre, Mestre Aurélio. Já Porto Calvo possui propostas de criação de um museu de porte, mas carece de um acervo arquitetônico histórico que foi totalmente destruído, sem o menor pudor, inclusive o magnifico forte que existia no Alto da Força, onde hoje existe o hospital regional.

Segundo uma fonte do Iphan, com a construção do novo hospital, o atual pode se transformar em um museu. Recentemente foi achado um fortim, sendo considerado a descoberta da década no Nordeste. O local vem sendo recuperado numa parceria do Iphan e a Prefeitura e já tem um apelo forte para colocar Porto Calvo no roteiro turístico.

 

 

Tags:, , , , ,

>Link  

CVC e WS Turismo inauguram receptivo em Japaratinga no Litoral Norte de Alagoas
   Mozart  Luna  │     28 de setembro de 2018   │     17:09  │  1

 

Japaratinga é um paraíso vizinho a Maragogi, com belas praias e vasto coqueiral onde se pode desfrutar da natureza com a tranquilidade de uma cidade pequena e de um povo hospitaleiro. As opções de passeios são muitos começando por caminhar pela vasta faixa de areia ao longo da orla marítima.

Quem passeia pelas praias de Japaratinga poderá observar lindas paisagens dos coqueirais, falésias coloridas e vez por outra, se pode deparar com riachos e rios que desaguam no mar. Um espetáculo bonito de se ver e também aproveita para tomar banho de água doce e salgada ao mesmo tempo.

Receptivos CVC

Atualmente a cidade conta com o mais novo receptivo da maior operadora de turismo da América Latina, que é a CVC Turismo em parceira com a WS Turismo. Trata-se do Receptivo Japaratinga, onde funcionava um o restaurante italiano Veneza, com uma bela estrutura de lazer com piscina e restaurante com capacidade para 250 pessoas e um mar lindo de águas mornas e tranquilas.

 

O Receptivo Japaratinga oferece o mais novo roteiro de passeios as famosas piscinas naturais, no Litoral Norte, juntamente com o Receptivo Croa Mares em Maragogi. Os dois oferecem passeios as novas piscinas naturais, liberadas pelo Instituto Chico Mendes para Preservação da Biodiversidade (ICMBio).

Os novos roteiros fazem parte dos projetos de da CVC Turismo e da WS Turismo, em apresentar novidades de roteiros em Alagoas. As piscinas recentemente abertas ao público são formadas durante a maré baixa, nas barreiras de corais, que ficam a 3 quilômetros da costa. Até as piscinas possuem águas transparentes e mornas e os peixes que habitam os corais oferecem um espetáculo a parte nadando entre os visitantes, que os acompanham durante os mergulhos.

O cardápio oferecido pelo restaurante do Receptivo Japaratinga, possui o toque da cozinha regional, principalmente frutos do mar como peixes, camarões e também frango, carnes e massas e a deliciosa água de coco da região está presente as mesas e o projeto é abrir também durante a noite durante a alta estação para atender aos turistas que ficam na cidade para pernoitar.

Com mais esse equipamento turístico credenciado pela CVC/WS, o Litoral ganha em qualidade de atendimento aos passageiros que escolhem Alagoas para fazer turismo.

Para quem quer ficar

Para quem deseja passar a noite ou a semana em Japaratinga, o município oferece excelentes e confortáveis pousadas, muito bem localizadas como as Pousadas Coqueiro Verde que fica bem no centro da cidade e de frente para praia. A pousada possui 25 apartamentos totalmente equipados com ar condicionado, tv, internet e frigobar além de um delicioso café da manhã com as delícias regionais.

Na área de convívio comum se pode desfrutar da bela piscina e da bela praia que fica bem em frente. A pousada Coqueiro Verde, esta muito bem localizada, onde o hospede no centro da cidade podendo passear pelas pequenas ruas e praças, se misturando aos habitantes conhecendo um pouco de seus costumes e cultura, podendo passar a noite sentado em um banco de praça, com se faz em cidades tranquilas do interior.

Reservas:

82 – 3297-1426 / e-mail [email protected]

 

 

 

 

Tags:, , , , , , , ,

>Link  

Maior forte do mundo está em Portugal, mas foi construído pelos holandeses
   Mozart  Luna  │     24 de setembro de 2018   │     15:42  │  0

 

Uma das maiores fortificações militares da antiguidade está aberta a visitação pública em Portugal desde 2015, em Elvas e já recebeu 100 mil pessoas. Trata-se da Forte das Graça que vem sendo bastante procurado por historiadores e amantes da arte da engenharia militar em uma época em que esse tipo de construção era fundamental para defesa de territórios.

Esta fortificação militar portuguesa mereceu o comentário no O jornal espanhol ElEconomista que o classificou como «a maior fortaleza terrestre do mundo». E,  Elvas se tem o maior complexo de fortificações abaluartadas do mundo. Somando o Forte da Graça, mais outras fortificações como o Forte de Santa Luzia e os Fortins de São Mamete, São Pedro e São Domingos, totalizam 179 hectares.

A UNESCO denomina como a Cidade-Quartel Fronteiriça de Elvas e suas Fortificações e assim foi considerada Património da Humanidade em 2012. A fortificação passou por um período de um ao de obra de recuperação e em 2015, e recebeu mais de 100 mil visitas (105 mil, mais precisamente), 40% das quais espanholas, segundo a Câmara Municipal de Elvas.

Obra holandesa

O interessante disso é o Forte de Nossa Senhora da Graça foi construído por um holandês Wilhelm, Conde de Schaumbourg-Lippe em 1763, a pedido do Marques de Pombal. A construção é considerada umas das mais perfeitas da arquitetura militar holandesa.

A obra começou em 1763 e demorou 29 anos a ficar concluída, pela força de trabalho de seis mil homens e quatro mil animais.

Detalhes

Logo a entrada se pode observar um dos obstáculos criados para segurança do Forte que é ponte levadiça e um portão de decoração barroca. Em seguida surgi outros detalhes sobre os engenhos, armadilhas e recursos escondidos daquela fortaleza. O local foi projeto para abrigar uma guarnição de 1.500 homens e para resistir a ataques de canhão e artilharia. Curiosamente, depois de construído, mais nenhuma grande guerra ameaçou o forte.

Dentro da fortificação se pode visitar a glamorosa residência do Governador, que fica no topo do Forte e tem uma amplitude de 360º sobre toda a cidade e zona envolvente, onde se vê também Badajoz.

Colaboração portal tripseek.news

 

Tags:, , , , ,

>Link