Category Archives: Meio ambiente e turismo

Como transformar uma vila em um pólo turístico internacional
   Mozart  Luna  │     20 de outubro de 2017   │     14:13  │  0

Transformar uma pequena vila em um pólo internacional de turismo é difícil, mas não impossível e assim foi com a pequenina Nazaré em Portugal. O presidente da Câmara (prefeito) Walter Chicharro, reeleito pelo Partido Socialista (PS) nas últimas eleições autárquicas (municipais) para mais quatro anos.

O presidente da Câmara disse que foi durou colocar Nazaré como point do surf mundial e transformar em um pólo internacional de turismo. Segundo Walter Chicharro uma das primeiras atitudes é realizar obras urbanísticas estruturantes dando buscando proporcionar conforto e beleza ao local, tornando aprazível passear pelas ruas da vila.

O segundo passo é realizar um trabalho e marketing de divulgação sistemático e permanente, buscando parceria também com personalidades que estão em evidências nas redes sociais e que são pontos das atenções. Walter Chicharro disse ainda que é preciso se estabelecer essas parcerias e para isso é necessário o apoio do empresariado local e também do governo nacional (governo federal).

 

 

Transformar uma pequena vila em um pólo internacional de turismo é difícil, mas não impossível e assim foi com a pequenina Nazaré em Portugal. O presidente da Câmara (prefeito) Walter Chicharro, reeleito pelo Partido Socialista (PS) nas últimas eleições autárquicas (municipais) para mais quatro anos.

O presidente da Câmara disse que foi durou colocar Nazaré como point do surf mundial e transformar em um pólo internacional de turismo. Segundo Walter Chicharro uma das primeiras atitudes é realizar obras urbanísticas estruturantes dando buscando proporcionar conforto e beleza ao local, tornando aprazível passear pelas ruas da vila.

O segundo passo é realizar um trabalho e marketing de divulgação sistemático e permanente, buscando parceria também com personalidades que estão em evidências nas redes sociais e que são pontos das atenções. Walter Chicharro disse ainda que é preciso se estabelecer essas parcerias e para isso é necessário o apoio do empresariado local e também do governo nacional (governo federal).

Um dos empresários que mais ajudou a transformar Nazaré em um destino internacional foi Serafim Silva, que construiu o maior resort no Litoral Norte do Estado de Alagoas, no Brasil, o Grand Occa Maragogi, que antes se chamavam Miramar Maragogi Resort que fica no município de Maragogi.

Arrecadação

O município tem uma arrecadação própria baseada na cobrança de impostos como IRC e IRS, além de receber recursos do Fundo Comunitário ( Comunidade Européia). Esse dinheiro é empregado em obras de melhorias urbanísticas e em equipamento turísticos. A contrapartida da freguesia (Estado) é de 15%.

Walter Chicharro disso que hoje Nazaré recebe turista de toda parte do mundo. O grande atrativo são as ondas gigantes, mas a vila tem uma história muito bonita. Tudo começa com a fortaleza de São Miguel e com o milagre que acontece 1682, quando um cavaleiro ao perseguir um cervo durante uma caça caiu em um despenhadeiro, mas foi amparado por Nossa Senhora de Nazaré.

Belém do Pará

Uma replica da imagem foi levada para cidade brasileira de Belém do Pará, onde hoje se transformou em um dos grandes centros de peregrinação da América Latina. Walter Chicharro disse que está realizando um convênio entre Nazaré e Belém para transformá-las em cidades irmãs. O acordo está bem avançado e deverá ser concretizado em breve e assim proporcionar um intercambio cultural, turístico e religioso.

Neste mês de outubro Nazaré está vive o momento das ondas gigantes, com a abertura da “janela”, que faz surgir o “canhão de Nazaré”, ondas que podem passar dos 30 metros de altura. Um espetáculo dantesco que atrai surfistas e todo o mundo e também a imprensa, além de turistas.

 

Um dos empresários que mais ajudou a transformar Nazaré em um destino internacional foi Serafim Silva, que construiu o maior resort no Litoral Norte do Estado de Alagoas, no Brasil, o Grand Occa Maragogi, que antes se chamavam Miramar Maragogi Resort que fica no município de Maragogi.

Arrecadação

O município tem uma arrecadação própria baseada na cobrança de impostos como IRC e IRS, além de receber recursos do Fundo Comunitário ( Comunidade Européia). Esse dinheiro é empregado em obras de melhorias urbanísticas e em equipamento turísticos. A contrapartida da freguesia (Estado) é de 15%.

Walter Chicharro disso que hoje Nazaré recebe turista de toda parte do mundo. O grande atrativo são as ondas gigantes, mas a vila tem uma história muito bonita. Tudo começa com a fortaleza de São Miguel e com o milagre que acontece 1682, quando um cavaleiro ao perseguir um cervo durante uma caça caiu em um despenhadeiro, mas foi amparado por Nossa Senhora de Nazaré.

Belém do Pará

Uma replica da imagem foi levada para cidade brasileira de Belém do Pará, onde hoje se transformou em um dos grandes centros de peregrinação da América Latina. Walter Chicharro disse que está realizando um convênio entre Nazaré e Belém para transformá-las em cidades irmãs. O acordo está bem avançado e deverá ser concretizado em breve e assim proporcionar um intercambio cultural, turístico e religioso.

Neste mês de outubro Nazaré está vive o momento das ondas gigantes, com a abertura da “janela”, que faz surgir o “canhão de Nazaré”, ondas que podem passar dos 30 metros de altura. Um espetáculo dantesco que atrai surfistas e todo o mundo e também a imprensa, além de turistas.

 

>Link  

Ministros querem trazer parques temáticos como a Disney para o Brasil
   Mozart  Luna  │     18 de outubro de 2017   │     10:22  │  0

O Brasil possui uma grande potencial natural na America Latina e precisa ter equipamentos do segmento de parque temáticos sem similar no Brasil. Com esse objetivo os ministros Marx Beltrão (Turismo) e Marcos Pereira (Indústria, Comércio Exterior e Serviços) ser reuniram para discutir formas de pode ajudar a colocar o Brasil em definitivo na rota dos principais parques temáticos do mundo.

A idéia é mudar a classificação dos equipamentos do setor para bens de capital e estimular a competitividade do país na importação de atrativos sem similar nacional. Representantes do segmento consideram as medidas determinantes para a vinda de investidores como a Disney, Universal, Busch Gardens, Six Flags, Legoland e outras bandeiras que fazem parte das maiores empresas do ramo.

O primeiro passo foi dado na última reunião de ministros de Turismo do Mercosul, quando todos os representantes dos quatro países membros, manifestaram apoio às demandas do Sistema Integrado de Parques de Atrações Turísticas (Sindepat). Em paralelo, a pasta da Indústria e Comércio Exterior está com uma consulta aberta até o próximo dia primeiro para confirmar que não há produção de equipamentos análogos na indústria nacional. Após a consulta, o documento será apresentado no grupo técnico da Câmara de Comércio Exterior e, caso não haja nenhuma objeção, segue direto para o fórum de ministros ligado ao tema no Mercosul.

“As maiores marcas têm se expandido as suas operações em diversas partes do mundo, com investimentos vultuosos e milhares de empregos gerado. Se fizermos alguns ajustes, temos totais condições de nos consolidar como o grande hub de parques temáticos da Américas Central e do Sul”, comentou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. “Estamos avançando. Temos trabalhado para atender as demandas do setor, porque sabemos que elas são importantes para gerar emprego e renda para o país”, destacou o ministro da Indústria, Marcos Pereira.

Estudo elaborado pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), se o governo atender às demandas do setor, o segmento poderá investir R$ 1,9 bilhão e gerar de 56 mil empregos nos próximos cinco anos. Atualmente, os 18 estabelecimentos associados ao Sindepat geram 11 mil empregos diretos e movimentam cerca de R$1 bilhão na economia por ano.

HISTÓRICO – Em agosto, o presidente da IAAPA (Associação Internacional de Parques e Atrações Turísticas), Greg Hale, vice-presidente global da Disney, esteve no Brasil e confirmou a vocação do país para esse investimento. “O clima, o tamanho do mercado e a cultura facilitam tornam o Brasil extremamente atrativo”, disse na ocasião. (clique aqui para mais informações).

Durante o seminário “A importância dos parques temáticos para o turismo”, Greg Hale destacou que apenas a Disneylad Paris recebe 15 milhões de visitantes por ano, quase a soma do número registrado da Torre Eiffel (6,9 milhões) e do Museu do Louvre (9,7 milhões). Na apresentação, ele citou ainda que apenas Singapura atraiu investimentos de US$ 5,2 bilhões capitaneados pelos parques temáticos.

 

>Link  

Penedo recebe mais um Circuito de Cinema em novembro
   Mozart  Luna  │     17 de outubro de 2017   │     16:56  │  0

A cidade dos sobrados, Penedo vai sediar mais um Circuito Penedo de Cinema de 6 a 11 de novembro. O evento foi lançado oficialmente na segunda-feira (11) em Maceió, no Centro Cultural Arte Pajuçara e contou com a presença do prefeito Marcius Beltrão e da reitoria da Universidade Federal de Alagoas, Valéria Correa.

“Foi uma luta muito grande resgatar o festival. Penedo tem muito para agradecer ao professor Sérgio Onofre, um entusiasta da cidade e da sétima arte. Também destaco o empenho do ex-reitor Eurico Lôbo e da atual, Valéria Correa. E agradeço ainda a entrada do Governo de Alagoas e do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. O poder público municipal vai estar sempre presente nos projetos culturais que buscam elevar o potencial cultural e turístico de Penedo. Resgatamos um grande projeto perdido na década de 80 e vamos continuar trabalhando pelo seu crescimento”, declarou o prefeito Marcius Beltrão.

Toda programação do Circuito Penedo de Cinema vai acontecer no Centro Histórico e conta com 10º Festival do Cinema Brasileiro, 7º Festival do Cinema Universitário de Alagoas, 4ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental e 7º Encontro de Cinema Alagoano.

Penedo já foi sede na década de 70 do Festival Brasileiro de Cinema que hoje acontece em Gramado no Rio Grande do Sul. A cidade viveu nesta época tempo áureos como centro de atração turística da Sétima Arte, onde as estrelas do teatro, TV e cinema desfilavam pelas ruas da cidade.

Com a revitalização de todo sítio histórico Penedo se transformou em um pólo de realização de eventos, que será dinamizado com a inauguração do se Centro de Convenções com capacidade para mil lugares e recursos tecnológicos de última geração.

A cidade também já tem de volta o centenário Theatro Sete de Setembro que foi inaugurado com capacidade para cerca de 400 lugares, além da construção de uma moderna marina e um píer flutuante, atraindo investidores do setor de turismo do Brasil e do mundo.

 

>Link  

Todos a espera da “janela” das ondas gigantes em Nazaré
   Mozart  Luna  │     16 de outubro de 2017   │     22:00  │  1


Serafim Silva empresário, MarNamara o recordista e este jornalista

Foi aberta a temporada de ondas gigantes na Praia do Norte na Vila de Nazaré, em Portugal. A solenidade ocorreu no último dia 15 domingo com a presença das estrelas do surf mundial, entre eles o norte americano MacNamara e o brasileiros Carlos Burle, que este ano não vai competir.

Agora é espera pela abertura da chamada “janela” que a natureza abre para que o mar possa levar até a Praia do Norte em Nazaré as ondas gigantes que podem chegar a mais de 30 metros de altura, proporcionando um grande espetáculo, que é assistido por milhares de turistas que já estão na pequena Vila.

IMG_1281

A temporada de verão na pequenina e bela vila de Nazaré, em Portugal  é conhecida hoje como a cidade das ondas gigantes em todo mundo, graças ao recorde da onda mais alta já surfada até hoje, com 30 metros de altura, por Garrett MacNamara, em novembro de 2011. Localizada à uma hora de Lisboa, Nazaré se transformou em um importante destino internacional, sendo procurado não só pelos praticantes do surf, como também para quem busca, cultura, saúde e lazer.

Serão 24 surfistas de todo mundo disputando o prêmio de 7 milhões de euros.

IMG_0990

A vila tem uma localização privilegiada, já que tem acesso rápido a vários outros destinos turísticos, como o Santuário de Fátima, que fica a 30 minutos; Alcobaça 20 minutos e Tomar, a Cidade dos Cavaleiros Templários. Para quem gosta de fazer compras, a cidade de Leiria fica apenas a 30 minutos,  com um shopping center que tem preços bem abaixo do praticado em Lisboa – excelente para as compradoras e compradores compulsivos. Tudo bem pertinho da cidade Nazaré, que guarda ainda a tranquilidade de vila, com seus restaurantes, bares e lanchonetes a beira mar.

A prova vai até 31 de dezembro, e o comissário do circuito, Mike Parsons, responsável por avaliar o estado do mar e verificar as previsões da ondulação entre os 6 e 12 metros, altura em que as ondas são consideradas gigantes, os surfistas que entram nesta competição têm 72 horas para viajar até Portugal, entrar na água, remar e enfrentar as poderosas ondas do Canhão da Nazaré.

Os 24 inscritos na prova do circuito mundial (que arrancou no México, e terá ainda Havai e Portugal como palcos) constam Jamie Mitchell, vencedor em 2016 na etapa da vila piscatória, Kai Lenny, surfista havaiano vencedor da primeira etapa do circuito deste ano, Puerto Escondido, México, Garrett McNamara, Trevor Carlson ou Andrew Cotton.

Os portugueses formam um comitiva pesada constituída por João de Macedo (3.º classificado no tour em 2016), surfista do circuito, António Silva (6.º, em 2016), Hugo Vau, Alex Botelho e Nicolau Von Rupp, sendo que estes três últimos participam a convite da organização, repetindo assim a presença de 2016.

Evento 

Este é o segundo ano consecutivo que o Canhão da Nazaré acolhe uma etapa do circuito mundial de ondas grandes. Com um retorno de 7,2 milhões de euros, valor indicado num estudo da World Surf League, o evento serve para “trazer dinamização à economia local e origina a promoção internacional da Nazaré”, afirmou Walter Chicharro, presidente da Câmara Municipal da Nazaré durante a cerimónia de abertura que decorreu na passada sexta-feira, dia 13 de outubro, no forte de São Miguel Arcanjo, na Praia do Norte.

Com o período de espera a começar este domingo, “é a mãe natureza que irá ditar quando é que se realiza”, adiantou Francisco Spínola, da WSL, recordando que no “ano passado foi perto do natal”.

João Macedo, surfista português do circuito mundial de ondas grandes define a Nazaré como um “campo de batalha”. Por seu lado, Hugo Vau, um conhecedor do famoso Canhão da Nazaré e Jamie Mitchell, vencedor do ano passado, estão de acordo em considerar que a onda é “o nível seguinte” e um “grande desafio” que os surfistas de ondas grandes têm de atingir.

Por fim, na apresentação do Nazaré Challenge 2017, Bill Sharp, WSL Big Wave Tour deixa um elogio: “a comunidade surfista mundial está ansiosa por vir surfar à Nazaré. As ondas, a comida e as pessoas… no ano passado foi uma marca no circuito”, concluiu.

Turismo

A fortaleza de São Miguel Arcanjo é uma das edificações mais antigas, onde se conta, segundo a lenda, que um nobre da época teria sido salvo de cair no penhasco por intervenção de Nossa Senhora de Nazaré, quando caçava. Além da belíssima praia e mar de águas de cor azul turquesa, a cidade oferece uma gastronomia bem tropical como peixes, crustáceos e camarões gigantes. Mesmo durante o período de inverno (dezembro e janeiro), Nazaré apresenta uma temperatura muito agradável, com 10º e no verão chega a casa dos 30º no máximo.

IMG_1196IMG_0966

Passear pelo calçadão, pegar sol na praia, ou assistir aos surfistas tentando se equilibrar em cima das ondas gigantes, tomando uma boa cerveja gelada e até a nossa tradicional caipirinha – feita pelos brasileiros que descobriram esse paraíso em Portugal – são as opções de lazer mais frequentes.

IMG_1015

À noite tem programação para todos os gostos, desde os mais simples, como tomar café com doce de nata ou pastel de Belém, ou tomar uma boa cerveja nos bares da orla, até jantar no restaurante do hotel Miramar, de onde se tem um visual lindíssimo de toda Nazaré. Outra atração da cidade é o bondinho, que leva os turistas para parte da alta da cidade, uma programação ideal para o domingo à tarde principalmente para as crianças.

 

IMG_0754

 

IMG_1279IMG_1280Saúde

A cidade de Nazaré se transformou em um polo de beleza e saúde, com o Talasso Terapia, instalado na orla frente para o mar. “A cura que vem do mar” este é o slogan do empreendimento. O local é procurado por pessoas de toda Europa, em busca das águas medicinais aquecidas do mar. A terapia acontece dento das piscinas do Talasso, onde profissionais orientam na realização das atividades físicas e massagens. Um SPA vip para quem busca melhorar o visual, baixando peso e desintoxicando a pele.

O Talasso de Nazaré é hoje o mais procurado da Europa e do mundo – como centro de tratamento de vários problemas de saúde. O empreendimento foi instalado pelo Grupo Miramar de Portugal, o mesmo que construiu o Hotel Miramar em Maragogi.

O grupo possui dois confortáveis hotéis em Nazaré, que são referência em serviço de hotelaria na Europa. A empresa está em fase de expansão com a construção de mais dois empreendimentos hoteleiros, que estão abertos a investidores brasileiros, que desejem adquirir apartamentos, que ficam sob o sistema de consignação, para aluguel a turistas o ano todo. As unidades também podem ser usadas pelos seus donos, desde agendem para o uso, como uma reserva para hospedagem.

O presidente da Câmara de Nazaré Walter Chicharro (PS) disse que existe um pacote de incentivos para atrair investidores brasileiros, como isenção de impostos e toda consultoria necessária para instalação de negócios na cidade. A entrevista completa pode ser assistida no link abaixo.

 

 

 

CONTATOS: HOTEL MIRAMAR SUL – NAZARÉ -351 262 590 000

www.hotelmiramarsul.pt/[email protected]

 

>Link  

Seu Zizo, ex-Prefeito mais velho vivo em Alagoas com 100 anos é homenageado pela Assembléia
   Mozart  Luna  │       │     8:26  │  0

 

 


A Assembléia Legislativa realiza hoje às 15 horas uma sessão solene para homenagear o ex-prefeito mais velho vivo, José Aluisio da Cunha comemora 100 anos no próximo dia 28.

Seu Zizo como é carinhosamente chamado por todos em Porto de Pedras entrou na vida pública em 1965, para atender ao pedido de seu pai, que estava preocupado com a situação de abandono da cidade. Primeiro foi eleito presidente da Câmara, época em que os vereadores não tinha salário e trabalhavam realmente pela população. Depois foi eleito prefeito da cidade. de Porto de Pedras, José Aloísio da Cunha de 95 anos disse que para exercer um cargo publico todo cidadão tem que está pronto para trabalhar com honestidade, já que as tentações são muitas no exercício do mandato.

Seu Zizo é hoje o ex-prefeito mais velho vivo em Alagoas e vive até hoje vive em Porto de Pedras onde acorda todos os dias às 4 horas da madrugada, juntamente com sua esposa para abrir sua pequena quitanda localizada no Centro da cidade e bem perto da antiga sede da prefeitura, a qual ajudou construir em 1965 quando foi prefeito eleito do município. Zizo é uma personalidade respeitada por todos da cidade que vem nele a imagem do homem público honesto.

O ex-prefeito faz questão de ressaltar que tudo que tem já possuía antes de ser prefeito como a fazenda que herdou de seu pai e pequena quitanda, onde até hoje aos 95 anos trabalha com ajuda de sua esposa. “Sou um homem que vive com decência, não sou rico, mas ando de cabeça erguida pela cidade e todos me respeitam”, declarou ele batendo no peito e os olhos mareados de lágrimas.

O ex-prefeito disse que antigamente não havia tantos recursos como agora, mas que mesmo assim não faltava saúde nem educação para população do município, que na época tinha apenas 7 mil habitantes. “Tínhamos dois médicos e um dentista que atendida à população e não faltavam ao serviço, pois se faltasse iam se ver comigo”, disse ele.

Zizo disse que sempre teve cuidado com o dinheiro público e chegou a ser elogiado pelo governador na época quando da reforma do prédio histórico da cadeira pública, em 1970, quando o engenheiro responsável fez um orçamento astronômico Cr$ 8 milhões e ele conseguiu realizar a obra com apenas Cr$ 16.300 mil, em 1973. O governador Lamenha Filho ficou surpreso com isso e disse que ele era um dos homens mais corretos em Alagoas.

O ex-prefeito relatou ainda várias obras importantes que realizou com os poucos recursos que recebi do governo do estado a título de ICMS como o abastecimento de água, por gravidade sem a utilização de bombas elétricas de parte da cidade.

Zizo disse que foi levado a vida política por seu pai que via o abandono que sofria a cidade. “Ele chegou um dia na fazenda que trabalhava e me disse que era preciso eu disputar uma vaga para vereador, para defender o povo. Eu não queria, mas fui desafiado e topei”, lembra ele, informando que naquela época os vereadores não recebiam nenhuma remuneração e agiam com independência do executivo.

Ganhou a primeira eleição para vereador e logo assumiu a presidência da Câmara e sua primeira missão foi exigir do prefeito, que prestasse contas dos recursos que o município tinha recebido. “Foi uma luta, mas eu não tinha medo dele e terminou reprovando as contas do prefeito que perdeu a eleição”, disse ele.

Zizo disputou seu segundo mandato e logo depois participou da eleição para prefeito contrariando o governador na época o Major Luiz Cavalcante, que tinha na cidade um candidato “valente”. “Um certo dia o candidato do governador pegou um jeep, e era época de São João, e passou por cima da minha fogueira. Não contei história fui dentro de casa e peguei a ‘peteca’ (espingarda 12) e chamei-o para conversar. A figura correu e eu venci a eleição com a ajuda do povo,” disse o ex-prefeito.

Conselho
O ex-prefeito disse que não conseguem entender como tantos gestores mancham sua honra pessoal desviando recursos públicos. “Eu não aguentaria ser preso por roubar dinheiro público, seria a maior desmoralização da minha vida e uma afronta à memória de meu pai e minha família”, disse ele.
Zizo aconselhou aos novos gestores que procurem trabalhar pelo bem da coletividade que se preocupem com os mais necessitados. “Meu disse que o maior bem que eu levo dessa vida é a honestidade. É o conselho que eu dou para os novos prefeitos: sejam honestos,” finalizou.

>Link