Maceió é primeira capital do Nordeste em reserva de hotéis
   Mozart  Luna  │     15 de setembro de 2020   │     17:34  │  0

Maceió é primeira capital no Nordeste e segundo cidade da região que mais registro reserva em hotéis no mês de agosto, segundo pesquisa da Omnibees, realizada a pedido da Revista Panrotas.

A base de dados da empresa tem cerca de cinco mil hotéis no Brasil, analisados a partir do dia 22 de março, quando houve a queda brusca nas reservas hoteleiras no Brasil.

” O Brasil fechou a última semana do estudo (também a última de agosto) no patamar de 51,58% de geração de reservas em relação à semana iniciada em 19 de janeiro (a melhor do ano). Mas há destinos com 80% (como Gramado) e até 100% (Campos do Jordão e Mata de São João) na comparação com a produção de reservas em janeiro.

Segundo a Omnibees, as cidades que estão puxando esse crescimento são as 20 listadas na tabela abaixo:

Essas 20 cidades concentram 55,64% de todas as reservas geradas no Brasil pela plataforma Omnibees na última semana de agosto (além de 71,48% de todas as pesquisas por hotel realizadas no mesmo período). São Paulo está liderando o ranking, com uma concentração de 8,12% das reservas do Brasil, porém, ainda está no patamar de 34,79% em relação à sua semana de pico de 19 de janeiro.

Já o Rio de Janeiro concentrou de 6,96% das reservas do Brasil, e está no patamar de 42,67% em relação à sua semana de pico (proporcionalmente, portanto, melhor que São Paulo).

Gramado (RS) vem na sequência, concentrando 4,46% das reservas do Brasil, e já está no patamar de 79,09% em relação à sua semana de pico. A Serra Gaúcha foi uma das primeiras regiões do País a reabrir e um dos destinos mais procurados para escapadas em viagens de carro.

“Como destaques adicionais, podemos citar Campos do Jordão (SP) e Mata de São João (BA), que na semana passada geraram mais reservas que no período pré-quarentena”, analisa Emanoel Lima, da Omnibees.

“O principal indicador que avaliamos é o [% Reservas/Semana de Pico], que considera como ponto de referência a semana em que houve mais reservas no ano corrente até o momento e mede em que percentual desse referencial está a geração de novas reservas a cada semana”, acrescenta ele. Confira na imagem abaixo.

BOOKING WINDOW
Os dados da Omnibees mostram que de forma geral, tanto no Brasil quanto nas cidades analisadas, a antecedência entre a reserva e a hospedagem explodiu no primeiro momento, mas depois veio caindo semana após semana. “Podemos destacar Belo Horizonte, que está com uma antecedência média de menos de uma semana (6,67 dias) e Campinas (SP), que está com uma antecedência média de 8,84 dias”, finaliza Lima.

FONTE PANROTAS

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *