Porto Calvo dá exemplo no combate ao covid-19
   Mozart  Luna  │     30 de junho de 2020   │     17:53  │  0


O município de Porto Calvo apresenta o maior número de pessoas recuperadas do covid-19, graças a ação preventiva de realizar testes e medicar os pacientes rapidamente, já nos primeiros sintomas apresentados. Segundo a assessoria da Prefeitura o município alcançou a marca de 410 pessoas curadas do novo coronavírus, no início da semana.
Segundo ainda a assessoria “duas ferramentas fundamentais para que o número de recuperados seja elevado em Porto Calvo foram a Central de Triagem de Síndrome Gripal, localizado no conjunto Oscar de Souza Cunha, e a Ala Covid-19, no Hospital Municipal São Sebastião, no Centro da cidade.

A Central de Triagem no Oscar Cunha é a principal porta de entrada para pessoas que apresentam algum sintoma do novo coronavírus. No local, os usuários do SUS podem contar com consulta médica, fazer o teste rápido e receber a medicação por indicação médica na farmácia da unidade, além de outros serviços.

A Ala Exclusiva Covid-19 no Hospital Municipal São Sebastião conta com dez leitos clínicos e cinco leitos de observação. A unidade conta com equipe de enfermagem, medicina, psicologia, serviço social e outros profissionais essenciais na luta contra a doença. No local, o paciente pode contar com uma farmácia dispõe de medicamentos para o tratamento da Covid-19.

De acordo com o Boletim Epidemiológico desta segunda-feira (29) Porto Calvo conta com 463 casos confirmados do novo coronavírus; 85 casos estão em investigação (suspeitos); 323 pessoas fizeram o teste tendo o resultado dado negativo (descartados); 410 não apresentam mais sintomas, portanto, estão curadas. Além disso, sete óbitos foram registrados em decorrência da Covid-1”, diz a nota da prefeitura.

O combate a pandemia continua firme de maneira rigorosa em Porto Calvo, que no início encontrou dificuldades em conscientizar a população para ficar em casa, o que resultou no registro dos primeiros óbitos, que serviu de alerta e assim todos começaram a colaborar. Outro fato que chamou a atenção foi o grande número de casos registrados, mas fruto dos testes que são realizados; ação primordial para identificar os portadores do covid-19 e assim poder lhe dar a assistência e colocá-lo em quarentena controlada.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *