Reclassificação do aeroporto Zumbi dos Palmares continua “travado”
   Mozart  Luna  │     23 de maio de 2020   │     8:00  │  1

 

O processo de reclassificação do aeroporto de Zumbi dos Palmares continua “travado” em alguma gaveta da Secretaria de Aviação Civil (SAC), há 5 meses, mesmo depois de todos as exigências do setor terem sido cumpridas.

Está novela mexicana está em tela há seis anos, entretanto havia recebido motivação no final do ano passado com o apoio atual governo federal, mas desde dezembro, quando o trabalho de readequação foi concluído, com a retirada dos obstáculos físicos que existiam em volta do aeroporto, o processo de reclassificação voltar a travar.

O aeroporto Zumbi dos Palmares, recebeu investimento e melhorias para atender a todas as exigências das autoridades aeroportuárias para obter a classificação Delta (D) para receber voos regulares internacionais.

No início luta era para retirar os obstáculos, que existiam em volta do aeroporto e colocavam em risco os voos, principalmente os internacionais que geralmente usam aparelhos de maior porte.

Hoje o aeroporto está sob a responsabilidade da empresa espanhola Aena, que foi a vencedora do lote leiloado pelo Governo Federal. A concessionária, está realizando algumas adequações, e o momento não seria melhor com a redução dos voos.

Depois de muita luta, que aqui neste blog, teve todo destaque possível, o processo de reclassificação do aeroporto continua travado. Fizemos contato com fontes de Brasília e estamos aguardando o retorno de boas notícias.

 

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. José Dario

    Fez muito bem ter ligado para Brasília, para as Fontes, pelo menos os alertou, e quem sabe, possamos ligo logo ter boas notícias, estou curiosissimo!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *