Pós coronavírus: veja o que vai mudar na CVC
   Mozart  Luna  │     1 de maio de 2020   │     12:00  │  0

Em um live a site panrotas o novo CEO da CVC Corp. Leonel Andrade disse que a empresa será outra, dando passos largos na evolução da atividade turísticas, como protagonista do setor. Segundo ele a empresa está investindo no mundo digital, em uma plataforma que será uma “fortaleza” em serviços desse tipo, buscando um contato direto com o cliente e oferecendo a ele todo suporte necessário para a excelência do serviço.

Leonel Andrade disse que uma das estratégicas será investir em divulgação de conteúdo de credibilidade, em meios de comunicação que tenham espaço especializados no segmento de turismo. Segundo ele viajar é realizar um sonho e essa fantasia chega ao cliente através de um bom conteúdo.

Leonel Andrade ressaltou que esse novo contrato será realizado respeitando o franqueado dentro dos princípios éticos da empresa. Entretanto a interação com o cliente será realizada. Outra novidade na evolução dos serviços da CVC será em serviços de pessoas que desejem atuar como contados, sem a necessidade da existência de uma estrutura física.

Tudo isso faz parte das mudanças nos canais de contato, onde a plataforma (fortaleza) será usada ao máximo para chegar ao cliente, já que as ferramentas digitais evoluíram muito, dando agilidade ao atendimento. Segundo ele a CVC tem como objetivo crescer três vezes o que é agora, mas sem cresce o número de funcionários.

Leonel Andrade também anunciou que a empresa vai atuar no campo de aluguel de imóveis para turísticas, com um produto parecido como o oferecido pela plataforma Air bnb. O CEO da CVC Corp disse que a empresa se associou a plataforma BHC. Contudo os imóveis oferecidos para aluguel para turísticas será para atender o segmento luxo.

Segundo ainda ele, serão imóveis estilo mansões com todo corpo de criados para servir e atender a grupos de famílias, que deseja passar férias em destinos turísticos, mas ter a intimidade familiar preservada e com todo conforto e serviços necessários.

Passar a tempestade

Leonel Andrade disse que a CVC Corp tem caixa suficiente para atravessar a paralisia que vive a atividade turística devido a pandemia do coronavírus. Segundo ele a empresa está firme e planejando tudo para retornar ao mercado, com as novas ferramentas da evolução que vai sofrer.

Com relação as informações dos prejuízos financeiros que a empresar se encontrava, Leonel Andrade confirmou que existe uma investigação interna, que apura problemas na auditoria realizada e que até hoje não foi divulgada. Andrade tranquilizou os investidores dizendo que empresa está mais sólida que nunca e que ele implantou uma gestão conservadora de riscos.

 

 

 

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *