Surpreendente: passageiros da Emirates fazem teste rápido do COVID-19 no check-in
   Mozart  Luna  │     16 de abril de 2020   │     11:45  │  0

 

Nosso blog no início desta semana já havia informando algumas mudanças que vão ocorrer e que já estão acontecendo nas atividades turística e também no deslocamento de passageiros. Falamos sobre a criação de um documento sanitário tão importante quanto o passaporte. Pois é, essas mudanças estão ocorrendo e a companhia aérea Emirates deu o primeiro passo para continuar atendendo a demanda de seus passageiros.

A empresa a primeira companhia aérea no mundo a realizar exames rápidos de COVID-19, no chek-in em Dubai. A coordenação do trabalho é da Autoridade de Saúde do Dubai (DHA), introduziu precauções adicionais nos seus voos.

O procedimento para embarque inicio hoje pela manhã (15) os passageiros do voo para a Tunísia foram testados para o COVID-19 antes de partir do Dubai. A Emirates torna-se assim na primeira companhia aérea a realizar testes rápidos no local COVID-19 para passageiros.
O exame de sangue rápido foi realizado pela Autoridade de Saúde do Dubai (DHA) e os resultados estavam disponíveis em 10 minutos. “Este teste foi convenientemente realizado na área de check-in em grupo do Terminal 3 do Aeroporto Internacional do Dubai”, informa a companhia aérea.

Adel Al Redha, Chief Operating Officer da Emirates, destacou que “estamos a traalhar com o objectivo de ampliar os testes no futuro e estendê-los a outros voos. Isso vai permitir-nos realizar testes no local e fornecer confirmação imediata aos passageiros da Emirates que viajam para países que exigem certificados de teste COVID-19. A saúde e a segurança de funcionários e passageiros no aeroporto continuam a ser de muita importância”.

As formalidades de check-in e embarque da companhia aérea também foram adaptadas tendo por base o distanciamento social. Foram instaladas barreiras de proteção em cada balcão de check-in para fornecer medidas de segurança adicionais aos passageiros e funcionários durante qualquer interação. Luvas, máscaras e desinfetantes para as mãos são obrigatórios para todos os funcionários do aeroporto.

Segundo a companhia aérea, também é necessário que os passageiros usem as suas próprias máscaras quando estiverem no aeroporto e a bordo da aeronave, e sigam as diretrizes de distanciamento social.

Revistas e outros materiais de leitura impressa não estão disponíveis e, enquanto os alimentos e bebidas continuarem a ser oferecidos a bordo, a embalagem e a apresentação vão ser modificadas para reduzir o contato durante o serviço de refeições e minimizar o risco de interação. Atualmente, a bagagem de cabine não é aceita nos voos, sendo que como itens de bagagem permitidos na cabine entendem-se apenas computadores, bolsa ou itens necessários aos bebés.

Todos os outros itens precisam de ser registados e a Emirates adicionará a franquia de bagagem de cabine à franquia de bagagem dos clientes. “Todas as aeronaves da Emirates vão passar por processos exigentes de limpeza e desinfecção no Dubai, após cada viagem”, informa a companhia.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *