Emirates volta a voar para os Estados Unidos a partir de hoje
   Mozart  Luna  │     6 de abril de 2020   │     0:47  │  0

 

 

A companhia aérea Emirates foi a primeira a ter liberação a retomar seus voos, entre Emirados Árabes e o s Estados Unidos, a partir desta segunda-feira (06), mas com número limitado. A empresa que possui 271 aparelhos e uma das mais modernas frotas do mundo, mostra a necessidade de se manter o mínimo necessário dos voos internacionais regulares, controlados.

O diretor executivo da empresa o Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, fez o anúncio numa mensagem publicada na rede social, onde também pediu que os interessados tenham calma, pois, alguns procedimentos de cuidados serão tomados.

A Emirates suspendeu, em 25 de março, todas as ligações aéreas comerciais devido à covid-19 e depois de os Emirados Árabes Unidos terem ordenado “a suspensão de todos os voos de passageiros para o país no prazo de 48 horas”.

“Segundo o Shiikh a “medida visa proteger as comunidades da propagação da covid-19. Como tal, a Emirates irá suspender temporariamente todos os voos de passageiros a partir de 25 de março de 2020”.

O país dos Emirados Árabes é uma federação de sete Estados do Golfo Pérsico da qual faz parte o Dubai. Lá já foram registrados 814 casos de coronavírus e oito mortes, mas o Governo já adotou várias medidas conter a pandemia da covid-19.

O diretor executivo da Emirates, disse que a estratégia é adaptar as empresas aéreas a atual situação, com medidas preventivas para embarcar só quem está bem de saúde e dentro das aeronaves medidas e cuidados para evitar o contato entre os passageiros. Sheikh Ahmed bin Saeed disse que a conectividade entre as nações é uma necessidade que tem que ser mantida.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *