Atividade turística começa a volta a normalidade na China
   Mozart  Luna  │     27 de março de 2020   │     7:05  │  1

Estamos apenas no início da chamada curva de subida da pandemia de coronavírus no Brasil, mas é necessário que os empresários do setor de turismo, já comecem a pensar em uma campanha estratégia, para manter o turista motivado para suas viagens, assim que a situação retorna a normalidade, período previsto, segundo estimativa do Ministério da Saúde, para setembro.

Uma delas é incentivar o turista a remarcar sua reservar para o segundo semestre. Essa iniciativa de marketing tem surtido efeito e o os cancelamentos com devolução do dinheiro diminuiu em 50%, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (Abih).

Acima de tudo os empresários devem realizar o planejamento financeiro e cobrar do Governo Federal e do Congresso Nacional a liberação de crédito com uma carência alongada, para capitalizar as empresas e assim não demitir os funcionários e manutenção dos estabelecimentos.

Um exemplo dos efeitos positivos de uma campanha de marketing com esse objetivo foi realizado na China que hoje, por incrível que parece apenas o retorno gradual das atividades turística com a abertura hoje da visitação da milenar Muralha da China e do aumento do número de vendas de passagens aéreas.

Segundo o portal Phocuswire, da Phocuswright, dados da empresa ADARA, especializada em informações de viagens, mostram que 58% das compras feitas nas últimas semanas são para viagens dentro de 15 dias. Em janeiro, esse índice era de apenas 38%.

Outra informação mostra que 38% das reservas são para viagens a negócios, contra 20% em janeiro. “Isso sugere que há uma demanda reprimida. As pessoas estão ávidas para voltar ao trabalho”, disse à publicação a CMO da ADARA, Carolyn Corda.

O Lazer é mais cauteloso. Mas a ideia que os chineses se sentem seguro o suficiente ou que suas empresas acreditem ser seguro para que eles viajem é um indicador de uma mudança de perspectiva aqui”.

Não seria surpresa, segundo ela, se esse padrão se repetir ao redor do mundo, à medida em que a pandemia desacelere. Primeiro vem a viagem a trabalho, depois as de lazer. A busca por voos também vem aumentando (29% em uma semana), uma indicação que as reservas devem continuar a crescer.

As buscas atingiram o patamar mais baixo em fevereiro (38% do total de janeiro) e chegaram em março a 55% das buscas do primeiro mês do ano.

Já as reservas para a China ou dentro da China estão em um volume igual a 30% do total de janeiro. As viagens para fora da China ainda não viram impacto positivo, pois há muitas restrições em países da Ásia e do Ocidente.

Será que esses padrões se repetirão em todo o mundo, especialmente em países de dimensão continental como Brasil e Estados Unidos, ou dentro da União Europeia? É cedo para saber, mas é bom ficar de olho na China.

Ilha da Madeira dá exemplo

Em Portugal, A Associação de Promoção da Madeira (AP-Madeira) lançou uma nova campanha de promoção através das redes sociais, que convida os turistas a continuarem a sonhar com o destino online e a visitarem a Madeira mais tarde, quando passar a pandemia de Covid-19.

“Stay home now. Dream online. Visit us later!” (“Fique em casa agora. Sonhe online. Visite-nos mais tarde”), é a mensagem da nova campanha da AP-Madeira, lançada para motivar os turistas a continuarem a pensar no destino e a visitarem a Madeira assim que a pandemia for controlada.

“O mar que nos inspira. É o mesmo que nos aproxima.  Por agora, navegue apenas online. Descubra as experiências, clique, sonhe. Há tanto para fazermos depois. Com mais emoção, com mais beleza, com mais natureza. Não deixe de sonhar, mas deixe-se ficar”, é uma das muitas mensagens que constam da nova campanha e que pretendem sensibilizar os turistas para a importância de ficarem em casa, neste momento de pandemia, convidando-os a visitarem o destino mais tarde.

 

 

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Nelson

    A China precisa ser punida e esquecida pelo Mundo !!! Só produz lixo e vírus mortais…. quando esquecerem esse Covid19 ela joga outro na Atmosfera terrestre.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *