Aumenta fluxo interno de passageiros e diminui a demanda internacional
   Mozart  Luna  │     3 de março de 2020   │     22:43  │  0

O fluxo de passageiros internacionais caiu 10,2% em relação ao ano passado, pelo menos nestes primeiros meses de 2020, talvez consequência do efeito coronavírus. Em contrapartida a demanda interna cresceu 2,1%.

Os dados são da Agência de Aviação Civil (Anac), que analisou o fluxo de passageiros entre janeiro e fevereiro desse ano com o ano passado.No total, mais de 9,3 milhões de passageiros foram transportados.

De acordo com o relatório, a oferta de assentos em operações nacionais subiu 0,4%, assim como a ocupação das aeronaves, que atingiu média de 85,4% após incremento de 1,7% sobre o primeiro mês do ano passado. Já o transporte de cargas foi 2,5% superior, chegando 34,4 mil toneladas.

A Gol foi a companhia aérea com maior share de mercado, registrando 38,6%. A Latam ficou com a segunda colocação, com 36,4%, enquanto a Azul, terceira colocada, foi responsável por 24,6% dos voos.

Quando analisado o mercado internacional, além do recuo na demanda, também foi registrada uma queda de 11% na oferta de assentos. Em janeiro de 2019, o câmbio entre o real e o dólar estava na casa dos R$ 3,75. Hoje está em R$ 4,51.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *