Brasil pode ter de volta os Cassinos
   Mozart  Luna  │     27 de fevereiro de 2020   │     9:26  │  0

 

Palácio da Quintandinha, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, funcionou como um casssinos mais famosos do Brasil. Hoje desativado.

Esta semana a volta do funcionamento dos Cassinos voltou a pauta entre os empresários de turismo no Brasil. O assunto veio à tona através de uma reportagem da revista Época, que publicou a informação da realização de uma  reunião teria sido realizada em Las Vegas e Miami entre o senador Flávio Bolsonaro e representantes de Cassinos, como o fundador do Grupo Las Vegas Sands, Sheldon Adelson, o presidente da Embratur Gilson Neto, além do lutador brasileiro de MMA Vitor Belfor, ficou acertado que será iniciada uma campanha dentro do Congresso Nacional para legalização dos Cassinos no Brasil.

Entretanto o presidente da Embratur Gilson Neto, disse que não houve essa reunião com o Sheldon Anderson e sim um encontro com o Governo Norte Americano com o objetivo de conhecer a forma de tributação de hotéis e casas de shows.

O jogo em Cassinos foi banido do Brasil há 74 anos, devido a vários fatores incluindo religiosos e políticos que inclui a falsa argumentação que esses lugares funcionavam como lavanderia para o dinheiro de crimes. Em contrapartida, o jogo continua livre e solto em países vizinhos, como o minúsculo Uruguai, ou em todo os países da Europa.

O Objetivo era tirar o Brasil desse segmento turístico. Muitos assimilaram a ideia purista que jogo é “coisa do diabo” e não diversão, afinal de contas joga quem quer e se permitir ganhar ou perder. Para isso é necessário regras e fiscalização.

Os salões luxuosos do Quintandinha em Petropólis 

Esta semana o ministro da economia, Paulo Guedes, também se posicionou em uma entrevista a revista Época informando, que poderá atrair para o Brasil Cassinos como o Las Vegas Sands, onde o seu fundador, Sheldon Adelson, teria declarado, segundo a revista, ao senador Flávio Bolsonaro e ao presidente da Embratur, Gilson Neto, que tem interesse em investir no Brasil, construindo resorts com Mega Cassinos.

A ideia também é também simpática ao carioca e presidente da Câmara, o deputado federal Rodrigo Maia, que vê a proposta como uma excelente idéia de incrementar a econômica do país, evitando assim que bilhões sejam sonegados em imposto através dos jogos ilegais, como o jogo do bicho, por exemplo, que funciona em todo país há décadas, sob o olhar da hipócrita de todos.

Palácio da Quintadinha

O Palácio da Quitandinha foi erguido em 1941 e é uma das atrações turísticas de Petrópolis, que já serviu de residência para o presidente Getulio Vargas, durante a Segundo Guerra Mundial. O prédio é suntuoso e aguarda a aprovação de um projeto no Congresso Nacional de liberação do funcionamento de cassinos no Brasil.

IMG_6281

O prédio guarda um pouco também de uma das páginas da história brasileira durante a Segunda Guerra, quando o presidente Franklin Delano Roosevelt esteve na cidade para ser reunir com o então presidente Getulio Vargas  para convencê-lo de entrar no grupo dos aliados contra os países do Eixo, (Alemanha e Japão).

Hoje serve apenas para realização de congressos e aberto a visitação pública. Funcionando também uma parte dele como hotel. Vale a pena conhecer.

IMG_6284

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *