TAP e Nova Embratur discutem incremento do fluxo de turistas para o Brasil
   Mozart  Luna  │     16 de fevereiro de 2020   │     9:21  │  0

O presidente da TAP Adonoaldo Alves se reuniu com o presidente da Nova Embratur, Gilson Machado Neto para discutir ações promocionais conjuntas para aumentar o fluxo de turistas europeus para o Brasil. A estratégia é usar os canais de comunicação da empresa aérea, onde atuam profissionais jornalistas especializados na área de turismo.

O presidente da Nova Embratur, Gilson Machado Neto pediu para que sejam apresentadas as metas a serem alcançadas, “com o plano de investimento, quais as cidades que deverão ser divulgadas e quantos turistas serão acrescidos com esta promoção”. Para ele, por ser a companhia que mais opera voos da Europa para o Brasil, “essa pode ser uma grande oportunidade de divulgar nosso país para milhões de turistas internacionais”.

“O presidente executivo da TAP nos detalhou que a companhia oferece conexão para 18 capitais na Europa e outras 32 cidades secundárias. Com isso, 140 milhões de europeus são atingidos via Lisboa, hoje considerada o hub do Brasil na Europa. O nosso trabalho em conjunto com as companhias aéreas internacionais tem gerado frutos promissores para o setor”, afirmou Gilson.  

Gilson Neto esteve em Maceio, onde concedeu entrevista exclusiva ao nosso blog

Segundo Antonoaldo Neves, a TAP tem como meta 200 mil europeus a mais no Brasil. “A intenção é atrair turistas da Espanha, Inglaterra, França, Alemanha e Itália, além de Portugal. Este número pode gerar mais de R$ 1,4 bilhão de reais em receita e R$ 500 milhões em impostos, ou seja, cerca de 100 vezes mais de retorno em cima do valor proposto para o investimento em divulgação”, detalhou. O presidente executivo citou, ainda, o aumento de turistas norte-americanos em Portugal depois que foi realizada uma campanha promocional com o governo dos Estados Unidos. “Como exemplo, há quatro anos, somente 100 mil norte-americanos chegavam a Lisboa pela TAP. Hoje, com o investimento em propaganda e marketing, mais de 900 mil passageiros usam a nossa rota”, garantiu.

O presidente da Nova Embratur, Gilson Neto, disse ainda que está empenhando para “destravar” o processo de reclassificação do aeroporto Zumbi dos Palmares em Alagoas. O processo está na Secretaria de Aviação Civil (SAC), há mais de 60 dias.

 

Durante a reunião, o diretor-presidente Gilson Machado citou a negociação entre a companhia TAP e o governo de Alagoas para implementação de voos diretos que ligarão Lisboa a Maceió. “Por meio do trabalho do governo de Alagoas, com o apoio da Embratur, a partir de junho deste ano, a capital alagoana receberá voos de Portugal. Estive reunido com o governo de Alagoas e com os diretores da TAP, na própria Embratur. Conseguimos facilitar um acordo excelente para o país e para o Nordeste brasileiro. Maceió é uma das capitais mais bonitas do Brasil e tenho a certeza que receberá um grande fluxo de turistas portugueses”, afirmou.

 

O presidente da Embratur defendeu uma proposta de criação de nova rota para Manaus. Segundo Antonoaldo Neves, existe uma intenção da TAP em se conectar com a capital do Amazonas via Belém, no Pará. A companhia prepara estudos para que, em breve, consiga apresentar uma solução para esta conexão.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *