Aliança se reúne em Maceió e pode lançar candidatos a prefeito este ano
   Mozart  Luna  │     10 de fevereiro de 2020   │     22:03  │  0

 

Radialista Marcos Menino, Gilson Neto, Deputado Cabo Bebeto e Coronel Meira, articulando o Aliança em Alagoas

O Aliança pelo Brasil realizou na última sexta-feira (08) uma reunião para reunir assinaturas favoráveis a formação do partido. O evento reuniu cerca de 700 militantes, que foram recebidos pelo deputado estadual Cabo Bebeto e o presidente da Embratur Gilson Neto, integrante da comissão organizadora.

O Gilson Neto disse que, em Maceió a expectativa é filiar cerca de 1.500 pessoas. Já em Recife foram 3.500 pessoas mais de Brasil 1 milhão. “Estamos trabalhando para habilitar o partido para disputar as eleições municipais desse ano, mas se não conseguirmos, vamos apoiar os candidatos mais afinados com nossas propostas”, disse ele.

Cerca de 700 militantes se reuniram em Maceió

Em Maceió, se o partido estiver habilitado a tempo um dos nomes para disputar a prefeitura de Maceió pode ser o deputado estadual Cabo Bebeto. Já em Arapiraca, ainda não se tem um nome, mas com certeza depois de o partido estar pronto poderá lança um nome para prefeito, ou ainda também apoiar outro candidato, aliado com as propostas do Aliança.

Presidente Bolsonaro fez uma live para os presente e respondeu a perguntas da imprensa e militantes

Reunião

Na reunião estavam representantes de vários municípios alagoanos, entre ele o radialista Marcos Menino de Maragogi, que poderá disputar o cargo de vereador, ou até mesmo prefeito, se assim foi dada a ordem do Aliança. Já em Porto Calvo promotor de Justiça aposentado, Sérgio Simões, que foi candidato a vice-governador em Alagoas pelo PSL, também poderá disputar a eleição de prefeito em Porto Calvo.

O Aliança, dessa forma se organizar em Alagoas com pretensões de realmente marcar presença e crescer no cenário político estadual.

Gilson Neto, Marcos Menino e o promotor aposentado Sérgio Simões, aguardam o sinal verde para participarem do processo eleitoral 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *