Monthly Archives: fevereiro 2020

Coronavírus: Infectologista diz que não há motivos para se cancelar viagens
   Mozart  Luna  │     29 de fevereiro de 2020   │     17:15  │  0

Uma das maiores autoridades de infectologia no Brasil, Dr. David Uip, e coordenador do Centro de Gestão do Coronavírus no Estado de São Paulo, disse que não há porque as pessoas se apavorarem e cancelarem viagens para lugares onde o risco de contrair o coronavírus é o mesmo que no Brasil e até menor em alguns casos.

“Se seu passageiro tem viagem marcada à Itália amanhã, daqui alguns dias ou semanas, deixe que ele embarque em seu avião ou navio e curta normalmente. O mesmo com França, Espanha, Estados Unidos e outros países em que foram registrados casos do novo coronavírus”, essa a orientação do infectologista e coordenador do Centro de Gestão do Coronavírus no Estado de São Paulo, David Uip, uma autoridade no assunto. As ressalvas servem apenas à China.

“Cabe à Organização Mundial da Saúde, à Organização PanAmericana e ao Ministério da Saúde dar esse tipo de ordem. Nós seguimos as orientações dessas autoridades públicas, e nesse momento não há coibição de ida ou vinda por nenhum meio de transporte, nem via aérea, nem via marítima”, esclarece Uip. “Vamos ficar atentos às atualizações desses órgãos, pois confio plenamente no trabalho deles.”

Uip faz um alerta apenas em relação à China. “Lá é o epicentro do vírus, e não há motivos para correr o risco em um país superpopuloso que está parado por conta do novo coronavírus. De resto, basta ter bom senso e pode viajar e tomando as precauções habituais: proteger a boca e o nariz com um lenço ao espirrar e tossir, descartar o lenço e lavar bem as mãos frequentemente, alimentar-se adequadamente e ter boa hidratação”, completa o ex-secretário estadual da saúde de São Paulo.

EVENTOS PRÓXIMOS DEVEM ACONTECER

Em relação aos eventos que se avizinham em São Paulo, como a WTM Latin America e o Fórum PANROTAS, Uip repete a ponderação de que no momento não existe qualquer razão para interrupção. “E não há uma decisão que caminhe para o cancelamento de eventos públicos no Brasil. Não tem nada que aponte para a anulação”, esclarece, mesmo ciente do que se passou na ITB Berlim. “O responsável por uma recomendação como essa é o Ministério da Saúde que, devo ressaltar, está se portando de maneira elogiosa, comunicando transparentemente e agindo com extrema responsabilidade.”

“Sou muito categórico a dizer: política pública nesse momento tem de ser respeitada. Não adianta buscar saídas estratégicas e improvisadas em que cada um fala e faz o que quer. É para isso que existe um sistema público orientando o que se deve fazer, e agora não existe ordem de cancelamento.”

BRASILEIROS VOLTANDO DE ZONA DE RISCO
Se seu passageiro esteve na Itália ou em outro país com casos do novo coronavírus nas últimas semanas, a recomendação do dr. David Uip é de que não se busque o médico imediatamente.

“Lugar de paciente gripado ou com coronavírus é em casa. Continue a vida normal, apenas vá se observando. Apresentando sintomas de febre e tosse, se nutra, descanse e se hidrate. Se o quadro se agravar, aí sim ponha a máscara e vá ao médico. Quem deve procurar o serviço de saúde é apenas o indivíduo que percebe que o quadro está se complicando.”

PRINCIPAIS DICAS NESTAS SITUAÇÕES:
– Com febre por mais de 48 horas, procure o médico;
– Se a febre desapareceu e voltou, talvez haja complicação bacteriana, e não coronavírus. Procure o médico;
– Desconforto respiratório: número de respirações por minuto aumentou muito (a média são 20)? Procure o médico;
– Em crianças, se houver batimento da asa do nariz e/ou pontas do nariz e orelha roxa, vá ao médico.

“Garanto que será a grande minoria dos casos”, conclui

SAZONALIDADE E CORONAVÍRUS
Vender Europa, Estados Unidos e destinos no hemisfério norte estará mais tranquilo daqui para o meio do ano, quando a primavera e o verão começam a chegar neste lado do planeta.

“Vírus não gosta de calor. Gosta de frio”, justifica David Uip. “Olhe o mapa de distribuição do novo coronavírus e note que ele está bem mais espalhado por onde está frio. Isso é clássico em situações como essa.”

Os olhares, no entanto, têm de estar atentos ao hemisfério sul, embora exista a possibilidade de a situação melhorar até lá. “Precisamos ter paciência para olhar o ciclo desse vírus. Ele pode cair em prevalência antes da metade do ano. Quando se tem um fato novo, é um aprendizado, você vai aprendendo assim que os fatos vão acontecendo.”

Segundo o infectologista, estamos diante de um processo viral semelhante a todos os outros, como o Influenza, a gripe comum, e esse é o momento de buscar a informação de fontes confiáveis. “O pânico é gerado pelas notícias falsas. Fake news são verdadeiros crimes na área da saúde”, alerta Uip. “Temos de ter tranquilidade, informar com transparência e continuar o dia a dia, continuar a rotina de trabalho, as viagens…”

Fonte Panrotas 

>Link  

Museus abrem cursos de qualificação
   Mozart  Luna  │       │     17:05  │  0

 

Convento Franciscanos em Penedo um lindo lugar de visitação turística que deverá atrair os europeus que vão chegar a partir de junho. 

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) vinculados aos Programa Saber Museu está disponibilizando curso de capacitação gratuita sobre conservação preventiva para acervos museológicos, acessibilidade em museus, realização de exposições e planejamento estratégico para museus.

Os cursos são promovidos na modalidade de educação à distância (EaD) e os interessados têm a opção de se inscreverem em mais de uma qualificação. Ao final, os participantes receberão certificado. Esta iniciativa é importantíssima para os municípios que possuem museus como Maceió, Piranhas, Penedo, Marechal Deodoro e Porto Calvo que precisam manter e divulgar esses lugares que guardam a memória de nosso povo.

Os museus são importantíssimos para o desenvolvimento da atividade turística e agora mais que nunca necessitam capacitar os colaboradores que atuam nestes locais, já que Alagoas, a partir do segundo semestre desse ano virá um novo ciclo da atividade turística com os voos diretos de Lisboa da TAP. Dúvidas podem ser esclarecidas em contato com a área técnica de Cultura por meio do e-mail [email protected] ou pelo telefone (61) 2101-6053.

>Link  

Embratur discute com Estado divulgação internacional
   Mozart  Luna  │       │     14:00  │  0

A Embratur se reuniu antes do Carnaval com os integrantes do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo (Fornatur), representado pelo Bruno Wendling, para discutir estratégias de promoção internacional do Brasil. A reunião também contou com representantes da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, e secretários dos Estados do Acre, Amazonas, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Paraíba, Piauí e Rondônia.
O presidente da Embratur Gilson Machado destacou a importância da participação dos Estados brasileiros na construção de ações conjuntas de promoção do Brasil no Exterior. “Nós, da Embratur, valorizamos o trabalho das secretarias estaduais de Turismo, elas que são as grandes detentoras de informações dos destinos. Tenho certeza de que o presidente Jair Bolsonaro também sabe da importância dos estados para a agenda internacional. Ao assinar medidas fundamentais para o setor, como a isenção de vistos, a abertura para companhias aéreas internacionais e a assinatura da Medida Provisória que transforma a Embratur em Agência, o presidente da República atende a pleitos antigos do trade brasileiro e garante mais abertura para investimentos e aumento do fluxo turístico no País”, destacou o diretor-presidente na abertura do encontro.

Durante a reunião, o presidente do Fornatur apresentou propostas e linhas de ações para atuação em conjunta entre Embratur e os estados. Uma das sugestões do fórum é a produção de um estudo de mercado, com a expertise das secretarias de Turismo. Os representantes estaduais também destacaram a importância de se estabelecer uma comunicação estruturada e contínua.

“Sabemos que a Embratur detém de informações de mercado e de inteligência competitiva. O que queremos propor aqui é que nós, os Estados, sejamos ouvidos, pois temos interesses específicos. Além disso, podemos ajudar na definição de posicionamentos para assuntos diversos e mais polêmicos, por exemplo. Queremos que o Fornatur seja capaz de influenciar as políticas públicas brasileiras e na promoção internacional, porque esta é a nossa missão: fortalecer, subsidiar e auxiliar o país na divulgação dos destinos turísticos brasileiros”, afirmou Wendling.

>Link  

O novo ciclo do turismo em Alagoas exige qualificação de mão de obra
   Mozart  Luna  │       │     7:20  │  2

 

O marketing está sendo realizado na Europa para trazer os turistas do Velho Continente, mas será que estamos preparados?

Alagoas virá um novo ciclo da atividade do turismo, com visitantes mais cultos a exigir mais conhecimento dos que prestam serviços nesta atividade. Um bom início seria a capacitação de noções de inglês e espanhol. A comunicação sempre foi um problema enfrentados na atividade turística, como por exemplo, com os turistas argentinos.

Receptivos turísticos

A deficiência na qualificação de mão de obra no setor turístico em Alagoas é grande, desde o treinamento para abordagem do turista, que fala outra língua, até mesmo a falta de delegacias especializadas para os turistas, com policiais que falem inglês e espanhol. Esse problema é antigo e poucos empresários buscam qualificar melhor seus colaboradores.

Mesmo com a necessidade de qualificar nossos colaboradores para o novo ciclo de turismo em Alagoas, vale alertar para se ter cuidado com “Institutos e Fundações”, que se propõe para qualificar mão de obra. A qualificação da mão de obra deve ser séria e fiscalizada, evitando que os empresários não caiam em “arapucas”.

Gastronomia

Outra preocupação é com a elaboração de um cardápio europeu, que deve estar disponível nos bares e restaurantes dos receptivos; que trabalham com a operadoras e agências de viagens. A comida regional deve estar presente, como parte do roteiro de conhecimento do turista, mas vale lembrar, contudo, que o turista europeu não deve comer buchada, feijoada e pirão de peixe todos os dias que passar em Alagoas.

Os bares e restaurantes em Alagoas devem ter no seu cardápio opções de alimentação diversificada, mas a presença de pratos comumente consumidos pelos turistas europeus, é uma providência praticamente obrigatório. A informação será a grande arma do turista, para que não seja ludibriado por indicações erradas. Cabe aos órgãos de informação turística atuem e evitar problemas.

Os cardápios dos bares e restaurantes em toda Alagoas, já deveriam há muito, estar disponibilizadas em inglês ou espanhol. Somos um destino turístico consolidado há muito tempo e nossos empresários, tanto em Maceió como no interior, ainda não despertaram para essa necessidade.

Placas informativas

Outra providencias importante o atendimento do turista europeu é a colocação em nossas rodovias, placas de informação em inglês/espanhol/português. Principalmente de museus, praias, pontos turísticos em geral. Uma ação há muito cobrada pelos empresários da atividade de turismo.

Uma ação importante que do Governo do Estado e também dos municípios, seria a implantação nas escolas municipais e estaduais de um método de ensino da língua inglesa e espanhola, voltada para o turismo. Seria até mesmo uma forma de motivar nossos jovens para atuar na atividade do turismo e descobrirem assim uma profissão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>Link  

Prefeito diz que sucesso do Carnaval em Traipu é fruto de um trabalho de equipe
   Mozart  Luna  │     28 de fevereiro de 2020   │     21:06  │  0

 

 


O prefeito de Traipu, Cavalcante, comemora a realização de um dos maiores carnavais realizados em Alagoas, neste 2020. Foram seis dias de folia, frevo, axé e segurança para todos. Cavalcante destacou que que fazer um grande carnaval é trabalho de equipe, e agradeceu a todos que contribuíram para fazer o grande evento.

O carnaval na cidade banhada pelo Rio São Francisco teve início na sexta-feira, quando ocorreu a abertura da festa de Momo, indo até quarta-feira de Cinzas, quando o bloco das Margaridas e dos Garis levou alegria e arrastou uma multidão pelas ruas da cidade e ao som de muito frevo

.

Axé e frevo

No corredor do carnaval, de sábado até terça, foram 14 bandas, em horários alternados, garantido uma das festas com maior público já registrados em Traipu. O prefeito Cavalcante destaca que o reforço na segurança levou a tranquilidade que as famílias e turistas esperavam na cidade.

Além de muito axé, todos os dias as tradicionais orquestras da cidade dos músicos, arrastaram multidões por suas ruas centenárias. Destaque para o domingo, 24, quando o bloco oficial desfilou com cerca de cinco  mil foliões.

Destaque ainda para os dezenas de blocos que saíram aos som dos ‘paredões’ , sem registro de nenhum problema. TRAIPU se firma como um dos maiores e mais tranquilos carnavais do Estado.


Segurança

O trabalho, realizado pela secretaria Municipal de Segurança representada pela Guarda Civil Municipal, Salva-vidas, e a parceria com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar, com ações preventivas para evitar afogamentos, fez da cidade banhada pelo Rio São Francisco, o endereço de milhares de pessoas, durante os dias de carnaval.

Bloco Fala Comigo e Portela do Rio de Janeiro

Pelo segundo ano consecutivo, o Bloco Fala Comigo foi o grande destaque do carnaval, mobilizando foliões em torno dos sambas compostos pelo sambista e compositor Jorge do Batuke, da escola de samba Portela do Rio de Janeiro. Ele foi homenageado pelo prefeito Cavalcante junto com Rodrigo Guerra, pela divulgação espontânea que promovem de Traipu, principalmente no Rio de Janeiro.

Agradecimentos

Após um dos mais animados e festejados eventos realizados em Alagoas, o prefeito Cavalcante aproveitou para agradecer diretamente e indiretamente algumas pessoas pelo apoio imprescindível, sem o qual, o evento não teria ocorrido da forma que foi planejada.

Primeiramente, agradecer aos foliões traipuenses e visitantes. Deram exemplo de como festejar com alegria e paz. Cavalcante destaca o apoio do governador Renan Filho; do senador Renan Calheiros; do deputado federal, Marx Beltrão;  do deputado estadual, Gilvan Barros Filho; da Câmara de Vereadores de Traipu; da Polícia Militar e da Polícia Civil; do Corpo de Bombeiros Militar; secretaria Municipal de Segurança Pública, da Guarda Civil Municipal, do Corpo de Bombeiros Civil; dos guardas-vidas civil de Traipu; a toda equipe da Secretaria Municipal de Obras, Margaridas e Garis; as Secretarias de Finanças, Assistência Social, Saúde, da Criança e do Adolescente; de Administração, de Indústria e Comércio; de Meio Ambiente;de Turismo, Cultura e Igualdade Racial; de Esporte; da coordenação de Comunicação;a todos que permaneceram de plantão durante os dias de carnaval, e contribuíram com sua força e compromisso para que fosse realizado o maior carnaval de Traipu.Aos músicos, na Cidade dos Músicos, nas orquestras, Lira Traipuense, Topa Tudo e Big Show.

Assessoria de comunicação de Traipu

>Link