O voo charter da Hy Fly com Air Bus A340 parte de Maceió para Lisboa
   Mozart  Luna  │     26 de dezembro de 2019   │     22:40  │  1

O 13 º voo charter Maceió/Lisboa/Maceió desceu precisamente 21:40 do dia 26 no aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Alagoas, onde embarcaram cerca de 180 passageiros para diversos destinos na Europa. O retorno dos passageiros está agendado para o dia 2 de janeiro de 2020.

A operação de venda do pacote é um sucesso de vendas, graças a organização dos empresários que trabalham para viabilizar o voo, que iniciou há 13 anos através da Transamérica Turismo, que este ano também comemora a vinda dos voos regulares internacionais da TAP para Maceió, a partir de junho de 2020.

A descida desse gigante dos ceus atraiu admiradores da avião como o grupo MCZ Aviation Spotters que não perde uma descida dos voos charters no aeroporto Zumbi dos Palmares

Segundo o empresário Marcel Monteiro, pioneiro da operação, o voo charter é fruto de um árduo trabalho durante todo ano, mas graças a credibilidade dos envolvido no trabalho e as belezas dos destinos turísticos oferecidos.

 

Com relação aos voos regulares da TAP, o empresário já revelou que já tem três grupos para embarcar para Europa em 2020. “O primeiro embarca em agosto, o segundo em setembro e o terceiro em outubro”, disse ele, que foi o primeiro a realizar as vendas dos bilhetes.

Para possibilitar a aterrisagem de um avião do porte do A340 no aeroporto Zumbi dos Palmares é preciso uma autorização especial da Agência Nacional de Aviação Civil e da Infraero, pois ainda não está classificado na categoria Delta (D) e este ano a autorização saiu aos “44 do segundo tempo”.

O aeroporto internacional Zumbi dos Palmares preenche todo os critérios para receber voos de aeronaves de grande porte, mas faltava alguns ajustes no âmbito externo ao equipamento aeroportuário, devido a construção irregulares que foram realizadas, mas que foram resolvidas graças ao trabalho realizado pela Infraero em Alagoas.

O Airbus A340 é um avião civil de passageiros de longo alcance e larga fuselagem da Airbus, o consórcio europeu de fabricação de aeronaves. É muito similar ao Airbus A330, mas está equipado com quatro motores em vez de dois. Seu desenvolvimento começou em 1981, quando ainda era chamado de TA11.

O A340 foi lançado em 1987, um avião de longo-alcance, como complemento do A320 de curto-alcance e o Airbus A300 de médio-alcance.

Ele foi desenvolvido juntamente com o Airbus A330, que divide a mesma estrutura da asa e fuselagem, e o mesmo conceito tecnológico do A320 conhecido como fly-by-wire. Em vez de manches como os que aparecem nos aviões da família Boeing, o Airbus A340, possui dois side-stick, um no lado direito para o co-piloto e um na esquerda para o piloto.

Com o lançamento do Boeing 777 em 1994, o Airbus A340 ganhou um concorrente à altura, o que fez a Airbus desenvolver novas versões do A340, lançando em 2001 o A340-500 e o A340-600.

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Nelson

    É uma pena que o A340 esteja sendo desativado ! É um belo avião, mas seu consumo é alto devido os quatro motores. Os Boeings 777 e 787 juntamente com o A350 dominarão os próximos anos os voos de longos alcance… são aviões de dois motores, mais econômicos e funcionais.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *