Embratur cria grupo de trabalho para melhorar serviço aéreo
   Mozart  Luna  │     15 de dezembro de 2019   │     6:00  │  0

Para consolidar o setor de transporte aéreo e ampliar a sua competitividade em âmbito internacional e nacional, a Embratur definiu, nesta quarta-feira (11), a criação de um Grupo de Trabalho (GT) para aprimoramento e definição de estratégias que irão visar o fortalecimento e a melhoria da aviação brasileira. A iniciativa une integrantes da ABEAR (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), da IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos), da Frentur (Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo), do Ministério do Turismo, Agência Nacional de Aviação Civil e Secretaria de Aviação Civil.

 

A decisão foi tomada durante reunião entre o presidente e o diretor de Marketing da Embratur, Gilson Machado Neto e Osvaldo Matos, respectivamente; o presidente da ABEAR, Eduardo Sanovicz; o diretor de Relações Externas no Brasil da IATA, Marcelo Pedroso; o presidente da Frentur, o deputado federal Herculano Passos, e o secretário nacional de Integração Interinstitucional do Ministério do Turismo, Bob Santos.

 

De acordo com o presidente da Embratur, o objetivo é destravar gargalos e formular um documento oficial que será entregue à Presidência da República com os principais entraves que impedem o crescimento da malha aérea brasileira. “A pedido do presidente Jair Bolsonaro, realizamos a primeira reunião de instauração do GT que irá abordar com efetividade as questões do setor. Iremos apontar os maiores problemas que a aviação brasileira apresenta e entregar nas mãos do presidente Bolsonaro, que travou uma luta incansável pela melhoria do setor aéreo do Brasil”, afirmou Gilson Machado Neto.

 

O presidente da ABEAR, Eduardo Sanovicz, pontuou as principais demandas e se colocou à disposição do governo federal para reformulação do setor. “Entre as principais mudanças, defendemos a redução da alíquota do ICMS sobre o combustível de aviação, que é essencial para garantir tarifas mais baratas em voos domésticos; a atualização da legislação do Código Brasileiro de Aeronáutica; a revisão da legislação trabalhista para o setor, entre outras. O mundo está mudando e o Brasil precisa acompanhar essa evolução”, disse Sanovicz.

 

Segundo o presidente da Frentur, o deputado Herculano Passos, “o grupo terá a missão de construir diretrizes para diminuir os gargalos e melhorar a qualidade do serviço para o povo brasileiro”. O GT começará a trabalhar junto na próxima semana.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *