Visita de ministro a Porto Calvo é adiada e prefeitura assume área do Fortim Bass
   Mozart  Luna  │     15 de março de 2019   │     10:00  │  0

 

A solenidade de passagem da área onde está localizado o Fortim Bass em Porto Calvo que havia sido anunciado para dia 22, Segundo o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), Mário Aloisio. O superintendente disse que o adiamento da solenidade se deve a problemas na agenda do ministro da Cidadania Osmar Terra, que a principio havia confirmado sua presença. Uma nova data será marcada para a solenidade.
A solenidade vai ocorrer no Fortim Bass, que está localizado em Porto Calvo e vai também contar também com a presença da presidente do Iphan nacional, Kátia Bógea. O governador Renan Filho também foi convidado para a cerimônia, mas não confirmou que promete ser uma das mais importantes da história do município. Historiadores, arqueólogos e estudiosos também estão sendo aguardados para o evento em Porto Calvo.

A área onde está o Fortim foi desapropriada pelo município que passa a ser responsável pela guarda e preservação do local. Segundo o presidente do Ihpan, Mário Aloisio, um projeto deverá ser elaborado para transformar o local de visitação pública, com restaurante, banheiros e lojas de artesanato para proporcionar aos turistas conforto e condições de visitação ordenada. Ainda não se definiu se o empreendimento será operacionalizado por uma empresa privada ou pelo município.

Em release a imprensa o prefeito David Pedrosa se comprometeu em “cuidar com carinho desse fortim tão importante para a história do país. Um projeto será elaborado para que o local seja um ponto de atração turística para que haja um desenvolvimento econômico local”, ressaltou o gestor.
Os trabalhos de  restauração do Fortim Bass começou novembro de 2017 e teve a primeira etapa concluída no começo de maio do ano passado com a pesquisa e montagem da estrutura da fortificação. A finalização dos trabalhos ocorre com a fixação de grama em todo local para evitar o crescimento de erva daninhas, sobre o forte.

História do Fortim
Segundo pesquisas realizadas o Fortim Bass é uma fortificação de caráter militar defesa territorial e está localizado na Ilha do Guedes, às margens do Rio Manguaba, que o mais usado para transporte de tropas e mercadorias na região.

Segundo o do Iphan, o reduto é um provável acampamento de Johannes Lichthard, um almirante neerlandês a serviço da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, no século 17.
No século XVII a região foi cenário de movimentações de tropas, de batalhas e de fortificações durante o embate travado entre holandeses e ibéricos pelo território brasileiro. Em Porto Calvo, entre 1637 e 1645, ocorreram cercos e batalhas que alternaram a sua posse, até que a campanha conduzida pelo conde Maurício de Nassau, após batalha decisiva, o conquistou, expulsando as tropas ibero-brasileiras para a Bahia.
O anuncio da existência do fortim aconteceu durante um Fórum de Arqueologia em Alagoas, em Penedo em 2015. O Iphan não descarta a existência de outras fortificações desse tipo na região Norte, possibilidade que poderá ensejar a criação de um Parque Histórico Regional, envolvendo vários municípios.

Prefeito David Pedrosa e sua equipe comemorando a transformação do Fortim Bass em atração turística 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *