Brasil perde fluxo de turistas para Cuba
   Mozart  Luna  │     14 de março de 2019   │     10:06  │  1

 

Hoje é no segundo dia da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), um dos assuntos discutidos nas reuniões entre operadores foi o crescimento da procura pelos destinos turísticos localizados no Caribe, principalmente Punta Cana e Cuba, e a queda do fluxo para o Brasil, que tem perdido 30% desse público para destinos cubanos. A violência e a falta de incentivo fiscais, aliado a ausência de divulgação positiva são os principais motivos.

Para os operadores, alguns fatores têm contribuído para que o Brasil perca fluxo dos turistas europeus, principalmente portugueses. Entre esses fatores estão o crescimento da violência e a exposição demasiada dos casos na mídia, principalmente por uma emissora de TV Brasileira, que tem canal em Portugal e que diariamente divulga casos macabros de violências no Brasil. Fato que assusta os portugueses.

Outro fator que tem contribuído para redução do fluxo e turistas europeus para o Brasil são as taxas aeroportuárias cobradas e a falta de incentivo de subsídios no preço do combustível de aviação. Aliado a tudo isso falta campanhas de marketing para divulgação dos destinos, principalmente nordestinos.

Já os países do Caribe como Punta Canna e Cuba, as facilidades oferecidas, tanto pelos Governos como pela iniciativa privada são inúmeras para atrair os voos regulares e charters. Segundo um operador português, o governo cubano paga 12% dos combustíveis dos voos charters e ainda dá isenção fiscal aos hotéis que hospedem esses grupos. Em contrapartida esses países recebem uma injeção de dólares e euros que oxigena a economia local, além de gerar centenas de postos de trabalho

O massacre ocorrido na última quarta-feira na cidade paulista de Suzano caiu na BTL como uma bomba e os concorrentes aproveitaram para tirar proveito e “queimar” o destino Brasil. O Rio de Janeiro, cartão postal brasileiros já vem perdendo fluxo há mais de cinco anos, com fechamento de hotéis, devido a violência crescente.

O único destino que cresce em vendas ainda é o Nordeste, principalmente Recife, Natal e Fortaleza. Maceió sobre surge como uma opção, mas a falta de um aeroporto devidamente credenciado para descida de voos regulares internacional tem prejudicado a venda com destino.

A Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), um dos maiores eventos de turismo do Mundo, foi aberto oficialmente na quarta-feira (13) com a participação de 70 mil profissionais e cerca de 1.700 expositores. A Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) montou um estande para abrigar os estados brasileiros, que enviaram representantes do setor de turismo para trabalhar na divulgação de seus destinos turísticos.

 

 

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Nelson

    O prefeito de Rio Largo, deve está aguardando um convite da TAP e dos agentes de viagens….para uma semaninha 0800 em Lisbon pela primeira classe…aí sim, o sobrado das casas próximo a pista de pouso e a antena, desaparecem…e a operação Delta, aparece !!!

    Reply

Deixe uma resposta para Nelson Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *