Hy Fly comemora 13 anos levando alagoanos para o réveillon em Portugal
   Mozart  Luna  │     27 de dezembro de 2018   │     17:00  │  0

 

Tripulação da Hy Fly e os diretores da Transamérica Turismo

A Companhia aérea portuguesa Hy Fly completa 13 anos consecutivos descendo com voos charters em Alagoas, trazendo e levando grupos de turistas de Portugal e do Brasil, para passar o réveillon, nos dois países.

O voo, que é gestado durante tudo ano, acontece sempre no período das festas natalina. Contudo um dos grandes entraves dessa operação é a classificação do aeroporto Zumbi dos Palmares, que ainda não é categoria Delta (D), o que possibilita receber os aviões de grande porte. Esta “gestação” do voo da Hy Fly dura meses e causa muito estresse, mas que sempre é resolvido graças ao empenho dos servidores da Infraero.

O projeto começou com a Transamérica Turismo e dura até hoje, levando alagoanos para Terras Lusas e toda Europa. Nestes 13 anos mais de 2 mil passageiros de Alagoas, já viajaram através da Hy Fly, consolidando um projeto que poderia se tornar regular mensalmente, através também de outras companhias aéreas internacionais como a TAP.

Desta vez, a operação do Réveillon em Portugal, embarcou cerca de 150 pessoas somente de Alagoas, que se juntaram a cerca de 100 baianos neste voo charter, que levou no total de 250 brasileiros. No mesmo horário, outra aeronave, desta vez um A 340, também levou mais 200 pessoas de Salvador e Recife para o Réveillon em Lisboa.

Uma operação que tem dado certo, pois traz portugueses para o Nordeste Brasileiro e leva nordestinos para Portugal. Uma pena é que a operação com portugueses para Alagoas ainda continua sem uma demanda representativa, situação que poderá mudar no próximo ano, se o projeto de divulgação de Alagoas em Portugal foi realizado.

O regresso dos alagoanos está previsto para o dia 2 de janeiro, e mais uma vez a chegada do A 330 será motivo para muita movimentação no aeroporto Zumbi dos Palmares, inclusive do grupo de amantes da aviação civil MCZ Aviation, que registram tudo que acontece.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *