Ceará dá exemplo de aeroportos regionais para o turismo
   Mozart  Luna  │     14 de agosto de 2018   │     9:18  │  1

 

 

 

Um exemplo de sucesso de aeroporto regional a serviço do desenvolvimento do turismo é o que serve ao destino turístico de Jericoacoara no Ceará, localizado a 300 quilômetros de Fortaleza. O aeroporto foi instalado no município de Cruz e este ano já recebeu mais de 100 mil passageiros, comprovando que tendo rota regular com boas aeronaves existe público. A perspectiva é que até o final do ano o aeroporto receba mais de 280 mil turistas.

Aeroporto Jericoacoara

Em Alagoas existem três projetos que até hoje não concretizados devidos a diversos contratempos, que vão desde políticos, administrativos e agora de liberação de recursos e definição de novas áreas.

Aeroporto de Maragogi, só no papel

A proposta de construção do aeroporto do Maragogi já 20 anos e já começou com problemas criados pelos próprios empresários de turismo donos de pousadas próximas a aérea onde seria erguida a obra. Depois da falta de definição da aérea que perdura até hoje.

O aeroporto de Penedo os recursos estão travados na Infraero, mesmo com toda documentação pronta e o projeto aprovado. Em Arapiraca também ainda falta aquisição da aérea escolhida e deve demorar anos sem fim.

Aeroporto de Paulo Afonso na Bahia

Dentro desse cenário duvidoso os empresários da região dos Cânions do São Francisco resolveram tomar as rédeas da situação e não esperar pelo Governo e decidiu utilizar o aeroporto de Paulo Afonso na Bahia, para operar com voos regulares trazendo turistas brasileiros.

O projeto vem sendo trabalhado com muito cuidado e as primeiras operações com grupos deverá ocorrer até o final do ano.

Experiência cearense

 

Nesta alta estação, a Azul tem voo Belo Horizonte-Jericoacoara três vezes por semana, às terças, quintas e domingos. Em 6 de dezembro, a Gol deu início à operação de duas novas frequências fixas de São Paulo para o Aeroporto de Jericoacoara. Na primeira, o voo sai e retorna às quartas-feiras de Guarulhos. A segunda frequência sai e retorna de Congonhas aos sábados. Além desses voos, a Azul tem quatro frequências de Recife e uma de Campinas, e a CVC tem um voo fretado operado pela Gol vindo de Congonhas.

De acordo com o secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, já existe interesse de duas companhias aéreas para operar voos internacionais.

“No momento estamos concentrados na consolidação de voos domésticos. É uma boa surpresa pra gente, sabíamos que o impacto ia ser positivo, mas o mercado vem tendo uma ótima receptividade. Além de impactar Jeri, o Aeroporto vai afetar positivamente toda aquela região, já que foi construído para ser regional, atingindo desde Icaraizinho da Amontada a Bitupitá. Está transformando essa região”, declara o secretário.

Segundo a Setur, durante o ano de 2017, foram investidos R$ 27,3 milhões em promoção e publicidade para o Ceará.

Azul bate recorde

 

Em um ano, quase 50 mil clientes viajaram com a Azul para Jericoacoara. Desde 28 de julho do ano passado, quando a companhia iniciou as frequências, 70 voos foram operados para a cidade cearense. O destino se tornou um dos lugares turísticos mais procurados do país. Com as operações regulares, a cidade obteve aumento do fluxo de turistas e consequentemente o fomento da economia da região.

Distante cerca de 300 km da capital Fortaleza, a cidade do município de Jericoacoara tem uma atividade econômica intensa, baseada no turismo. Com a presença da Azul na cidade, os turistas têm a opção de voarem entre Jeri e os três principais centros de conexão da companhia: Campinas (SP), Belo Horizonte (MG) e Recife (PE). O diretor de planejamento de malha da Azul, Daniel Tkacz, destaca que a abertura da base de operações em Jeri foi uma decisão acertada da empresa.

Voos em BH

Desde  07 de agosto, os mineiros não vão precisar esperar o período de alta temporada para contar com voos diretos de Belo Horizonte para Jericoacoara. Nessa data, a Azul passa a operar frequências regulares e sem escalas entre as cidades mineira e cearense. As novas operações serão realizadas às terças e quintas com as aeronaves modelo Embraer 195, que tem capacidade para até 118 Clientes. Os voos do novo mercado já estão à venda em todos os canais oficiais da Azul. Quando em operação, a companhia ofertará cinco voos semanais de e para Jericoacoara.

 

 

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Nelson

    Um Aeroporto em Maragogi seria fundamental para uma explosão turística naquela região ! Mas parece que o Satanás jogou chimbra em Alagoas, e estamos condenados a viver no atraso, no descaso político, e na incompetência da gestão pública. Lamentável !!!!!!!
    Hoje meio dia eu estava voltando pra Maceió pelo litoral Norte, a cor do mar em Paripueira, sonho verde, praia da seria, era de um azul esverdeado, que poucos lugares no mundo tem uma dádiva dessa, e tudo jogado fora, o mato, o lixo, e os esgotos invadem a pista, deixando-a com um aspecto de abandono imensurável. Alagoas tem belezas de sobra para receber cinco milhões de turistas por Ano, e estou sendo generoso, pois quase isso recebe a pequena ilha da Madeira em Portugal.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *