Monthly Archives: agosto 2018

Azul Viagens premia vendedores que se destacaram
   Mozart  Luna  │     18 de agosto de 2018   │     0:00  │  0

A Azul Viagens realizou na noite de sexta-feira, no Hotel Jatiúca em Maceió a quarta premiação da campanha de vendas Azul da Cor do Mar de Alagoas. O evento reuniu agentes e operadores de viagens, diretores de hotéis, empresários de receptivos, além do presidente da Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH/AL), Milton Ênio Vasconcelos Neto e dos secretários de turismo do Estado de Alagoas, Rafael Brito e de Maceió Jair Galvão.

O evento premiou os melhores vendedores do destino Alagoas em 2018, reconhecendo o trabalho realizado por eles. Todos os premiados receberam brindes. A  primeira colocada foi uma colaboradora de uma agência e viagens de Belo Horizonte, que recebeu as chaves de um carro zero quilometro.

Segundo o presidente da ABIH, Milton Ênio, ações como essa objetivam motivar os parceiros de agências de viagens e operadoras a incrementar as vendas para o destino Alagoas, que tem sido um dos melhores do Brasil, nos últimos anos. “Alagoas se destaca pelas suas belezas e atrativos culturais, além do novo momento que vivemos”, disse o presidente da ABIH.

O secretário de turismo e desenvolvimento de Alagoas, Rafael Brito que a união de todos que trabalham para o desenvolvimento do setor é a fórmula do sucesso. “Temos trabalhado em conjunto com todos e assim foi na viagem para Lisboa este ano”, destacou ele. O secretário municipal de turismo, Jair Galvão disse que o trabalho em conjunto tem dado bons frutos para Maceió e para Alagoas. “O objetivo é consolidar cada vez mais nosso estado como destino turístico”, enfatizou.

O evento contou com o apoio Companhia Aérea Azul, Luck Turismo Receptivo, ABIH/AL, Prefeitura de Maceió e Governo do Estado de Alagoas

 

 

 

Tags:, , ,

>Link  

Agência Naval prepara operações nos Cânions do São Francisco
   Mozart  Luna  │     17 de agosto de 2018   │     7:00  │  0

 

O anuncio da suspensão de licença para nova embarcações realizarem atividades de passeios turísticos na região do Lago de Xingó, gerou uma grande polêmica esta semana e também chamou a atenção das autoridades da Marinha do Brasil, que já confirmou a realização das operações.

O superintendente da Área de Preservação Ambiental (APA) do Monumento do Rio São Francisco, Emerson Leonardo disse que uma Portaria disciplinamento a navegação na região está para se assinada no Instituto Chico Mendes Para Preservação da Biodiversidade (ICMBio). Segundo ele a Portaria vai salvaguardar a APA de possíveis danos ambientais até que seja elaborado o Plano de Manejo, que vai determinar de normas para atividade do turismo sustentável, priorizando a preservação ambiental.

Para fiscalização e cumprimento das normas federais buscamos ouvir o capitão-tenente, comandante da Agência Fluvial sediada em Penedo, Robson Bonfim.  Segundo ele a Marinha do Brasil “encontra-se à disposição para colaborar com os Órgãos das esferas Federais, Estaduais e Municipais com vistas à Segurança da Navegação e a Salvaguarda da vida humana naquela região. A região já se encontra no calendário de Inspeções Navais realizadas pela Agência Fluvial de Penedo”.

Com relação ao período das ações o Comandante da Agencia Fluvial disse que “as fiscalizações naquela região são realizadas a partir da Agência Fluvial de Penedo, com sede na cidade de Penedo-AL, cumprindo o calendário de Inspeções Navais”.

Segundo ainda ele “em 2018 foram registradas 6 infrações às Normas da Autoridade Marítima naquela região, sendo as mais frequentes as infrações relativas à validade da documentação de embarcações e de tripulantes”.

Com relação ao registro de acidente o Capitão-tenente disse que “nos últimos 12 meses foram registrados três (03) acidentes envolvendo embarcações daquela região, dos quais apenas (01) teve envolvimento de uma Moto Aquática (jet ski)”.

O comandante da Agencia Fluvial tomou conhecimento através de nossa reportagem que um conjunto de tanques de redes para criação de peixes foi colocado de um lado da margem a outra no riacho do Talhado, impedindo a passagem de embarcações. “Será enviada uma Equipe de Inspeção Naval ao local a fim de obter informações acerca do fato”, disse ele.

Ordenamento

O Superintendente da Área de Preservação Ambiental do Monumento Natural do São Francisco (Mona) Emerson Leandro anunciou que estão proibidas emissores de autorização para novas embarcações para realizar passeios na região dos Cânions do São Francisco. Segundo ele o objetivo é prevenir uma sobrecarga no meio ambiente, antes da aprovação do estudo para elaboração do Plano de Manejo da região.

As licenças são concedidas pelo órgão encarregado por aquela unidade de conservação, pertencente ao biomacaatinga, que possui cerca de 26.700 hectares e inclui os estados de Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Bahia. Emerson Leandro também anunciou a realização de uma visita técnica ao famoso Vale dos Mestres, um dos lugares mais bonitos da região e que vem sendo alvo de ações de vândalos, que estão destruindo o local com a realização de pichações, retirada da vegetação e até a realização de churrascos.

A visita técnica será realizada com a participação de órgão ambientais e representantes dos municípios envolvidos nas atividades de turismo. “Vamos realizar um levantamento dos danos e como poderemos reverter os problemas e também conversar com os integrantes dos assentamentos para que colaborem com a fiscalização”, disse ele.

“Estamos também debatendo a criação de uma taxa de preservação ambiental, comumente cobrada em outras áreas de proteção ambiental”, disse ele. O valor cobrado aos turistas e visitantes será revertido em ações de preservação ambiental.

Portaria de visitação

Emerson Leandro disse ainda que está para ser aprovada uma Portaria de Normatização para Visitação no Ibama em Brasília e que prevê uma série de exigências para os donos de embarcações que realizam visitam, ou exploram a atividade turística na região.

Segundo ele uma das exigências começam pela navegação de jet ski, cuja prática esportiva vem crescendo naquela parte do Mona. Será exigido um filtro para coibir o barulho dessas embarcações na água, como também monitorar a velocidade. As catamarãs que fazem o passeio só poderão ter motores quatro tempo e o som a bordo das embarcações também obedecerá a um controle de decibéis (dB).

A implantação das medidas contará com o apoio da Capitânia do Portos de Penedo, além de órgãos estaduais e federais de proteção ambiental e têm o objetivo de preservar o meio ambiente e a sustentabilidade da atividade turística, assim como promover a educação ambiental para todos que visitam a região dos Cânions do São Francisco.

 

 

Tags:, , , ,

>Link  

Recuperação da AL 101 Norte tranquiliza trade turístico
   Mozart  Luna  │     16 de agosto de 2018   │     10:31  │  0

 

As obras de recuperação do trecho da rodovia AL 101 Norte, em Maragogi estão sendo realizadas há 30 dias melhorado a malha viária no segundo polo de turismo do estado com previsão de conclusão para novembro, antes do inicio da temporada de turismo. A situação na pista de rolamento era péssima, com muitos buracos e falta de sinalização causando vários acidentes.

O presidente da Associação dos Bugueiros de Maragogi (AMA) Leno elogiou o trabalho do DER, que foi iniciado graças a ação realizada no final de mês passado, quando os buracos existentes na rodovia foram sinalizados com tinta, deixando um visual da pista de rolamento que chamava atenção de todos que passavam.

Protesto

Segundo o presidente da ABM, que a ação realizada pelos bugueiros ocorreu diante da preocupação com o perigo de acidentes naquele trecho. “Muitos motoristas na tentativa de desviar dos buracos os veículos acabam invadindo a faixa de rolamento contrária e se chocam”, relata ele.

“Estamos preocupados com a seguranças dos turistas e também de quem passa pelo trecho e por isso resolvemos sinalizar os buracos para os motoristas e também uma forma de protestar para chamar a atenção das autoridades”, declarou ele. O presidente da ABM disse que a recuperação da rodovia AL 101 Norte valoriza o destino turístico e traz segurança e conforto para quem viaja e passeio pela região.

 

 

 

Tags:, , ,

>Link  

Uso de aplicativos digitais aumentam vendas no Turismo
   Mozart  Luna  │     15 de agosto de 2018   │     9:36  │  0

 

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) registrou um aumento de 7,2% da venda de passagens aéreas na América Latina em 2018 em relação ao mesmo período de 2017. Foram cerca de 3,5 milhões de passagens compradas a cada mês, com destaque para o Brasil, o gigantes da América Latina.

O estudo mostra que as inovações tecnológicas foi o principal motivo do incremento para as vendas, principalmente no Brasil e mesmo durante o período recessivo da economia.  As novidades disponibilizadas aos clientes facilitaram e motivaram os clientes a comprar as passagens aéreas. As empresas que possuem um olhar do futuro investiram em iniciativas quem Wi-Fi nos voos, check-in online utilizando selfies, e aplicativos para informar aos passageiros sobre o número do portão de embarque e a programação do voo.

Aplicativos inteligentes que orientam o passageiro a embarcar em qualquer aeroporto do mundo, onde essas companhias aéreas atuam. Essa ferramenta digital é muito importante, principalmente em grandes aeroportos.

Programa de fidelidade

Os programas de fidelidade têm continuam sendo essenciais como forma de oferecer conforto e tarifas promocionais, embora, segundo os clientes têm ainda que melhorar valorizando mais a pontuação. No ano passado, a receita das empresas que disponibilizam esse tipo de programa cresceu 9%, em relação a 2016, chegando a 6 bilhões de reais.

 

Compras on line

Os estudos realizados mostram também que a tecnologia tem levados os consumidores a optar por usar dispositivos móveis para compra de passagens aéreas, além  de reservar hotéis. A escolha pelo uso on line da operação de compra tem por motivo a facilidade, rapidez e comodidade de não se deslocar para efetuar a compra do bilhete. Os passageiros usam cada vez mais o estilo “faça você mesmo” quando reservam viagens. Muitos deles preferem reservar e pagar bilhetes diretamente, evitando terceiros.

De acordo com um relatório da Phocuswright, cerca de 50% das reservas de viagens são feitas online no Brasil. As companhias aéreas devem estar preparadas para melhorar a experiência de reservas online. No sentido de vender mais passagens e de maneira rápida, segura e com diversas moedas. Otimizar o pagamento nesta experiência é algo vital. Proporcionar variadas opções de pagamento aos consumidores, a fim de atingir suas demandas, também é uma consideração importante.

Experiência Mexicana

A companhia aérea Viva Aerobus, de baixo custo do México, é exemplo de empresa que avançou na região da América Latina. A empresa tinha planos de expansão e precisava otimizar seu sistema de pagamento para alcançar mais consumidores no mundo e encontrou na formatação de aplicativos seguros, rápidos e de fácil manuseio para operacionalização.

A empresa investiu em soluções de prevenção a fraude, a empresa aumentou a taxa de aceitação de transações em mais de 40% no primeiro mês. Consequentemente, a instituição expandiu o volume de vendas para rotas internacionais.

Os comerciantes precisam investir em plataformas on-line com proteção contra fraudes e gerenciamento efetivo para reduzir custos. Plataformas de alta qualidade são importantes, bem como planos brilhantes para enfrentar um mercado on-line crescente e cheio de oportunidades. Esteja preparado para esta nova jornada no setor de companhias aéreas.

 

Tags:, , , ,

>Link  

Ceará dá exemplo de aeroportos regionais para o turismo
   Mozart  Luna  │     14 de agosto de 2018   │     9:18  │  0

 

 

 

Um exemplo de sucesso de aeroporto regional a serviço do desenvolvimento do turismo é o que serve ao destino turístico de Jericoacoara no Ceará, localizado a 300 quilômetros de Fortaleza. O aeroporto foi instalado no município de Cruz e este ano já recebeu mais de 100 mil passageiros, comprovando que tendo rota regular com boas aeronaves existe público. A perspectiva é que até o final do ano o aeroporto receba mais de 280 mil turistas.

Aeroporto Jericoacoara

Em Alagoas existem três projetos que até hoje não concretizados devidos a diversos contratempos, que vão desde políticos, administrativos e agora de liberação de recursos e definição de novas áreas.

Aeroporto de Maragogi, só no papel

A proposta de construção do aeroporto do Maragogi já 20 anos e já começou com problemas criados pelos próprios empresários de turismo donos de pousadas próximas a aérea onde seria erguida a obra. Depois da falta de definição da aérea que perdura até hoje.

O aeroporto de Penedo os recursos estão travados na Infraero, mesmo com toda documentação pronta e o projeto aprovado. Em Arapiraca também ainda falta aquisição da aérea escolhida e deve demorar anos sem fim.

Aeroporto de Paulo Afonso na Bahia

Dentro desse cenário duvidoso os empresários da região dos Cânions do São Francisco resolveram tomar as rédeas da situação e não esperar pelo Governo e decidiu utilizar o aeroporto de Paulo Afonso na Bahia, para operar com voos regulares trazendo turistas brasileiros.

O projeto vem sendo trabalhado com muito cuidado e as primeiras operações com grupos deverá ocorrer até o final do ano.

Experiência cearense

 

Nesta alta estação, a Azul tem voo Belo Horizonte-Jericoacoara três vezes por semana, às terças, quintas e domingos. Em 6 de dezembro, a Gol deu início à operação de duas novas frequências fixas de São Paulo para o Aeroporto de Jericoacoara. Na primeira, o voo sai e retorna às quartas-feiras de Guarulhos. A segunda frequência sai e retorna de Congonhas aos sábados. Além desses voos, a Azul tem quatro frequências de Recife e uma de Campinas, e a CVC tem um voo fretado operado pela Gol vindo de Congonhas.

De acordo com o secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, já existe interesse de duas companhias aéreas para operar voos internacionais.

“No momento estamos concentrados na consolidação de voos domésticos. É uma boa surpresa pra gente, sabíamos que o impacto ia ser positivo, mas o mercado vem tendo uma ótima receptividade. Além de impactar Jeri, o Aeroporto vai afetar positivamente toda aquela região, já que foi construído para ser regional, atingindo desde Icaraizinho da Amontada a Bitupitá. Está transformando essa região”, declara o secretário.

Segundo a Setur, durante o ano de 2017, foram investidos R$ 27,3 milhões em promoção e publicidade para o Ceará.

Azul bate recorde

 

Em um ano, quase 50 mil clientes viajaram com a Azul para Jericoacoara. Desde 28 de julho do ano passado, quando a companhia iniciou as frequências, 70 voos foram operados para a cidade cearense. O destino se tornou um dos lugares turísticos mais procurados do país. Com as operações regulares, a cidade obteve aumento do fluxo de turistas e consequentemente o fomento da economia da região.

Distante cerca de 300 km da capital Fortaleza, a cidade do município de Jericoacoara tem uma atividade econômica intensa, baseada no turismo. Com a presença da Azul na cidade, os turistas têm a opção de voarem entre Jeri e os três principais centros de conexão da companhia: Campinas (SP), Belo Horizonte (MG) e Recife (PE). O diretor de planejamento de malha da Azul, Daniel Tkacz, destaca que a abertura da base de operações em Jeri foi uma decisão acertada da empresa.

Voos em BH

Desde  07 de agosto, os mineiros não vão precisar esperar o período de alta temporada para contar com voos diretos de Belo Horizonte para Jericoacoara. Nessa data, a Azul passa a operar frequências regulares e sem escalas entre as cidades mineira e cearense. As novas operações serão realizadas às terças e quintas com as aeronaves modelo Embraer 195, que tem capacidade para até 118 Clientes. Os voos do novo mercado já estão à venda em todos os canais oficiais da Azul. Quando em operação, a companhia ofertará cinco voos semanais de e para Jericoacoara.

 

 

>Link