Ex-agente da CIA elabora manual de cuidados para o turista
   Mozart  Luna  │     30 de julho de 2018   │     6:44  │  0

 

 

Viajar faz bem e renova as pessoas proporcionando lazer, conhecimento e a oportunidade de conhecer lugares e pessoas além de renovar as energias mostrando as belezas do mundo em que vivemos. Esse momento de lazer e prazer proporcionado pelas viagens, entretanto, requer alguns cuidados para que tudo corra bem e sem problemas, já que vivemos em sociedade em continuou movimento e mudanças comportamentais.

Pensando nisso preparamos uma lista de cuidados e providencias que devemos tomar. Para isso buscamos o auxilio da experiência de um ex-espião da CIA, que está a escrever um guia de conselhos destinados a agentes secretos, mas que serve também para turistas em férias ou até mesmo profissionais em trabalho.

Numa lista publicada no site Sofrep News, o ex-agente da CIA Drew Dwyer, que esteve várias vezes em missão, sobretudo em Bogotá, nos anos quentes, explica que o que vale para terroristas vale para simples ladrões. Dicas para viajantes comuns.

Use sempre duas carteiras

 

Uma à vista, onde guarda cartões de crédito falsos, algumas notas locais e umas fotografias anónimas. A outra ponha-a dentro das calças. Se for assaltado, atire a carteira falsa ao chão fazendo que o ladrão seja obrigado a escolher entre os dois.

No hotel evite ficar no primeiro ou no último piso do hotel.

 

O mais baixo é acessível de mais, o mais alto permite entradas pelo telhado. No Terceiro Mundo, o segundo andar é aquele mais rapidamente acessível aos veículos de emergência existentes, se houver um fogo. 

Cuidados no apartamento

Mantenha sempre o sinal de «Do Not Disturb» na porta e mantenha a luz acesa quando sair à noite. Arranje um cartão de plástico se o hotel tiver o sistema de desligar as luzes centralizado, normalmente junto à porta.

Mala arrumada para emergências

Mantenha a mala ou os seus pertences sempre junto a si, com a identificação, o aparelho celular, algum dinheiro no caso de uma saída de emergência. Tenha sempre consigo uma lanterna, sobretudo daquelas que são autoalimentadas.

No avião escolha a janela

Escolha sempre um lugar junto da janela porque será o mais seguro em caso de o avião ser sequestrado. Etiquete sempre a sua mala num lugar escondido e não mostre a sua naturalidade. Não ande com o passaporte na mão.

Evite comentar o roteiro de sua viagem com estranhos, sempre desconfie de curiosos que se aproximam para conversar e saber sobre sua viagem.  Não revele o seu destino a desconhecidos que se cruzem consigo durante a viagem.

Cuidados no aeroporto

 

  1. Comida a bordo: As principais companhias aéreas incluem as refeições no preço, mas a oferta de low-costs cobra tudo, do copo de água ao prato de esparguete à bolonhesa feito no micro-ondas. A solução passa por levar na mala de mão uma merenda para aguentar a viagem. Quanto a líquidos, terá de os comprar após a passagem pelo controlo de segurança, mas uma garrafa de água pode ser enchida várias vezes com água da torneira enquanto espera pelo seu voo. A bordo, tudo é mais caro e tudo parece apetecível.

2. A companhia aérea que escolheu inclui bagagem de porão? Muito bem, aproveite para despachar tudo o que seja mais pesado, mas atenção aos limites de 20 ou 30 quilos. Para evitar pagar excesso de bagagem vista o maior número de peças de roupa que o clima lhe permita. Parece estranho, mas resulta, principalmente quando falamos de casacos de inverno e botas de montanha. A poupança pode chegar facilmente aos cinco quilos.

 

  1. No regresso de viagem, sobra sempre algum dinheiro do país que visitou. A tendência é gastá-lo em artigos inúteis, como pastilhas elásticas, recordações de qualidade duvidosa ou sanduíches para enganar a fome. Gaste apenas as moedas e guarde as notas. No regresso a casa vai poder trocá-las numa casa de câmbio.

 

  1. Está no estrangeiro, precisa de enviar um mail ou atualizar o seu estado no Facebook e não quer cair na loucura do acesso aos dados móveis? Tem bom remédio: perca algum tempo e preencha os formulários de acesso ao wifi gratuito do aeroporto. Registe-se e tenha acesso à meia hora ou hora sem custos.

 

  1. Alguns dos artigos mais procurados no free shop são os perfumes de marca. Hoje, os preços já não compensam da mesma forma que há uma década, mas poderá sempre passar pela loja antes do voo e borrifar-se com as amostras gratuitas. O mesmo acontece com algumas marcas de maquilhagem. Poupe e mantenha-se em grande estilo.

A bagagem de mão é sempre uma questão delicada e as companhias de baixo custo jogam com esse item. Se a mala ultrapassar as medidas permitidas terá de a despachar para o porão, o que significa mais custos para o viajante. Informe-se sobre as dimensões autorizadas para a mala de mão e cumpra à risca, mantendo junto de si aparelhos eletrônicos, carregadores, máquinas fotográficas e outros objetos de valor.

 

 

 

 

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *