Turismo em Maceió ainda não sentiu efeitos da greve dos caminhoneiros
   Mozart  Luna  │     28 de maio de 2018   │     18:12  │  0

 

O presidente da Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH), Milton Hênio disse que os efeitos da greve dos caminhoneiros ainda não foram sentidos na atividade turística em Maceió. Segundo ainda ele a queda no movimento, observado semana passada, já era esperado devido a baixa temporada. Entretanto a grande expectativa fica por conta do feriadão no próximo final de semana.

“As pessoas estão mais apreensivas com a possibilidade de ficarem presas nas estradas nos bloqueios do que com a falta de combustível, já que a normalidade no abastecimento está sendo restabelecida”, declarou o presidente da ABIH/AL.

Milton Hênio disse ainda que tem esperança que situação volte a normalidade neste terça-feira (29, caso contrário os cancelamentos serão inevitáveis. “Até agora as desistências estão dentro da normalidade em torno de 3%”, disse ele.

O presidente da ABIH declarou ainda que o abastecimento de alimentos nos hotéis está mantido, mas houve um aumento dos preços. Outra preocupação do presidente da ABIH/AL é com relação ao diesel que alimenta os geradores de energia dos hotéis que são ligados sempre pela tarde.

Maragogi sofreu

O empresário Glênio Cedrin do Grupo Salinas disse que a cidade de Maragogi sentiu os efeitos da greve dos caminhoneiros por causa da falta de combustível no aeroporto Gilberto Freire, por onde chegam 90% dos turistas que se hospedam nos hotéis e pousadas do Litoral Norte.

“Houve muitos cancelamentos devido a impossibilidade de os passageiros chegarem a Recife, já que as companhias aéreas não podiam descer sem a garantia de abastecimentos”, disse ele

Glênio Cedrin disse ainda os empresários ligados a atividade turística estão atentos aos acontecimentos e monitorando a situação. O executivo declarou ainda que uma das maiores operadoras de turismo da América Latina, informou que está havendo cancelamentos, mas que a situação poderá se reverter. Cedrin declarou ainda que a grande expectativa realmente é com relação a temporada de julho. “Vamos torcer para que tudo seja resolvido”, finalizou ele.

 

 

 

 

 

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *