Porões de aviões terão áreas de lazer para passageiros
   Mozart  Luna  │     22 de abril de 2018   │     7:16  │  0

 

Uma proposta da Airbus pode revolucionar a forma de viajar com a transformação dos porões dos aviões em áreas de lazer e até pequenos alojamentos para mais conforto dos passageiros em voos mais longos. A proposta vem gerando muita polêmica e também aceitação por parte de quem deseja mais espaço.

O projeto prevê desde largas camas de casal, bares até áreas de lazer para crianças que ficariam soltadas a brincar. Outra vantagem seria para idosos que poderiam caminhar dentro do espaço se levando das dores provocadas pelas longas horas de voos. Agora, em vez de um assento reclinável na cabine do avião, os passageiros poderão escolher um beliche no andar de baixo.

A Airbus elaborou ambientes graças a uma parceria com a empresa de design aeroespacial Zodiac para criar este conceito totalmente inovador, capaz de dar a opção aos passageiros de classe econômica de trocar os bancos apertados por camas e sofás – ou passar algum tempo em mesas de trabalho ou em áreas próprias para as crianças.

O acesso a essas áreas não poderão ser realizado durante a descolagem ou aterragem. A proposta foi apresentada durante a Aircraft Interiors Expo que aconteceu em Hamburgo, juntamente com uma série de outras inovações.

A Airbus apresentou uma maquete das cabines de porão e vários tipos de módulos, incluindo beliches, uma área de recreio com brinquedos para crianças e espaços de trabalho com salas de reunião e mesas. Até uma área com um bar e um centro de atendimento médico está previsto. Não está descartado também no convés inferior um ginásio, ou num restaurante de luxo.

Segundo os diretores da empresa as companhias aéreas vieram até nós para perceberem como poderiam utilizar melhor o espaço das suas aeronaves. Com o uso de um deck inferior, elas também poderão gerar mais receitas sem terem de gastar dinheiro para trocar de aeronave ou adicionar assentos na classe executiva.

A proposta seria em voos de longa distância, a companhia aérea poderia alugar cada um desses espaços a um determinado número de passageiros em diferentes horários ao longo de um voo. Portanto, uma oferta da classe econômica poderá vir com um complemento de uma cama para dormir.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *