Monthly Archives: abril 2018

Lágrimas sinceras
   Mozart  Luna  │     30 de abril de 2018   │     11:26  │  29

 

Defensor e amante do Rio São Francisco o Procurador Eduardo Tavares escreveu esta semana uma artigo que considerei muito importante e comovente e resolvi reproduzi em meu blog. Espero que os nossos leitores também aprecie e emitam seus comentários.

“As chuvas que têm caído,  nos últimos dias, no Nordeste brasileiro,  animam os sertanejos e, sobretudo, os ribeirinhos do São Francisco, que estão entusiasmados com a razoável situação das represas  e, mormente, do  lago de Sobradinho que já apresenta um acúmulo de mais de 37% de sua capacidade hídrica! 

Na verdade, a situação continua preocupando como antes! As últimas águas em nada contribuíram para a saúde do “Velho Chico”! Para um rio que, quando descoberto, no ano de  1 501, tinha um deflúvio de 11.000 (onze mil) metros cúbicos por segundo e hoje, mesmo com as ultimas chuvas, conta com uma vazão de míseros  600 (seiscentos) metros cúbicos por segundo, não há o que comemorar! 

O rio encontra-se  em estado senil! Está  praticamente morto! O aquífero de Urucuia, que alimenta o São Francisco e seus principais afluentes, está pedindo socorro. Nós brasileiros não somos uma civilização hidráulica, como a China, a Índia, o Egito e mesmo o Estado de Israel. Esses países, há mais de dois mil anos, trabalham bem com o manejo de águas dos rios e lagos fazendo, inclusive, transposições, mas com sustentabilidade!!!

Muitos têm sido os desastres ecológicos ocorridos nos últimos tempos! O maior deles foi provocado  contra o mar de Aral, na Ásia! O homem foi capaz de secar as águas de um mar interior que banhava inúmeros países asiáticos e que,  há 20 anos, tinha mais de 500 (quinhentos) navios singrando suas águas ondulosas e a produção de pescados era gigantesca.  Hoje, só o Cazaquistão mantém 8% do volume d’água original daquele que foi o maior lago interior do mundo. Outro desastre recente foi a morte do rio Eufrates, confome descrito em apocalipse, sobre o final dos tempos, pasmem, e  levou junto o Jardim do Éden! O rio Colorado, nos Estados Unidos, chegou a morrer a 100 (cem) quilômetros de sua foz, no Golfo da Califórnia, no México!

Será  que nós ribeirinhos franciscanos passaremos por isso? O pesquisador João Suassuna, da Fundação Joaquim Nabuco, de Pernambuco, tem afirmado que um rio morre pela foz! E é verdade! O “Velho Chico” que chegava forte em sua desembocadura no Oceano Atlântico, hoje tem sido invadido por ele! 
Aquela musica do Luiz Gonzaga, lembra? Que diz, ” O rio São Francisco vai bater no meio do mar”,  já não condiz com a verdade, pois o outrora 
Rio da Integração Nacional, perdeu a força de sua correnteza, a imponência das velas de suas embarcações, a soberania do seu caudal! Em todo Baixo São Francisco o que se pesca são peixes do mar! O surubim, a xira, o mandim quase que não mais existem. O homem, seu maior inimigo, desmatou suas margens, realizou milhões de captações do precioso líquido  e continua depositando em sua calha os seus dejetos! Nos seus mais de 2.800 (dois mil e oitocentos) quilômetros de extensão, apenas uma única cidade marginal possui sistema de saneamento básico,  que é Lagoa da Prata, em Minas Gerais. Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, propus, esta semana, em reunião ordinária,  que durante o transcurso  deste ano de 2018 nós debatamos  sobre o Rio São Francisco, trazendo especialistas no assunto  e procurando envolver os estados cortados pelo importante curso d’água. Quem sabe não ajudamos o “Velho Chico”, o bem natural mais valioso do Nordeste? Gente, os nossos recursos naturais são finitos e a crise hídrica  mundial é uma realidade! Temos que cuidar dos nossos mananciais, dos nossos biomas! Não temos outra casa para morar que não seja a Terra, e não haverá uma segunda “Arca de Noé”. Vamos lutar até  o fim pela sobrevivência do rio São Francisco, pois, conforme prega o ambientalista Jackson Borges, “mais vale preservar uma gota de suas águas, hoje, do que chorar  uma lágrima por ele amanhã, mesmo que sincera”!

Eduardo Tavares é procurador de Justiça e ex-prefeito de Traipu 

 

>Link  

Brasileiro bate recorde de surf na maior onda do mundo em Portugal
   Mozart  Luna  │     29 de abril de 2018   │     8:36  │  0

 

Mais um vez os brasileiros são destaque no Biggest Wave of the Year em Portugal. Desta vez  brasileiro Rodrigo Koxa foi quem levou o recorde por ter surfado a maior onda do mundo em Nazaré com a altura de 80 pes/24,38. O prêmio foi entregue na madrugada desse domingo durante uma grande solenidade considerada a noite do “oscar ondas”.

A Praia do Norte em Nazaré, em Portugal continua sendo o local com as maiores ondas do mundo pela Liga Mundial de Surg (WSL). A premiação da Big Wave Awards foi uma festa que reuniu surfistas do mundo todo.

O presidente da Câmara de Nazaré Walter Chicharro fez a entrega do título ao brasileiro Rodrigo Koxa que agradeceu o apoio que o conchelho tem dado a divulgação do surf. Segundo ele o presidente da Câmara Walter Chicharro tem recebido a todos com muita atenção e carinho sempre buscando dar as melhores condições para que todos fiquem bem em Nazaré.
O britânico Andrew Cotton também recebeu a premiação por ter vencido na categoria de “Wipeout of the year”, uma queda estrondosa de uma onda gigante, mas a festa foi dos brasileiros que sempre são destaque em todas as competições em Nazaré.

 

Outros brasileiros também registram sua marca de habilidade e coragem enfrentando às ondas gigantes de Nazaré como Carlos Burle e Maia Gabeira. “Eles são descendentes daqueles portugueses corajosos que cruzaram o Atlântico para criar esta nação linda, maravilhosa e gigante que é o Brasil,” disse Antonio de Sousa, morador de Nazaré e fã dos surfistas brasileiros.

Quem é Koxa

Paulista de Guarujá Rodrigo Koxa está sempre que volta para Guarujá, no litoral de São Paulo, o big rider Rodrigo Koxa levando na bagagem muitas histórias para contar. Desta vez, além das lembranças, o caçador de ondas gigantes trouxe diversas imagens das aventuras que já realizou e agora esse título internacional.

 

Mesmo acostumado com os perigos da modalidade, Koxa revela ter muito respeito pelo mar e lembra a necessidade de um bom planejamento para obter êxito em todos os eventos em que o atleta participa durante o ano.

 

“É o que mais gosto na minha vida. Ter a oportunidade de ir atrás de ondas gigantes e poder estar naqueles dias especiais, é muito bom. Então tenho trabalhado forte no estudo dos mapas e previsões (de grandes ondas pelo mundo) para concluir meus objetivos” disse ele.

 

Nos últimos seis anos, o guarujaense esteve presente nos maiores swells (boas ondas para surfar, na linguagem dos surfistas) do mundo. Segundo Koxa, a última temporada começou de uma forma bastante especial, nas ondas de Pipeline e Jaws, no Havaí.

 

 

 

 

>Link  

Marx Beltrão cobra explicações sobre leilão do aeroporto Zumbi dos Palmares
   Mozart  Luna  │     27 de abril de 2018   │     17:55  │  1

O ex-ministro do turismo e deputado federal Marx Beltrão (PSD/AL)  cobrou da Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Secretaria de Aviação Civil (SAC) explicações sobre a colocação do aeroporto Zumbi dos Palmares em um lote do leilão de privatização, onde se exigiu dos participantes apenas o compromisso de expandir a área do estacionamento.  Ele pediu também garantias dos empregos dos trabalhadores que exercem atividades no aeroporto.

O deputado federal alagoano questiona inclusão do terminal alagoano em lote deficitário, apresentação de melhorias e situação dos trabalhadores. O deputado federal Marx Beltrão parlamentar fez uma série de cobranças e questionamentos sobre o modelo de concessão do Aeroporto de Maceió, apresentado nesta quarta-feira (25) na Câmara dos Deputados.

Após solicitar a realização de audiência para discutir o tema na Comissão de Turismo da Casa, o parlamentar alagoano quer esclarecimentos da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e da SAC (Secretaria de Aviação Civil) sobre vantagens para Alagoas com os critérios escolhidos.

O deputado alagoano não é contra a privatização, pois acredita que a concessão pode trazer eficiência para a prestação dos serviços e ampliação da capacidade de recepção dos turistas, mas questiona o formato de leilão por lotes. “Só Recife e Maceió apresentam crescimento no lote que fomos incluídos. Os demais são deficitários. Isso traz diversas preocupações”, destaca.

Estacionamento

 

A ANAC anunciou durante a audiência que entre os poucos investimentos previstos para o aeroporto Zumbi dos Palmares, estaria apenas a ampliação do estacionamento,o que para o deputado Marx Beltrão é “ridículo”, já que se trata apenas de um ato que vai beneficiar quem explora comercialmente a área.  “Não é razoável entregar o Aeroporto Zumbi dos Palmares a uma concessionária tendo como justificativas apenas melhorias no estacionamento”, dispara.

Marx Beltrão disse que é preciso dar seriedade aos critérios para leiloar o aeroporto Zumbi dos Palmares e defendeu que o aeroporto precisa aumentar a capacidade de passageiros, ampliar os terminais e áreas de prestação de serviços. A agência informou, posteriormente, que a previsão de investimentos no terminal é de R$ 404 milhões e que as benfeitorias serão apresentadas em maio durante consulta pública.

Trabalhadores

O parlamentar alagoano não se limitou apenas as observações de melhorias físicas para o aeroporto como critérios para leiloar esse equipamento, que custou milhões aos cofres públicos. Marx Beltrão defendeu também os interesses dos trabalhadores no tocante as garantias dos empregos.

O deputado federal alagoano cobrou também que se esclarece o futuro e a situação dos servidores da Infraero, colaboradores terceirizados e trabalhadores ligados à atividade turística, que dependem do aeroporto, também foram questionados pelo parlamentar. “A manutenção dos empregos é fundamental, há toda uma estrutura de trabalhadores que tiram sua renda do aeroporto. São milhares de famílias alagoanas”, argumenta.

Em resposta, o representante da SAC garantiu que os contratos de terceirizados serão absorvidos pela concessionária vencedora e que os demais trabalhadores do turismo não serão impactados com a futura gestão. Em relação aos servidores da Infraero, a secretaria informou que podem ser remanejados para outros setores da empresa pública ou aderir a planos de demissão com incentivos.

Na audiência, Marx solicitou ainda informações sobre a reclassificação do Aeroporto Zumbi dos Palmares para “Delta”, que permite operar regularmente aeronaves de grande porte – como A 330 –, e a participação das comissões de Turismo e Viação e Transportes nas audiências de consulta pública do processo de concessão.

O Aeroporto do Maceió (Zumbi dos Palmares), que bateu o recorde de movimentação em 2017 – mais de 2 milhões de passageiros –  está em lote de concessão junto com os terminais de Recife (PE), Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Juazeiro do Norte (CE).

 

Tags:

>Link  

Reclassificação do aeroporto Zumbi dos Palmares está mais perto de acontecer
   Mozart  Luna  │       │     5:26  │  2

A prefeitura Rio Largo notificou os proprietários das residências próximos ao aeroporto Zumbi dos Palmares para que sejam realizadas as adequações exigidas pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA) necessário para reclassificação para categoria Delta (D). A informação dá novo ânimo aos operadores de turismo e todo trade alagoano que espera com grande expectativa a mudança de classe do aeroporto, há mais de um ano.

O governador Renan Filho e o ex-ministro dos transportes o deputado federal Maurício Quintella procurados por nós – durante o Programa Governo Presente em Arapiraca – declararam que estavam trabalhando junto com o prefeito Gilberto Gonçalves para que as adequações fossem realizadas o mais rápido possível e graças a essa ação conjunto a reclassificação deverá ser concretizada. Segundo uma fonte da Anac, até agosto e no máximo setembro desse ano tudo estará pronto.

A relação das adequações solicitadas a Prefeitura de Rio Largo, na região do entorno do aeroporto são consideradas simples como, por exemplo, a remoção de alguns postes, torres, caixas d’água e até o primeiro andar de algumas residências que foram construídas, sem a devida permissão.

 

Prefeito Gilberto Gonçalves vem tomando as providencias para reclassificar o aeroporto

Segundo o laudo técnico esses ajustes têm que ser realizados, pois “ferem a rampa”de descida e decolagem das aeronaves de grande porte que entrarão na rota do aeroporto Zumbi dos Palmares, se conseguir ser classificado para categoria Delta. Segundo informações da Anac em Brasília, essa categoria internacional, amplia a capacidade de trabalho do aeroporto e vai gerar mais emprego e renda, além de dinamizar a atividade turística em Alagoas.

Necessidade 

A reclassificação do aeroporto Zumbi dos Palmares em Alagoas para categoria “D” não foi realizada até agora, fato tem causado preocupação de operadores portugueses, que esperam viabilizar o retorno de voos charters no segundo semestre desse ano.

 

Atualmente para descer, no aeroporto Zumbi dos Palmares um avião A 330 ou A 320 – aparelhos que cruzam o Oceano Atlântico – é necessária uma licença especial concedida pela Infraero, mas que geralmente leva de seis a oito meses para ser dada, graças ao tramite burocrático em Brasília.

 

O aeroporto Zumbi dos Palmares, segundo os técnicos possui uma boa infraestrutura de funcionamento e tem tudo para receber não só receber os voos charters, mas também entrar na rota das companhias aéreas européias como a TAP e Air France, assim como já ocorre com Natal no Rio Grande do Norte, Fortaleza e Recife.

 

 

 

 

>Link  

Companhia aérea paga para você viajar pelo mundo
   Mozart  Luna  │     26 de abril de 2018   │     6:31  │  0

 

Um trabalho que com certeza muita gente gostaria de ter seria viajando através de uma companhia aérea européia com um salário de 3.300 euros. Isto mesmo. A companhia aérea low-cost Wow air abriu inscrições para encontrar dois amigos que desejem viajar pelo mundo juntos neste verão e para isso receberam, além do salário, um apartamento e alimentação.

O trabalho dos contratados será produzir vlogs e posts nas redes sociais sobre as suas experiências – em troca, recebem 3300 euros por mês, além da estada, do transporte e outros passeios pela Islândia. As despesas de viagem e alojamento em cada destino também serão cobertos pela companhia aérea.

Os interessados podem procurar na internet  a companhia aérea WOW air Travel Guide. aAs inscrições estão desde segunda-feir (23). Os candidatos podem ser dois criadores de conteúdo, ou apenas um que queira levar um amigo para a aventura.

Os contratados vão morar na Islândia no período 1 de junho a 15 de agosto, onde receberão um salário mensal e um apartamento no centro de Reiquejavique. A capital islandesa será a base para viajar para destinos atendidos pela Wow Air na Europa e na América do Norte e para a restante Islândia.

Apartamento em Reiquejavique, Islândia 

A exigência é os dois contratados sejam realmente amigo a escolher quais os destinos que querem visitar. Neles, deverão fazer publicações nas redes sociais, vlogs diários e Instagram Stories com dicas sobre cada lugar: os restaurantes; onde sair à noite; os melhores sítios para aproveitar a natureza; as melhores praias; ou, que tipo de transporte se deve utilizar em cada lugar e como não ultrapassar o orçamento. Os conteúdos produzidos serão publicados numa secção do site da Wow Air chamada TravelGuide.

Para se candidatarem, os candidatos devem entrar no site da competição e fazer o upload de um vídeo de dois minutos com dicas de viagem para a sua cidade natal. O concurso está aberto a candidatos de todo o mundo, até 14 de maio.

 

Tags:, ,

>Link