TAP cancela voos porque pilotos se negam a trabalhar em dias de descanso
   Mozart  Luna  │     29 de março de 2018   │     18:41  │  0

 

A TAP, companhia aérea portuguesa cancelou  cancelou 36 voos desde segunda-feira (26) , inclusive para cidade do Rio de Janeiro. O motivo foi  a decisão dos pilotos em trabalharem nos dias destinados ao descanso. Os profissionais alegam que isto implica situação de risco para os voos.

Os passageiros foram pegos de surpresa no aeroporto Humberto Delgado em Lisboa com os cancelamentos que causou vários problemas. Um dos voos para o Brasil atrasou em uma hora, segundo  o relato de um empresário brasileiro.Segundo ele os passageiros do voo 011 da TAP com destino a Recife no Brasil,  teve que aguardar para embarcar cerca de uma hora dentro de um ônibus, no aeroporto Humberto Delegado, em Lisboa.

Os passageiros tomaram conhecimento do motivo do cancelamento dos voos da TAP, e ficaram  preocupados, já que se tratava das condições físicas dos pilotos que estava ameaçada por falta de dias de descanso.

Segundo ainda o empresário brasileiro, que pediu para não ser identificado, a TAP não deu qualquer satisfação aos passageiros que embarcariam para o Brasil.

“Depois de esperarmos tanto tempo embarcamos em uma aeronave velha”, declarou o empresário que faz o voo entre Recife e Lisboa rotineiramente. “O aparelho que faz este voo tem sempre sido um A 330 com as novas pinturas do aniversário da TAP, mas desta vez colocaram um “sucatão” para os brasileiros”, desabafou o empresário que torce para que a Air France outra companhia aérea quebre o monopólio da TAP com voos para o Brasil.

Sem Justificativa

 

A imprensa portuguesa chegou a criticar a TAP pela falta de informação da companhia em não dar satisfações sobre motivo do cancelamento dos voos. Segundo ainda a imprensa portuguesa  até mesmo a agência Lusa, que questionou a transportadora, que não respondeu ao órgão público sobre os motivos para dezenas de cancelamentos.

A Agência Lusa contactou na segunda-feira (26) ao final da tarde fonte oficial do Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) sobre a referida recusa dos pilotos em trabalhar em dias de folga e de

descanso semanal, mas fonte oficial recusou qualquer comentário sobre a iniciativa.

 

Sobre os cancelamentos observados na página da internet da empresa gestora dos aeroportos nacionais, a «TAP lamenta os cancelamentos e está a atuar para minimizar os impactos junto

dos seus passageiros», segundo uma resposta enviada à Lusa.

Na contabilização feita hoje, os voos cancelados incluem destinos como Abidjan, Lome e Rio de Janeiro, além das regiões autônomas e várias cidades europeias.

 

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *