Monthly Archives: fevereiro 2018

Penedo abre inscrições para pós-graduação em medicina
   Mozart  Luna  │     21 de fevereiro de 2018   │     15:27  │  0

 

A linda e aristocrática cidade de Penedo inicia uma nova fase de sua história com o inicio do Processo Seletivo para o Programa de Inovação em Qualificação Médica, que transformar a capital do Baixo São Francisco em um grande pólo de científico de conhecimento e capacitação de profissionais da medicina.

O projeto vinha sendo trabalhado com muito cuidado para evitar problemas e agora essa realização histórica, que acontece na gestão do prefeito Marcius Beltrão se concretiza, transformando a cidade em um centro cientifico de conhecimento da medicina brasileira.  Um esforço realizado pela administração municipal e do governo do estado, que trará para Penedo centenas de profissionais do Brasil e do mundo.

Isto significa a geração de emprego e renda, injeção de recursos na região e dinamização das atividades turísticas que descobrem a bela Penedo com seu acervo arquitetônico na região do São Francisco, além de sua gastronomia e seus roteiros turísticos.

 

Inscrições

A Prefeitura de Penedo abriu as inscrições para o Processo Seletivo referente ao Programa de Inovação em Qualificação médica no âmbito do SUS-PGSUS. As inscrições estão abertas e podem ser realizas até o próximo dia 9 de março, por meio da Rede de atuação para inovação da qualificação médica, coordenada pelo núcleo de inovação tecnológica Carlos Chagas, contemplando alunos e preceptores, os últimos serão os responsáveis por conduzir e supervisionar as aulas. O PSS destina-se a Médicos com Registro no Conselho Regional de Medicina do Estado de Alagoas.

O PGSUS é um programa de inovação em Pós-graduação médica latu sensu no âmbito do sus, com atuação em rede, que aplica sistemas de inovação nos serviços, nos processos, na estrutura organizacional e principalmente na divulgação de resultados.

Os interessados deverão se dirigir a Secretaria Municipal de Saúde de Penedo localizada na  Praça Clementino Do Monte, S/N, Centro, ou entrar em contato pelo telefone (82) 3551-2727, ou ainda consultar o  endereço eletrônico: www.pgsus.org/penedo.Estão sendo oferecidas três vagas para preceptores e 13 para os pós-graduandos que atuarão nas áreas de Urgência e emergência e Saúde da família e comunidade.

Além disso, ocorrerá o pagamento de bolsas mensais para os preceptores no valor de R$ 8.500,00 cada e R$ 12.000,00 para os preceptores da  Urgência e emergência e Saúde da família, respectivamente.

Os candidatos aprovados no processo seletivo deverão realizar a matricula na sede da Prefeitura de Penedo, munidos de toda a documentação original apresentada no ato da inscrição.

Os preceptores e alunos deverão ser formados em Medicina em curso autorizado e/ou reconhecido pelo MEC, ofertado em território nacional em Instituição de Ensino Superior credenciada pelo MEC, ou ser graduado em Medicina em Instituição de Ensino fora do Brasil com Diploma Revalidado pelo MEC de acordo com a legislação vigente, há pelo menos três anos (Para Preceptores);  devendo também estar registrado no Conselho Regional de Medicina do Estado de Alagoas; e Não possuir nenhum tipo de restrição com o Conselho Regional de Medicina do Estado de Alagoas.

De acordo com a coordenação do PSS a classificação ocorrerá por meio de pontuação definida pelos seguintes critérios; para Preceptores: Residência Médica três pontos, Titulo de especialista reconhecido pela AMB três pontos, Especialização latu sensu na área de saúde, três pontos, mestrado quatro pontos e doutorado cinco pontos. Já para os candidatos a alunos: residência médica, um ponto, Titulo de especialista reconhecido pela AMB, um ponto, especialização latu sensu na área de saúde dois pontos e doutorado três pontos.

 

>Link  

Novo Conselho Curador para o Desenvolvimento do Turismo toma posse e cobra investimentos
   Mozart  Luna  │       │     0:03  │  0

 

A posse da nova diretoria do Conselho Curador da Fundação para o Desenvolvimento do Turismo em Alagoas foi marcado pelo reconhecimento da atividade turística como geradora de emprego e renda para o estado, mas que necessita de mais investimentos em obras de infraestrutura como em saneamento básico, rede de abastecimento de água e melhoria da qualidade da energia elétrica.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria dos Hotéis (ABIH), secção Alagoas Milton Hênio Vasconcelos, destacou a união dos empresários do setor, fato que comprova que todos estão juntos sem bandeiras partidárias ou posicionamentos políticos, mas em prol do desenvolvimento da atividade turística.

Milton Hênio disse que urgentemente investimentos em obras de saneamento com as estações elevatório de esgoto e o aproveitamento de locais com grande potencial turísticos, que poderiam estar gerando emprego e renda, como as dunas existentes na Foz do São Francisco, através de um trabalho ecologicamente correto respeitando o meio ambiente e gerando emprego e renda.

O presidente da ABIH Alagoas também cobrou das autoridades um posicionamento fiscal com relação aos imóveis que estão sendo alugado por temporada a turistas. Segundo ele essa atividade não gera emprego e não paga imposto, como os estabelecimentos hoteleiros.

“ Um empreendimento hoteleiro com 160 apartamentos contribui com R$ 1,5 milhões por ano com os cofres públicos. “Enquanto os imóveis por temporada não geram nada para o fisco”, declarou Milton Hênio. Segundo ainda ele essa atividade em Alagoas já abocanhou cerca de 8% dos turistas que chegam a Maceió, gerando prejuízos aos fiscais.

Glênio Cedrin e Milton Hênio

Portugal

Milton Hênio disse ainda que é preciso que se busque conquista mercados na Europa e citou Portugal como um dos países em se deferia investir em marketing para atrair o público. Ele também lembrou a necessidade de ter uma negociação constante com as companhias aéreas para negociar tarifas e voos que transforme o destino Alagoas competitivo, com outros mercados que concorrem com o Brasil.

O presidente da Associação Brasileiro de Agência de Viagens (ABAV), Afrânio Lages, também reforçou a necessidade de investimentos em obras de infraestrutura e divulgação fora do Brasil e lembrou o mercado europeu, quando Alagoas recebia um grande fluxo de italianos.

O empresário Glênio Cedrin presidente do Convention & Visitors Bureu, disse que nos próximos anos serão criados cerca de 2.500 leitos. Segundo ainda ele 2018 será um anos difícil, para o turismo em Alagoas devido à realização da Copa do Mundo, além das eleições que geralmente seguram as pessoas em seus estados.

Glênio Cedrin fez também um apelo para que sejam realizadas melhorias no aeroporto Zumbi dos Palmares, e lembrou que este ano deverá ocorrer a reclassificação para Classe Delta (D), embora o ministro dos transportes tivesse prometido para dezembro de 2017, fato que não ocorreu.

O secretário de desenvolvimento e turismo (Sedetur), Rafael Brito, destacou a união dos empresários do setor turístico e reconheceu a necessidade de investimentos em obras estruturantes que viabilizem o aumento do parque hoteleiro em Alagoas. Segundo ele o governo vem se esforçando para resolver os problemas existentes, mas que é preciso recursos para isso.

O evento foi marcado pelo otimismo com o desenvolvimento do turismo em Alagoas, mas com a preocupação de diversificar o mercado emissor buscando na Europa essa alternativa evitando com que a o setor tenha seu lastro de captação de turistas, apenas na América Latina.

>Link  

As ilhas mais lindas do mundo para amar
   Mozart  Luna  │     20 de fevereiro de 2018   │     9:05  │  0

Ilha Moorea na Polinésia Francesa

Talvez seja um sonho de casais apaixonados viver em um linda ilha bem no estilo do filho Lagoa Azul. Para surfar nesse sonho sugerimos algumas da ilhas mais linda do planeta que só pelo visual dá para se ter uma idéia do que seja esse paraísos.

Aguillas, Caribe

Kauai,Hawai

Santorini, Grécia

Maldivas

Bali, Indonésia

Capri, Italia

Jonicas, Grécia

Palawan, Filipinas

 

 

 

>Link  

Empadas brasileiras conquistam o gosto português
   Mozart  Luna  │     19 de fevereiro de 2018   │     8:20  │  0

 

O brasileiro não rejeita uma boa empatada e mais pedida é de camarão, segundo quem trabalha vendendo essa iguaria em lanchonetes e bares. A nossa culinária conseguiu desenvolver alguns tipos de salgados que não existem em outras partes do mundo, mas o destaque é a nossa empada que agora faz sucesso também na Europa, na cidade de Setubal em Portugal onde dois pequenos empresários João Franco e Victor Souza abriram a Casa da Zazá, uma fusão lusco-brasileira, localizada na rua Arronches Junqueiro, 115, Setúbal, Portugal.

Segundo João Franco, existe no Brasil cerca de 40 tipos de empadas, sendo o resultado das experiências de combinações de sabores e texturas, conferindo a empada brasileira o título das mais saborosas do mundo.

Esses dois brasileiros chegaram à cidade Setubal de bicicleta, uma “food-bike”, vendendo os treze tipos de empadas com recheios que conquistaram os portugueses. Hoje no restaurante, existem os aros das bicicletas na parede, numa demonstração desses empreendedores brasileiros, que foram para Portugal com uma idéia na cabeça e hoje fazem sucesso. Os sabores da food-bike eram de frango, frango com palmito, frango com milho, camarão, bacalhau e azeitona, doce de leite, goiabada e queijo.

 

Mamãe me ensinou

João Franco disse que aprendeu com  a mãe a fazer as empadas porque ela tinha uma fábrica de empadas em Petrópolis. O sucesso foi grande graças à aceitação dos consumidores e agora os dois são empresário com a Casa da Zazá.

Os portugueses se renderam ao sabor da verdadeira empada brasileira, que agora podem ser pedidas  para acompanhar com chá, vinho a copo, cerveja e até a tradicional sangria. A Casa da Zazá é um poit de encontro para diversos tipos de pessoa, que adoram o ambiente descontraído, com decoração em tons pastel e madeiras é relativamente pequena, mas a esplanada compensa em dias de sol.

 

Restaurante

Os dois brasileiros foram alem e hoje apostam em um restaurante que serve almoços, com pratos diários, bebida de copo e sobremesa a 7 euros. Aos sábados garantem haver sempre feijoada à brasileira, já que em Portugal os brasileiros atualmente são os estrangeiros que circulam no País.

No jantar o cardápio é uma grande novidade até para os brasileiros com bolinhos de feijoada fritos, recheados com couve e bacon, como num fricassé de frango desfiado com bacon e creme de milho gratinado com queijo ou ainda num lombo de bacalhau grelhado com batatas a murro.

Mas os dois empreendedores brasileiros prometem irem mais além votando ás ruas pedalando na food-bike, vendendo as empadas no verão pelas ruas e principalmente nas praias

 

 

>Link