Lojistas do Arapiraca Garden Shopping ameaçam fechar em protesto contra aumento do valor do estacionamento
   Mozart  Luna  │     6 de novembro de 2017   │     8:01  │  0

Os lojistas que fazem parte da associação do Arapiraca Garden Shopping se reuniram no último sábado, para discutir o aumento do valor pago pelo estacionamento e decidiram que vão emitir uma nota oficial solicitando a empresa Tengo, gestora e acionista majoritária do empreendimento, que volte atrás na decisão e ameaçam uma “greve” fechando as lojas.

Segundo um dos lojistas que participou da reunião e pediram para preservar sua identidade, todos estão bastante preocupados com o aumento que gerou um movimento nas redes sociais, objetivando boicotar o Arapiraca Garden Shopping com a campanha “Não Vamos ao Shopping”.

Os lojistas relataram que a situação de todos é muito difícil, já que sofrem com a crise econômica que se abateu sobre o país e também com a falta de divulgação por parte do empreendimento, que não realiza campanhas de marketing, ação tão importante para atrair e cativar os freqüentadores do shopping.

O empresário disse ainda que o aumento do valor do estacionamento será um tiro de misericórdia para os eles, e alerta que até dezembro muitos vão fechar as portas porque não têm mais como pagar o caro condomínio cobrado pela diretoria do Shopping. Ele lembrou ainda que o shopping completou quatro anos de inaugurado com 30% das lojas fechadas.

Aumento

O aumento do valor do estacionamento de R$ 5,50 para R$ 6,00 pela permanecia de três horas e de R$ 12,00 a partir daí é um absurdo que vai prejudicar principalmente todos da praça da alimentação e do cinema. Eles contestam a “pesquisa” que a superintendência do Shopping alega ter realizado e que constatou que os frequentadoes do empreendimento passam em média uma hora e meia.

Segundo ainda o lojista, quem vai fazer compras e refeição, além do cinema passa mais de três horas circulando no shopping e com o aumento todos vão ter que escolher em fazer compras, ou refeição. O caso mais grave seria do cinema que onde os freqüentadores teriam que entrar correndo e sair correndo das sessões, para evitar pagar a diária de R$ 12,00.

Os lojistas vão emitir a nota oficial da associação ainda e alertam mais uma vez que é o fechamento das lojas caso a Tengo não volte atrás no aumento do valor do estacionamento e não está descartada a possibilidade de uma ação na Justiça com esse objetivo.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *