Populares acham moedas do “tesouro da Praia do Peba”
   Mozart  Luna  │     29 de agosto de 2017   │     23:30  │  0

 

 

O avanço da maré na Praia do Pontal do Peba, em Piaçabuçu, fez aparecer moedas antigas em um local onde anteriormente ficava um mangue. As peças vêm sendo chamadas por populares de “Tesouro da Praia do Peba”. Segundo relatos de moradores que conhecem o local, as moedas surgiram depois que as águas começaram a levar parte da areia que cobria uma vegetação de mangue.

As moedas encontradas são de diversas datas e de diferentes tipos de metal. Algumas de prata são ainda do Brasil Império de 1869 e têm a imagem do Imperador Dom Pedro II. Algumas são mais recentes, de 1985, e outras de países como a Inglaterra.

Como todo o local pertence a uma Área de Preservação Ambiental (APA), o material que foi encontrado deverá ser periciado para pesquisa e identificação. Entretanto, os moradores do povoado alegam que o movimento da maré fez surgir um tipo de solo diferente do existente na Praia. O local é conhecido como Massapê e se acredita que as moedas pertencem a um antigo naufrágio.

O Pontal do Peba era porta de entrada de navios no Rio São Francisco. As embarcações chegavam da Europa para se abastecer com água fresca e seguir viagem para cidades como Salvador e Rio de Janeiro, antiga sede do Governo do Brasil Império e depois República. Os navios também iam também até Penedo, para deixar passageiros e cargas.

Naufrágios

Vários naufrágios foram registrados durante o período em que as embarcações usavam a Foz do Rio São Francisco para se abastecer de água potável para tripulação e passageiros, como também para limpeza dos navios. Há relatos de antigos moradores que, durante a Segunda Guerra Mundial, foram vistos os demitidos submarinos alemães, U-Boat, (lobos solitários), que por ordem de Adolf Hitler atacavam os navios dos aliados no Oceano Atlântico.

Os submarinos alemães eram temidos e chegaram a afundar o navio brasileiro Itapagé, que foi a pique na altura da Praia de Lagoa Azeda, onde dezenas de pessoas morreram em consequência do ataque de um U-Boat, que varria o trecho do litoral brasileiro em busca de vítimas. A Foz do Rio São Francisco teria sido um dos locais preferidos pelos alemães para se abastecer de água potável e até de coco.

O ataque ao navio brasileiro Itapagé teria sido a gota final para que o presidente Getúlio Vargas anunciasse estado de guerra contra os países do Eixo (Japão, Itália e Alemanha), aliando-se aos Estados Unidos e formando a Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Sinalização

O local do achado do “Tesouro da Praia do Peba” vem sendo motivo da presença de populares que buscam no solo moedas antigas. Outro fato interessante é que no mesmo local há também um tipo de concha, que não é característica da região.

Até agora nenhuma autoridade da área de pesquisa da Universidade Federal de Alagoas, prefeitura ou do Governo do Estado compareceu ao local para sinalizar a área e proceder uma identificação que leve à origem e à importância histórica do “Tesouro da Praia do Peba”.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *