Monthly Archives: agosto 2017

Etapa da Red Bull Rice atrai milhões de turistas à cidade do Porto em Portugal
   Mozart  Luna  │     20 de agosto de 2017   │     14:39  │  0

 

Para quem gosta de muita adrenalina assistir uma corrida de aviões é um momento perfeito. Uma pena que o Brasil não esteja no calendário da famosa Red Bull Air Race World Championship. Mas nem tudo está perdido e você pode ir à cidade do Porto, em Portugal nos dias 2 e 3 de setembro, ou no Chile com data ainda para ser marcada para assistir essa grande apresentação aérea.

Para quem deseja já assistir em setembro a etapa em Portugal a TAP tem voos diretos saindo de Recife, pelos menos duas vezes por dia direto para Lisboa. Lembrando que as terças-feiras e aos domingos, o preço das passagens para Portugal são mais baratas. Há também opções de voos para a cidade do Porto, mas são mais caras. Sai mais barato desembarcar em Lisboa, alugar um carro ou pegar um trem para o Porto. A passagem de trem custa 25 euros e duas horas até a estação no Porto. O aluguel do carro é um pouco mais caro, mas não passa dos 60 euros e também dura cerca de 2 horas de viagem.

 

Aviões

 

Pois é a mais importante competição internacional de aviões regressa em setembro de 2017 às paisagens do Rio Douro. O Porto integra assim, 10 anos depois da estreia, o calendário da Red tBull Air Race World Championship – desta vez com ainda mais animação.

 

A etapa ficou na história do esporte português, com um recorde de público que ultrapassou um milhão de espectadores nas margens do Porto e de Vila Nova de Gaia.  Red Bull Air Race World Championship está de volta a Portugal! O anúncio do calendário oficial de 2017 vem confirmar um regresso há muito aguardado e acontece precisamente dez anos depois da estreia da competição no nosso país. A ação regressa assim às margens do rio Douro nos dias 2 e 3 de setembro, com o Porto a corresponder à sexta e antepenúltima etapa do calendário.

O Diretor Geral da Red Bull Air Race GmbH, o austríaco Erich Wolf, não esconde o seu entusiasmo perante uma das mais sonantes novidades da décima temporada do Campeonato do Mundo:

Para o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, “a Red Bull Air Race é um evento consensual e transversal que toca públicos muito diversificados. É, por isso, uma grande conquista para a cidade voltar a receber em festa esta prova que traz um enorme retorno económico direto à cidade, à região e a Portugal. Do ponto de vista político é também muito significativo que tenha sido possível voltar a encontrar consensos entre os promotores, as autarquias, a Entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal, o Turismo de Portugal e a CCDRN que a tornam, não apenas possível mas sobretudo sustentável”.

Já o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, considera que “a Red Bull Air Race traz a Vila Nova de Gaia e ao Porto a centralidade mundial através de um espetacular evento internacional. O cenário único do Douro e das suas margens, vividas por gente genuína e apaixonada, acrescenta-lhe a magia desta região”.

 

Melchior Moreira, Presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, acrescenta que “os números estão aí para confirmar a potencialidade turística de um destino: quase 7 milhões de dormidas no final de 2016 e a importância cada vez mais crescente deste setor para a economia nacional. Nem questiono a importância que os grandes eventos internacionais assumem nestes resultados.

“Somos hoje reconhecidamente um palco de grandes eventos internacionais que nos trazem um retorno imensurável. Ter no nosso território a Red Bull Air Race é a garantia de uma excelente promoção turística que vai muito além dos milhares de espetadores que se esperam nas margens do Porto e de Vila Nova de Gaia: são as imagens que serão difundidas pelo mundo, as impressões que os visitantes vão levar, a dinâmica da qual todo o destino acabará por usufruir, a certeza que quem nos vai visitar agora vai querer voltar noutra altura do ano, a atividade turística que se estenderá muito para lá dos dois municípios envolvidos… este é o trabalho do Turismo do Porto e Norte de Portugal”, disse ele

 

UMA HISTÓRIA DE SUCESSO EM PORTUGAL E NO MUNDO

A Red Bull Air Race estreou-se em Portugal em 2007, mantendo-se no calendário até 2009. Durante esse período fez história no desporto português, afirmando-se como o evento com maior presença de público de sempre – mais de um milhão de espectadores em dois dias de ação que deixaram uma forte marca na região e no país. Entre o pelotão, há apenas dois pilotos atuais que subiram ao pódio no Porto – o norte- americano Kirby Chambliss e o australiano Matt Hall. No entanto, não há um único piloto no ativo que tenha conseguido alcançar aqui uma vitória.

Em 2017 a competição segue os moldes originais – qualificações num dia e corrida no outro – embora os motivos de interesse tenham sido largamente ampliados. Reconhecida pela Federação Aeronáutica Internacional (FAI) como o Campeonato do Mundo da aviação desportiva, esta competição evoluiu significativamente nos últimos anos. Neste campo destaque para a existência de duas classes, uma para pilotos consagrados (Master Class) e outra para novos talentos (Challenger Class). É nesta última que se estreou no ano passado a primeira mulher a alinhar na Red Bull Air Race, a francesa Mélanie Astles. Ao todo são 23 pilotos em representação de 15 países, sendo o atual detentor do título o alemão Mathias Dolderer.

Além da novidade do Porto, o calendário de 2017 destaca-se também pelo regresso da etapa norte-americana de San Diego e pela estreia da Capital russa dos desportos, Kazan. No total há oito etapas para cumprir, com arranque no Médio Oriente (Abu Dhabi) – onde se assinalou a 75a corrida da Red Bull Air Race – e passagem por San Diego (EUA), Chiba (Japão), Budapeste (Hungria), Kazan (Rússia), Porto (Portugal) e Lausitzring (Alemanha). A despedida tem lugar em outubro no lendário circuito de corridas de automóveis de Indianápolis, nos Estados Unidos da América. A temporada de 2017 da Red Bull Air Race arrancou a 10 e 11 de fevereiro em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, com um resultado histórico para o piloto checo Martin Sonka, que conquistou a primeira vitória da sua carreira, assegurando desta forma a liderança da classificação geral.

RED BULL AIR RACE 2017

CALENDÁRIO

Emirados Árabes Unidos Abu Dhabi | 10 e 11 fevereiro

Estados Unidos da América San Diego | 15 e 16 abril

Japão Chiba | 3 e 4 junho

Hungria Budapeste | 1 e 2 julho

Rússia Kazan | 22 e 23 julho

Portugal Porto | 2 e 3 setembro

Alemanha Lausitzring | 16 e 17 setembro

Estados Unidos da América Indianápolis |14 e 15 outubro

MAIS INFORMAÇÕES:

www.redbullairrace.com

CLASSIFICAÇÕES APÓS 1.ª ETAPA

MASTERCLASS

 

1.º Martin Sonka – República Checa

2.º Juan Velarde – Espanha

3.º Pete McLeod – Canadá

4.º Matthias Dolderer – Alemanha

5.º Nicolas Ivanoff – França

6.º Michael Goulian – Estados Unidos da América

7.º Cristian Bolton – Chile

8.º François Le Vot – França

 

 

>Link  

Litoral Sul oferece uma opção para o feriadão do Sete de Setembro
   Mozart  Luna  │       │     10:20  │  0

 

A badalada praia de Duas Barras em Jequiá da Praia, Litoral Sul a pouco de uma hora pela rodovia AL 101 Sul é um dos destinos programados para quem deseja aproveitar o feriadão do Dia da Independência, que este ano é comemorado em uma quinta-feira e por isso mesmo o planejamento e imprensar a sexta-feira.

 

O complexo turístico de Dunas do Marapé está instalado em Duas Barras, oferecendo uma praia lindíssima e toda uma estrutura que funciona de segunda a segunda-feira, aberto ao público que pode desfrutar dos serviços pagando o the use. Um belíssimo restaurante e um bar que fica próxima à praia com um cardápio regional que vai desde o peixe frito com mandioca até a tradicional peixada.

Trilha dos Caetés

As opções de passeio são inúmeras neste paraíso começando pela trilha dos índios caetés, uma das tribos bastante temida pelos colonizadores portugueses e quem se credita o ato de ter devotado o primeiro bispo brasileiros, Dom Pero Fernandes Sardinha e quase toda tripulação. Apenas um mestiço de branco com índios sobreviveu a “banquete” caetés simplesmente porque sabia falar a língua tupi –guarani.

Hoje não existem mais a temida tribo Caetés, já que por ordem do rei de Portugal, toda nação indígena foi caçada e exterminada. Hoje apenas a lenda vara pela história com a lendas contatadas sobre esse bravo povo brasileiro que habitava o Litoral Sul de Alagoas.

A trilha dos índios caetés é realizada de barco pelo rio Jequiá, saindo do ancoradouro do complexo de Dunas do Marapé, percorrendo mangues até um trecho de praia deserta. Esse roteiro oferece uma oportunidade única dos visitantes rejuvenescerem, através de um banho de lama. Isso mesmo um banho de lama do mangue.

O local é hoje um dos mais procurados por turistas que não perdem a oportunidade de tomar um belíssimo banho de lama e se banhar nas águas claras do rio Jequiá, como faziam os índios Caetés.

 

Trilha do pau de arara

Outra opção de passeio proporcionando no Complexo Dunas do Marapé e o “pau de arara”, que realizado em cima de um caminhão de transporte de tropa da Segunda Guerra Mundial. Um QT (Qualquer Terreno), que foi especialmente adaptado para o passeio pelos sítios de coqueiros até a Praia de Jacarecica do Sul.

 

 

 

O passeio passa também pela cidade de Jequiá da Praia, com parada para fotos na Igreja centenária de Nossa Senhora do Pilar e depois parada para banho no rio Jequiá da Praia e compras de artesanato e doces caseiros.

Os passeios são uma excelente programação para o feriadão do Dia da Independência e ainda oferece a opção de hospedagem em uma confortável pousada localizadas às margens do rio Jequiá.

Como chegar – Rodovia AL 101 Sul

Onde ficar – Pousada Dunas do Marapé – reservas 82- 99901-0726/e-mail [email protected]

  

 

>Link  

Os melhores lugares para visitar durante as férias em Portugal
   Mozart  Luna  │     18 de agosto de 2017   │     9:07  │  0

 

Portugal se consolida cada vez mais como o destino turístico mais seguro e procurado pelos brasileiros. Tudo isso por uma série de facilidades e por que não dizer afinidades. Começando pela língua portuguesas e a hospitalidade de nossos irmãos portugueses que nos recebem muito bem.

E para quem está pensando já nas férias de final de ano as terras Lusas oferecem lugares lindos e uma gastronomia deliciosa, além dos melhores vinhos da Europa.

Para dar boas dicas de lugares de lugares em Portugal lindíssimo e listamos, com a ajuda da operadora Subluetour. São lugares que provavelmente se ouvir falar, mas que por acaso não estão nos roteiros mais tradicionais das agências e operadoras de turismo.

Vamos começar por Lisboa com seu oceanário lindíssimo, o bairro da Alfama onde se pode ouvir o fado e saborear um bom bacalhau e tomar um vinho português.  O shopping Vasco da Gama e passear as margens do Tejo pelo Bairro Parque das Nacões, onde se pode escolher bons restaurantes para comer, inclusive o tradicional churrasco gaúcho ou uma feijoada brasileira com uma boa caipirinha. Isso mesmo tudo isso em Lisboa. Afinal de contas os brasileiros estão invadindo Portugal, seja para passear ou para investir em negócios. Tudo isso em um país calmo, tranquilo e seguro.

A cidade do Porto é a segunda maior do país e já foi capital de Portugal e é também bastante procurada por brasileiros, seja para estudar. Nos barzinhos da cidade do Porto não é difícil encontrar brasileiros trabalhado. Muitos vão também para estudar.

Entre os mais inusitados, propomos: A aldeia dos hobbits, como também é conhecida Vale de Poldros (Riba de Mouro, Monção), é um exemplo de arquitetura dos povoados de montanha ligados à transumância. É uma branda – uma aldeia onde os vigias (brandeiros) habitavam de verão para levar o gado até pastagens mais ricas, sendo abandonada a partir de setembro, altura em que os brandeiros desciam às suas povoações de origem.

Entre a Régua e o Pinhão, no alto do monte fica S. Leonardo da Galafura, o miradouro onde o Douro e o património vinhateiro tiram o fôlego ao comum mortal e onde Miguel Torga se embrenhava na paisagem do “Doiro sublimado”. Aqui existiu um castro romano, conhecido por Fonte dos Mouros, e há também um cemitério mouro com sepulturas escavadas na rocha.

A EN222, entre o Peso da Régua e o Pinhão, foi considerada a melhor estrada do Mundo para conduzir. Além disso, a paisagem que a acompanha é lindíssima e permite conhecer melhor os motivos que levaram o Alto Douro Vinhateiro a ser classificado de Património da Humanidade.

Fátima

O Centro prepara um dos maiores eventos do país em 2017. Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro, considera que todos os portugueses deviam visitar o Santuário de Fátima, ao menos uma vez na vida. Estamos “a poucos meses da comemoração do centenário das aparições”, explica, além de que o maior altar mariano do Mundo é “procurado por pessoas de todo o mundo, de todos os credos e religiões, dada a aura de paz e de introspecção que o rodeia”.

Nazaré

Bem pertinho de Lisboa está Nazaré, com suas ondas gigantes e os melhores hotéis e restaurantes da região. Em Nazaré se pode também desfrutar o Tallasso Miramar, localizado na orla marítima Um complexo de lazer e relaxamento com águas do Oceano Atlântico retiradas a 2 mil metros de profundidade e aquecidas a 35º em piscinas de hidromassagem.

Em Nazaré se pode comer muito bem e com preços bem acessíveis além de poder ver de perto as ondas gigantes do “canhão de Nazaré”.

 

Geoparque

Entre uma série de locais ímpares do Centro, selecionamos três especiais: Geoparque Naturtejo. Nestes 4.600 km quadrados de território há atividades para todos os gostos e 26 roteiros preparados para quem precisar de orientação. Dos fósseis aos geomonumentos com 600 milhões de anos, passando pelos grifos e os veados que ainda por lá habitam, além das aldeias históricas e as minas abandonadas, há muito a descobrir entre a Beira Interior e o Alto Alentejo. Vale Glaciar do Zêzere.

Rota do Glaciar

Finalista das 7 maravilhas naturais de Portugal, pode aproveitar para conhecer através da Rota do Glaciar, definida entre a Torre da Serra da Estrela e a vila de Manteigas, permitindo contemplar uma belíssima modelação da paisagem por um glaciar, as pastagens ainda utilizadas pelas ovelhas, as casas típicas da serra e uma série de elementos da fauna e da flora por vezes raros.

Berlenda

Percorrer a maior ilha deste arquipélago com três ilhas, a cerca de 10 km ao largo de Peniche, imaginando as incursões de vikings e procurando os tesouros escondidos por piratas nas grutas é uma aventura inesquecível.

Na Berlenda Grande, pode pernoitar no Forte de S. João Baptista, no Hotel Mar e Sol ou no parque de campismo e também há bar e restaurante. A viagem de barco, que dura cerca de meia hora, custa, ida e volta, 20€ por adulto e 10€ por criança (dos 5 aos 12 anos).

 

Outro passeio imperdível pelo mar turquesa leva-o a visitar grutas com nomes sugestivos como cova do sonho, gruta azul, lagosteira, greta da inês ou furado grande (cerca 3€/pessoa).

Lisboa

Lisboa A capital é dos destinos turísticos mais famosos do mundo e é difícil não ter sido visitada pelos portugueses durante a vida. Porém, a região turística em si contém locais menos famosos com particularidades únicas e imperdíveis, mais propícios a visitas durante o outono e inverno, que selecionámos: A Reserva Natural do Estuário do Sado é um dos locais que convém visitar entre o outono e o inverno devido à presença de elevado número de aves aquáticas.

O acesso é feito através da aldeia da Carrasqueira e, no cais palafítico, pode contratar um passeio de barco pelo Sado e ver golfinhos. O Moinho de Maré de Corroios é um exemplo notável de engenharia humana com mais de 600 anos e que permite aproveitar a energia das marés para moer cereais.

 

Ainda está funcional, mas após o restauro de 1986 passou a integrar o Ecomuseu Municipal do Seixal. O Parque Natural da Arrábida, em Sesimbra, contém vários percursos para passeios a pé. Se seguir em direção ao Cabo Espichel, passa pela praia de Lagosteiros onde pode ver as pegadas de Pedra da Mua – um trilho de pegadas de dinossauros com milhões de anos. Alentejo Sendo o Alentejo tão heterogéneo e tão único em tantos locais diferentes, desde a Costa Vicentina à Serra de Marvão, resta-nos descobrir aqueles locais que os portugueses nunca ouviram falar ou que muito poucos conhecem.

Pulo do Lobo

O Pulo do Lobo, em Mértola, é a mais alta queda de água do Sul de Portugal. Surge em terreno árido e pedregoso, quase inesperadamente. Esta cascata do rio Guadiana está rodeada de lendas e histórias de contrabandistas e é um dos locais mais bonitos do Alentejo. Além disso, Mértola merece visita a acompanhar.

Gruta do Escoural

A Gruta do Escoural, em Montemor-o-Novo, é a única caverna do país com arte rupestre. Foi utilizada ao longo de várias épocas, do Paleolítico Médio ao Superior, como abrigo de caça e, mais tarde, como santuário. O Centro Interpretativo pode ser visitado por marcação no posto de turismo de Montemor-o-Novo. A Capela dos Ossos, em Évora, não é desconhecida dos portugueses, mas consideramos que é um local imperdível que todos deviam visitar pelo menos uma vez na vida.

Longe de ser um local tétrico por estar decorado com ossos e caveiras, é um local de reflexão humilde sobre a condição humana. Ali não se distinguem ricos e pobres, novos e velhos, poderosos e desfavorecidos. Algarve Mais conhecido pelas praias no verão, o Algarve tem, na verdade, muitos outros encantos por descobrir. Além de algumas sugestões da nossa lista, Desidério Silva, presidente da Região de Turismo do Algarve, destaca um local único: a Tirolesa, em Alcoutim.

Fortaleza de Sagres

Segundo o responsável, “este é o primeiro slide transfronteiriço do mundo que permite (re)descobrir o interior do Algarve e o rio Guadiana de forma única e inesquecível, a uma velocidade média de 75 quilómetros por hora”. Se há lugares incontornáveis e únicos no Mundo, como a Fortaleza de Sagres – o ponto mais Ocidental da Europa – mais conhecidos e a merecer recomendação de, pelo menos, uma visita na vida na região do Algarve, outros são menos concorridos.

Serra de Mochique

A subida da Serra de Mochique através da floresta densa (nos locais onde não ardeu) é uma experiência diferente e com surpresa no final. O miradouro em Fóia, a quase mil metros de altitude, dá ideia de permitir ver todo o Algarve e de uma perspetiva bem distante das praias que lhe dão fama. Prove uma aguardente de medronho e entregue-se à gastronomia única do interior algarvio.

Ria Formosa

A Ria Formosa é uma das 7 Maravilhas de Portugal e Parque Natural desde 1987, mas poucos conhecem a riqueza natural deste habitat que atrai mais de 20 mil aves aquáticas no outono e no inverno. Passear pela ria é uma experiência única. Açores Cada uma das ilhas dos Açores é um “local imperdível” para os portugueses do Continente, na opinião de João Bettencourt, diretor regional do Turismo. Após revermos as propostas da entidade, ficámos com o mesmo dilema. A beleza das paisagens das lagoas e das caldeiras, das baías e dos centros históricos, das grutas e dos vulcões, dos monumentos naturais excêntricos nascidos com as ilhas, restou-nos apenas uma hipótese de seleção. Por contrariar o verde das ilhas e o azul do mar e das lagoas, o deserto vermelho do Barreiro da Faneca, na ilha de Santa Maria será o local mais inesperado de todo um arquipélago imperdível.

Madeira

 

Os encantos da Madeira escondem-se de quem procura apenas o conforto cosmopolita do Funchal ou as rotas mais conhecidas ao Norte da ilha para ver as casinhas típicas de Santana, já para não falar das praias paradisíacas de Porto Santo. Só quem se embrenha na Floresta Laurissilva, um tipo de floresta que remonta há 20 milhões de anos e que está protegida pela UNESCO na Madeira pelo seu bom estado de conservação, encontra paisagens mágicas e únicas no Mundo. As levadas são uma forma de percorrer a floresta em segurança e a Levada do Caldeirão Verde é das mais bonitas e imperdíveis.

>Link  

Ministro Marx Beltrão e vice presidente da Disney discutem investimentos para parque temático
   Mozart  Luna  │     15 de agosto de 2017   │     6:44  │  1

 


A atividade turística é uma grande geradora de empregos e renda em todo mundo e por isso muitos países dão prioridades a consolidação dos negócios ligados a está área. A criação de parque temáticos é um forma de agregar valores aos destinos turísticos objetivando disponibilizar ao público atrações diferenciadas, formando um conjunto com o potencial natural.

Países da Ásia e Oriente Médio estão investindo na construção de parque temáticos, iniciativa que o Brasil também vai seguir através do Ministério do Turismo, com esse objetivo o ministro Marx Beltrão vai se reunir com as principais lideranças do setor nesta terça-feira (14) para firmar um pacto pelo desenvolvimento do segmento. A ideia é garantir um investimento mínimo de R$ 1,9 bilhão e a geração 56 mil novos empregos a partir de ajustes nos marcos regulatórios, principalmente na alíquota tributária que incide sobre a importação de equipamentos sem similares nacionais.

Para tratar do assunto, o ministério realiza em parceria com o Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat) o seminário “Impacto dos parques temáticos no turismo”. O evento contará com a presença do vice-presidente global da Disney, Greg Hale, presidente da Associação Internacional de Parques de Diversões e Atrações (IAAPA). O ministro Marx Beltrão ressalta que o setor tem represado investimentos por falta de incentivos e de competitividade em relação a outros mercados.

“A agenda que estamos propondo é para melhorar o ambiente de negócios, desburocratizar e aquecer a economia por meio da atividade turística, que é uma indústria limpa, geradora de emprego e renda”, destaca o ministro Marx.

Os números dos parques chamam a atenção. A Disney nos arredores de Paris, com 15,3 milhões visitantes, é o ponto turístico mais movimentado da França, com duas vezes mais visitantes que a Torre Eifel.

 

>Link  

O melhor da gastronomia e hospedagem em Piranhas
   Mozart  Luna  │     12 de agosto de 2017   │     23:34  │  0

 

 

 

Piranhas é hoje um dos mais importantes destinos turísticos em Alagoas e o principal do estado de Sergipe por incrível que pareça. Isto devido as belezas dos cânions do Rio São Francisco e o riacho do Talhado em Olho D´Água do Casado.

80% dos turistas que visitam a cidade chegam vindos de Aracaju, pelas operadoras de turismo, que vendem os passeios aos Cânions e à cidade de Piranhas, como o principal produto, na capital sergipana.

Atualmente Piranhas ocupa o quarto lugar em destinação turística em Alagoas, graças aos atrativos que possui como arquitetura colonial inglesa, aos passeios pelo rio São Francisco, Museu do Sertão e sua programação noturna no Centro Gastronômico.

As pousadas de Piranhas merecem um capitulo a parte nesta reportagem, já que a maioria possui um charme diferencial, geralmente sempre voltadas para o rio São Francisco e com um serviço que conquista dos hospedes mais exigentes.

Não foi à toa que a cidade foi sido palco de gravação de grandes produções cinematográficas e telenovelas e gravação de programa de TV, Ana Maria Braga e Luciano Hulk e até Ivete Sangalo. Em Julho Piranhas e os Cânions foi cenário de cessão de fotografia para as modelos da famosa estilistas Martha Medeiros e de reportagem da badalada revista caras que entrevistou a primeira dama de São Paulo, Bia Dória, que se derramou em elogios a Piranhas e ao Sertão de Alagoas. A reportagem foi capa da revista Caras.

As mais charmosas pousadas de Piranhas

Piranhas é um charme de cidade e suas pousadas são também. Todas aliam conforto, beleza em harmonia com o cenário dos valores em sua volta. Uma delas é o Hotel Aconchego Velho Chico, a preferida dos atores e atrizes que visitam a região. Com apartamentos confortáveis a Aconchego do Velho Chico tem todas as varandas voltadas para o rio. Um cenário maravilhoso que proporcionar uma visão tanto do nascer e o pôr do sol. E a noite as estrelas são companhias silenciosas que atiçam a imaginação.

Hotel Aconchego do Velho Chico

O Hotel Aconchego do Velho Chico possui uma suíte especial incrível. Área de estacionamento e acesso fácil, as margens da rodovia Altemar Dutra. Na área comum a piscina oferece também um lugar aprazível que preenche a todos os gostos.

Pousada do Canto

A Pousada do Canto é uma confortável opção de hospedagem em Piranhas que oferece a oportunidade para quem deseja ficar em um dos casarões coloniais curtindo a proximidade do rio São Francisco e a intimidade do dia a dia da cidade. A pousada foi pensada para oferecer um ambiente simples, confortável que proporciona a oportunidade dos hospedes interagirem e se conhecerem. Um café da manhã bem feito e tudo dentro dos padrões da boa hospedagem.

 

Chácara Aconchego

Para quem está de férias com a família e deseja curtir Piranhas de forma mais particular e reservada existe a Chácara Aconchego, que é um opção de descanso e lazer com aqueles que lhe são mais próximos.

A Chácara Aconchego possui praia privativa, quadra de tênis, campo de futebol, deck bar com vista para o rio São Francisco, além de píer exclusivo para atracar lanchas e até heliporto. Um lugar exclusivo para ocasiões especiais reservadas. Um equipamento único no setor hoteleiro em Alagoas.

Donen Hotel

Para quem viaja com excursões de ônibus a novidade em Piranhas é o Dunen Hotel que inicia a operar em outubro desse ano com 60 apartamentos e em janeiro 90 unidades com todo conforto necessário para quem visita à região.

O Dunen Hotel está muito bem localizado dentro do centro comercial de Piranhas com acesso fácil a supermercados, restaurantes, praça da alimentação com música ao vivo e lojas para compras. Um mix que forma um mini shopping que constitui hoje um centro de compras e lazer.

Centro Gastronômico

Mas Piranhas tem se destacado também pela gastronomia refinada, elaborada por chefs de cozinhas que enriqueceram o menu dos cardápios dos restaurantes mais badalados como a Cachaçaria Altemar Dutra, Caboclo D´Água, Karrancas e Cangaço Eco Park. Claro que os visitantes podem saborear as comidas regionais como o bode assado, peixada de surubim e buchada de carneiro.

O Centro Gastronômico fica no coração de Piranhas Velha em meio ao um casario com mais de 200 anos. Lá acontece a noite com muita música ao vivo, que toca desde o tradicional forró até MPB do melhor gosto e também samba e pagode. Tem de tudo para todo gosto e ninguém sai reclamando.

Mas o mais interessante é que em pleno Sertão de Alagoas se pode saborear pratos elaborados a partir da refinada gastronomia, começando pela oriental onde se pode saborear os melhores sushis e sachimis preparados por shushimen Maikel Farias com uma grande bagagem trazidas os melhores restaurantes orientais da capital paulista, onde trabalhou durante cinco anos.

No cardápio da badalada e disputada Cachaçaria Altemar Dutra, se pode saborear pratos deliciosos como risoto de bode ao melhor quatro queijos, além de petiscos como carne de sol com macaxeira frita, além de tilápia frita inteira. Tem também caldinhos deliciosos de peixe, camarão e filé de caranguejo.

Tudo isso regado a uma boa cerveja que você pode escolher de entre as melhores marcas que estão disponibilizadas, além das melhores cachaças nordestinas e vinhos do Vale do São Francisco. Acompanhando essas deliciosas opções gastronômicas está toda animação dos grupos musicais e artistas que animam a noite no Centro Gastronômico de Piranhas e você pode ainda ter a sorte de tirar selfs com atores e atrizes que geralmente estão visitando a linda cidade de Piranhas.

Caboclo D´Água

Pelo dia as opções de lazer são tantas que você tem que se planejar para não perder nada. Um dos lugares mais novos é o restaurante Caboclo D´Água, que fica de frente para a represa de Xingó, onde o visual é lindíssimo de toda hidrelétrica e do espelho D´Água. O local é bem decorado e oferece variado cardápio de pratos sendo a moqueca de camarão o principal. O chef Júnior Brasil é o responsável pela escolha dos pratos.

O Caboclo D´Água é hoje um dos mais frequentados restaurantes da região por quem deseja almoçar ou passar a tarde curtindo o visual do lago de Xingó e assistir ao pôr do sol privilegiado na região.

Restaurante Karrancas

O restaurante Karrancas, localizado no Lago de Xingó, em Canindé do São Francisco, em Sergipe é um dos mais frequentados e o que mais recebe turistas pelo dia, já que lá é onde ocorre o embarque para os passeios pelos cânions.

 

O restaurante possui um cardápio variado, mas sempre primando também por pratos elaborados pelo chef Júnior Brasil, que buscou enriquecer o que já havia de tradicional por pratos preparados com requinte, sem perde a originalidade regional.

O prato mais pedido é o surubim ao molho de camarão acompanhado de pirão e arroz. Tudo isso a sobra de um umbuzeiro no espaço vip as margens do rio São Francisco.

 

ONDE FICAR :

HOTEL POUSADA VELHO CHICO -82- 3686-3497 e-mail [email protected]

POUSADA DO CANTO – 082-3686-3459 – e-mail [email protected]

CHACARA ACONCHEGO – 079- 99971-3975

HOTEL DUNEN 082- 98802-0201

ASSISTA A REPORTAGEM 

 

 

>Link