Porto de Pedras: o paraíso do primeiro porto de Alagoas
   Mozart  Luna  │     14 de janeiro de 2017   │     18:57  │  0

IMG_9340

Praias lindíssimas e rios que abrigam a mascote da cidade, o peixe-boi-marinho, além de ter uma história importante no processo de colonização da região Norte de Alagoas, assim é Porto de Pedras. Um o primeiro ancoradouro de Alagoas das naus que vinham da Europa. O município está localizado a 130 quilômetros de Maceió, pela rodovia estadual AL 101 Norte, conhecida como a Rota Ecológica.

Porto de Pedras tem atrativos não só naturais como culturais como a misteriosa capelinha que guarda em seu interior a esfinge de um dragão de madeira, um mistério até hoje não decifrado. O município recebeu também a visita do imperador Dom Pedro II, em seu roteiro pelo Brasil. Lá ele descansou a sombra de um oitizeiros centenário, antes de tomar a estrada para Porto Calvo. O caminho realizado pelo monarca ficou conhecido como a Estrada do Imperador e hoje foi  existe uma rodovia que vai até Porto Calvo, outra cidade importante para história do Brasil.

IMG_9341

Também em Porto de Pedras existe uma das últimas edificações no inicio da colonização de Alagoas, conhecida como a antiga cadeia pública, porque do século 17 a 19 funcionou a sede administrativa do município e depois a delegacia de polícia. Incrível, mas a delegacia de polícia somente foi desativa no inicio do século 21.

IMG_8271

A velha edificação – testemunha de vários períodos de nossa historia – agoniza há muito tempo pedindo socorro das autoridades para continuar de pé, como um símbolo da saga de um povo que trabalhou para consolidar a nação brasileira nesta região tão linda de nosso estado. A boa notícia, entretanto, veio está semana quando o governador Renan Filho, garantiu ao prefeito Henrique Vilela, que vai recuperar o velho prédio de Câmara e Cadeia de Porto de Pedras ainda este ano.

 

IMG_9350

Belezas Naturais

Porto de Pedras é um paraíso cravado no Litoral Norte e que despertou a curiosidade do turismo nacional graças ao seu garoto propaganda que é o peixe-boi-marinho, que possui uma base de reintrodução para natureza. O local é mantido pelo Instituto Chico Mendes para Preservação da Biodiversidade (Icmbio), que realiza a fiscalização de toda região, que forma a Área de Preservação Ambiental (APA) Costa dos Corais.
IMG_9346

Atualmente a base de reintrodução do peixe-boi-marinho é um ponto turístico de visitação, passeio esse que é realizado somente por uma associação de moradores, que se organizou para e leva os visitantes para conhecer o local.

Os moradores se organizaram para realizar passeios pelo rio Tatuamunha, para visitar a base do peixe-boi-marinho. Por dia só é permitido 70 pessoas visitem o local das 9:30 até às 16 horas. As embarcações utilizadas são à remo e é proibido o acesso de barcos a motor por esse trecho do rio . O passeio dura cerca de uma hora e custa R$ 50,00. Todo dinheiro arrecadado é dividido pelos associados que receberam treinamento para realizar essa atividade do turismo sustentável e ecologicamente correto.

Mas os atrativos de Porto de Pedras não se resume apenas ai, já que as praias do município são consideradas as mais lindas do trecho da chamada rota ecológica. O município dispõe de pousadas e restaurantes que oferecem uma gastronomia regional deliciosa e com  preços mais baixos de toda região. Tanto assim que o local mais procurado pelos turistas é o Restaurante da Marinete, localizado na sede do município próximo a orla.

 

IMG_9355IMG_9353

Novo mirante

O novo gestor municipal, Henrique Vilela, que assumiu a administração em primeiro de janeiro, denominou o turismo como carro chefe. Segundo ele a atividade turística é geradora de emprego e contribui para o aquecimento da economia local. O prefeito disse que vai implementar em seu governo ações para atrair investimentos turísticos e oferecer cursos de capacitação e qualificação de mão-de-obra.

“Se capacitarmos melhor a mão de obra aqui existente vamos possibilitar que os empreendimentos que estão aqui instalados, como em outros municípios, absorvam esses trabalhadores”, disse Henrique Vilela, que esteve semana passada conversando com o governador Renan Filho, buscando ajuda para realizar a recuperação de prédios históricos.

O prefeito anunciou também que Porto de Pedras terá um moderno mirante, onde hoje é o farol da Marinha. O projeto prevê estacionamento para veículos e instalação de barracas de  artesanatos e comidas típicas. Será o local mais alto do Litoral Norte para se observar o mar, além de proporcionar a melhor visão quando sair a Lua Cheia.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *