Empresa vence licitação para passeios às Galés em Maragogi
   Mozart  Luna  │     16 de dezembro de 2016   │     23:51  │  0


IMG_7691Uma das mais tradicionais e sólidas empresas de turismo em Alagoas foi a vencedora da concorrência que licitou a exploração dos serviços de passeios às Gales de Maragogi, no Litoral Norte. A concorrência pública estava marcada para ocorrer na manhã de sexta-feira (16), às 10 horas, mas foi adiada para 14 horas depois que o local da reunião foi invadido por populares que realizam os passeios através dos alvarás concedidos pela prefeitura.

Depois de muita discussão e a intervenção da Polícia Militar, a licitação foi realizada sendo a Transamérica Turismo a vencedora. O presidente da empresa, Marcel Monteiro, buscou tranqüilizar a todos que trabalham na atividade, afirmando que ninguém será prejudicado, já que todos serão cadastrados pela empresa para continuar o serviço.

Segundo ele, a Transamérica chega a Maragogi para ampliar ainda mais a atividade turística, fazendo crescer as oportunidades de emprego e levando mais turistas para conhecer as Galés, melhorando também a arrecadação própria do município.

“Só não vai continuar trabalhando nos passeios quem não desejar, ou não aceitar as normas de trabalho”, enfatizou ele, informando também que estará realizando na próxima semana encontros com outros empresários do município que também trabalham com serviço e são parceiros da Transamérica. “Queremos esclarecer a todos, que ninguém vai perder seu trabalho e a chegada da nossa empresa na cidade ao contrário vai dar mais garantias trabalhistas e muitos que ainda não essas garantias. Pelo contrário vamos melhorar ainda mais o serviço que é prestado. Vamos investir no colaborador qualificando e capacitando para o trabalho, buscando a qualidade total e preparando o destino para a internacionalização”, declarou ele.

Licitação é obrigatória

A promotora de justiça de Maragogi, Francisca Paula já havia se pronunciado em reportagem no inicio do ano informando que seria suspensa a emissão de novos alvarás para embarcações que fazem os passeios às Galés de Maragogi. A promotora já havia á determinado ao prefeito Henrique Peixoto a realização de licitação, para escolha das novas empresas e proprietários de embarcações para realizar o serviço.

O Superintendente do Patrimônio da União (SPU), Claudio Beirão, já havia se pronunciado declarando que a concorrência pública é o meio legal para escolha de quem vai explorar esses serviços em área pública federal. Entretanto ele ressaltou que a lei também prevê que comunidades nativas, como os pescadores de Maragogi têm prioridade legitima têm precedência em para credenciados em realizar a exploração comercial dos passeios às Galés, exigência que será cumprida, segundo Marcel Monteiro.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *