Prefeitos eleitos se mobilizam para instalar aterro sanitário no Litoral Norte
   Mozart  Luna  │     11 de novembro de 2016   │     13:31  │  0

IMG_9059

Os prefeitos eleitos do Litoral Norte anunciaram em Brasília e que vão realizar um encontro no dia 21 desse mês em Japaratinga, no Hotel Albacora, para discutir a formação da nova diretoria do Conorte. Segundo o prefeito de Japaratinga Junior Loureiro (PMDB) os gestores estão preocupados com a necessidade de instalação de um aterro sanitário da região, com o encerramento dos lixões, determinado pelo decreto lei 12. 304/10.

Os lixões terão que ser encerrados, sob pena dos prefeitos serem notificado por crime ambiental e podem receber multa de até R $ 350 mil. Preocupado com a isso, os prefeitos de Japaratinga, Júnior Loureiro, Henrique Vilela (PSDB) de Porto de Pedras, Junior Amaro (PDT) de Jacuípe, Nielson Mendes (PMDB) e David Pedrosa (PMDB), decidiram que vão se antecipar aos fatos e estarão realizando uma reunião do Conorte.

Na ocasião será também realizada uma explanação sobre a experiência realizada no Sertão de Alagoas sobre a instalação do aterro sanitária, que é administrado pelo Consórcio Intermunicipal de Gestão de Resíduo Sólido (Cigres), que hoje atende a 17 municípios da região. O aterro sanitário foi construído com recursos federais e é operacionalizado por uma empresa com Now How nessa atividade. Também serão convidados os representantes do Instituto Chico Mendes para Preservação da Biodiversidade (Icmbio), Ministério Público Estadual e Federal.

O representante do Ministério da Integração, Ricardo Santa Rita Filho, também participou da reunião em Brasília com os prefeitos do Conorte, declarou disse que estará presente a essa importante reunião para instalação do aterro sanitário. Ricardinho Santa Rita disse ainda, que vai abraçar essa luta dos prefeitos e trabalhar em Brasília para livrar a região dos lixões.

Localização

Os prefeitos vão discutir a localização para instalar o aterro sanitário e que já tem uma indicação – que atende aos critérios técnicos – que apontam Porto Calvo – como o mais indicado, devido a sua eqüidistância dos outros municípios integrantes do Conorte. O prefeito eleito David Pedrosa também foi apontado por consenso ser o presidente do Consórcio.

David Pedrosa disse sempre foi uma grande preocupação o lixão de Porto Calvo localizado às margens da AL 105 Norte, já que vem causando grandes prejuízos ambientais e também colocando em risco o trafego de veículos naquele trecho, além de ser péssimo para o desenvolvimento do turismo da região.

Os prefeitos eleitos percorreram vários ministérios em Brasília em busca de recursos para a instalação do aterro sanitários e descobriram que a Funasa está disponibilizando verbas para esse fim. O grupo disse que pretende antecipar o projeto e  nos primeiros dias de janeiro iniciar ações para instalação do aterro sanitário.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *