Uma viagem à época da Monarquia no Brasil
   Mozart  Luna  │     21 de agosto de 2016   │     2:06  │  1

IMG_6300

O Brasil é o único país da América Latina que tem uma família real com descendentes diretos da nobreza européia, com raízes nas dinastias mais importantes do Velho Mundo. A família real brasileiras possui laços de sangue com os reis e rainhas da França, Suécia, Espanha, Alemanha e Portugal.

Toda essa história está guardada em Petrópolis, também chamada Cidade Imperial, cravada a cerca de 840 metros de altitude, na região serrana do estado do Rio de Janeiro. Fundada em 1843, Petrópolis recebeu esse nome em homenagem ao seu grande protetor e frequentador, o imperador Dom Pedro II, que passou todos os 49 verões de seu reinado na cidade.

IMG_6286

O povoamento de Petrópolis  começou, em 1822 quando Pedro I, proclamador da Independência do Brasil, começou a usar a passagem pela  serra para chegar a Minas Gerais. Por ordem dele foram construídas instalações para pouso da tropa. Depois disso muitos buscaram na serra, o local ideal para morar, atraídos pelo clima bastante agradável diferente do Rio de Janeiro, principalmente durante o verão.

A temperatura média em Petrópolis é de 19º. A cidade tem uma população aproximadamente de 300 mil habitantes, com uma das maiores rendas per capita da região, assim como o melhor Índice de Desenvolvimento Humanos (IDH), caracterizando a cidade como aristocrática.

Volta da MonarquiaCOROA IMPERIAL

 

FullSizeRender (6)

A cidade Imperial, como é conhecida Petrópolis, possui atrativos turísticos diversificados como a rica história da família real brasileira. Príncipes, viscondes, marqueses e barões títulos, que ainda existem com os descendentes da família real brasileira. Também em Petrópolis temos a presença da cultura alemã, que disseminou a produção de cerveja artesanal. A cidade oferece ainda a prática de caminhada em trilhas na serra. Os alemães foram levados a Petrópolis pela Imperatriz Maria Leopoldina da Aústria e formavam uma companhia especial alemão para sua guarda pessoal, já que também descendia da dinastia germânica.

MUSEU IMPERIAL 2

Um dos principais atrativos é o Palácio Imperial, que possui um rico acervo da família real brasileira como móveis, vestimentas, jóias, documentos e a coroa


do Império brasileiro. Um local lindíssimo, que conta uma fase da história de nosso país. Pedro II era um monarca e chefe de estado que possuía um alto nível intelectual, sendo respeitado na Europa. O imperador brasileiro desenvolvia ações planejadas, para alavancar o Brasil, no rumo da pesquisa cientifica e elevação cultural da população.

IMG_6292

Pedro II foi um dos mandatários brasileiros que mais incentivou a educação, a cultura e o desenvolvimento, mas também foi vítima da oligarquia rural brasileira, que se revoltou contra a família real, por ter decretado o fim da escravidão no Brasil.

Conspiração

O Barão de Cotegipe chegou a dizer a princesa Isabel, que família real brasileira ia perder a coroa brasileira, para os republicanos, que se aproveitaram do momento político para inflamar o Exercito e assim proclamar a República, que deu às oligarquias rurais o poder, que ficou no Poder até o período de Getúlio Vargas.

A cidade Imperial guarda importantes documentos da família real brasileira e conta também com o Movimento que luta para que a Monarquia Constitucionalista volte ao Brasil .

O Imperador Pedro I era um defensor da Monarquia Constitucional. Os defensores da volta da Monarquia no Brasil argumentam que essa seria uma forma de trazer tranqüilidade política ao país e a volta do sistema parlamentarista de governo, proposta já defendida por vários senadores.

IMG_6282

Palácio da Quitandinha

IMG_6283

O Palácio da Quitandinha foi erguido em 1941 e é uma das atrações turísticas de Petrópolis, que já serviu de residência para o presidente Getulio Vargas, durante a Segundo Guerra Mundial. O prédio é suntuoso e aguarda a aprovação de um projeto no Congresso Nacional de liberação do funcionamento de cassinos no Brasil.

IMG_6281

O prédio guarda um pouco também de uma das páginas da história brasileira durante a Segunda Guerra, quando o presidente Franklin Delano Roosevelt esteve na cidade para ser reunir com o então presidente Getulio Vargas  para convencê-lo de entrar no grupo dos aliados contra os países do Eixo, (Alemanha e Japão).

Hoje serve apenas para realização de congressos e aberto a visitação pública. Funcionando também uma parte dele como hotel. Vale apena conhecer.

IMG_6284

 

Catedral de São Pedro de Alcântara.

IMG_6318

A catedral de São Pedro de Alcântara começou a ser construída em 1884 e só foi concluída 1925, se caracterizando pelo estilo seu neogótico, seguindo o estilo das catedrais francesas. Hoje a catedral guarda os restos mortais do imperador Dom Pedro II e da imperatriz Tereza Cristina e também da princesa Isabel e seu esposo do Conde d`Eu.

IMG_6314

O templo religioso é lindíssimo e não fica atrás das catedrais da Europa nos detalhes e riquezas arquitetônicas, além de uma reparação a família rea,l que ficou proibida de volta ao Brasil até 1920, por força de um decreto desumano.

PLACIO DE VIDRO

Palácio de Cristal  

O Palácio de Cristal foi inspirado no que existe em Londres, mas foi fabricado na França e trazido desmontado para o Brasil onde foi erguido em Petrópolis para se comemora o fim da escravidão no Brasil. O Palácio de Cristal foi abandonado pelos republicanos da época, que viam nele um monumento a libertação dos escravos.

Fábrica de cervejas

Em Petrópolis existe o tour da cerveja, onde os visitantes podem conhecer fabricas de cervejas bem conhecidas e também artesanais, que são feitas em casas de descendentes de alemães, que levaram para Cidade Imperial a tradição de fazer cervejas.

Casa de Santos Dumond

 

IMG_6307

Petrópolis é um lugar muito especial que várias personalidades brasileiras haviam escolhido como local para descansar e recarregar as s forças. Entre essa pessoas estavam Santos Dumont, considerado o pai da aviação  que tinha uma casa na cidade e que hoje foi transformada em local de visitação pública.

IMG_6306

Um réplica do 14 bis foi erguido em praça pública e é  uma das atrações da cidade.

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *