Ação ambiental limpa praia para chegada das tartarugas no litoral Sul
   Mozart  Luna  │     17 de agosto de 2016   │     21:00  │  0

 

IMG_8191IMG_8187

O litoral alagoano se prepara para receber a partir do mês de novembro visitantes ilustres, que  procuram nossas belas praias para colocar ovos. Os visitantes são as tartarugas marinhas. Animais que vivem no mar e realizam esse ritual de procriação há milhões de anos e necessitam da proteção de todos para continuar sobrevivendo no planeta.

IMG_8192

 

Na praia de Jacarecica do Sul, localizada  município de Jequiá da Praia, litoral Sul de Alagoas, uma ação ambiental – objetivando preparar o local para chegada dessas convidadas especiais – foi realizada por alunos da rede municipal de ensino e patrocinada pelo complexo de ecoturismo de  Dunas do Marapé.

IMG_7882
Na programação consta além da limpeza das areias a realização de palestras de educação ambiental, com o intuito de disseminar a consciência de preservação do meio ambiente e desenvolver nos jovens o sentimento de responsabilidade com as futuras gerações. A ação contou a participação de mais de 50 alunos da rede municipal de ensino, na faixa etária entre 6 e 14 anos.

IMG_8193
Os alunos foram até  praia de Jacarecica do Sul, onde recolheram lixo trazido pelas marés. Segundo o guia Albanir Augusto, que coordenou a ação promovida pelo complexo de ecoturismo Dunas do Marapé, o lixo que chega a praia é jogado pelos navios que passam pelo nosso litoral. Segundo ele, esse lixo é composto principalmente por sacos plásticos e garrafas pet. “Os sacos plásticos têm causado a morte de muitas tartarugas marinhas que engolem o lixo pensado que são águas vivas,principal fonte de alimentação delas”, disse ele.

IMG_8188

A praia foi limpa pelos estudantes e ambientalista que participaram da ação ambiental. O local também é monitorado por voluntários, que fiscalizam para denunciar a presença de veículos que circulem na área, além de não permitir que estranhos cavem a areia em busca dos ninhos das tartarugas.

O local passou a  merecer maior atenção depois que circulou nas redes sociais um vídeo que chocou a todos, onde os filhotes de tartarugas marinhas eram esmagados criminosamente por veículos alugados aos turistas, um crime ambiental inafiançável e que pode causar prisão que vai de cinco meses a seis anos de prisão. Depois desse ocorrido o Ministério Público proibiu a circulação de veículos nas praias daquela região.

Bugres em Maragogi
IMG_4050

 

O Instituto  Chico  Mendes de preservação da Biodiversidade (ICMBio) também decidiu por fim à circulação de veículos em toda faixa de areia das praias do litoral Norte de Alagoas. A determinação existia desde 2013, mas nunca foi colocada em prática já que havia uma negociação para elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduto (TAC) com a Associação dos Bugueiros de Maragogi para liberar rotas alternativas.
Atualmente circula pelas praias da região uma frota de 44 bugres credenciados pela Associação, fato que tem gerado muitos debates entre empresários donos de hotéis, turistas e ambientalistas.
O ICMBio anunciou que será realizada uma mega operação para se fazer cumprir a legislação ambiental e quem for pego circulando nas praias terá o veículo apreendido e notificado com multas que vão de R$ 500 a R$ 10 mil.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *